Atlético-MG terminará o ano como o clube que mais entrou em campo em 2016



Não é novidade para ninguém que o calendário do futebol brasileiro está saturado. Também não podemos negar que o inchaço já foi pior e alguns absurdos vêm sendo enxugados ano após ano, mas ainda nos deparamos com uma enorme disparidade em relação ao que se passa na Europa. Com a passagem do Atlético-MG para a final da Copa do Brasil, o time de Marcelo Oliveira terá completado, ao final da temporada, 74 jogos oficiais.

Esse número dá ao Galo o topo do ranking dos clubes que mais entraram em campo em 2016 entre aqueles que disputam a Série A. A Chapecoense, caso consiga avançar à final da Copa Sul-Americana, igualará as 74 partidas atingidas pelo Atlético-MG. Veja a lista:

Ranking mostra o número de jogos de cada um dos 20 clubes da Série A no ano

Ranking mostra o número de jogos de cada um dos 20 clubes da Série A no ano

Se compararmos esses números com os registrados na temporada 2015/2016 do futebol europeu, veremos que apenas três times não terão a mesma quantidade de jogos que Barcelona, Liverpool e Sevilla, líderes no quesito no Velho Continente. Para a conta, foram consideradas apenas as partidas oficiais dos times que disputam as primeiras divisões das cinco principais Ligas europeias.

Assim, segundo a tabela acima, a equipe brasileira que terá menos jogos no ano será o Vitória, com 58. Enquanto isso, dos 98 clubes que disputaram as primeiras divisões de Inglaterra, Itália, Alemanha, França e Espanha, somente oito tiveram mais partidas oficiais do que o Leão baiano. Confira:

Os oito clubes europeus que terão número igual ou maior ao Vitória, time que menos jogou no Brasil em 2016

Os oito clubes europeus que terão número igual ou maior de jogos do Vitória, time da Série A que menos entrou em campo em 2016

Todos os clubes europeus acima citados disputaram torneios continentais até fases mais agudas, incluindo Copas Nacionais, algo que nem todas as equipes brasileiras tiveram o privilégio de desfrutar.  A conclusão a que se chega é que na Europa somente aqueles que tiveram mais êxito nas competições jogarão mais partidas, já aqui no Brasil todos acabam fazendo um número absurdo de jogos sem sequer terem chegado às finais.

 



MaisRecentes

Falcao Garcia ressurge no Monaco e volta a se destacar na artilharia europeia. Veja os números!



Continue Lendo

Custa caro! Veja quanto os ‘pequenos’ cobraram no ingresso contra os grandes no Paulistão-2016



Continue Lendo

Lucas continua como o brasileiro com mais gols na elite da Europa e Messi dispara na artilharia



Continue Lendo