Às vésperas do Dérbi no Allianz, Palmeiras e Corinthians dominam público e renda do Brasileirão



Palmeirenses só puderam estar em sua Arena em apenas cinco partidas deste Paulistão (Foto: Ari Ferreira)

Mais de 40 mil palmeirenses são esperados no Allianz Parque para o clássico contra o Corinthians (Foto: Ari Ferreira)

No próximo domingo, Palmeiras e Corinthians se enfrentam no Allianz Parque, onde são esperados mais de 40 mil palmeirenses*. Além disso, os dois rivais são aqueles que, neste início de campeonato, despontam com as melhores médias de público e renda, com vantagem bastante considerável para os concorrentes. Veja nas tabelas:

Ranking mostra as médias de renda e de público dos clubes do Brasileirão até a 6ª Rodada

Ranking com as médias de renda e de público dos clubes do Brasileirão até a 6ª Rodada

Embora suas Arenas sejam sucesso de bilheteria em mais uma edição do campeonato, o maior público e a maior renda registrada até aqui na competição é de mando do Flamengo, no Mané Garrincha, em Brasília, quando 54.665 pagantes proporcionaram uma renda de R$ 2.828.565,00 e viram a vitória do Palmeiras sobre o Rubro-Negro. Confira os cinco maiores públicos e as cinco maiores rendas do Brasileirão-2016:

MAIORES PÚBLICOS
1.Flamengo 1 x 2 Palmeiras – 54.665 pagantes
2.Corinthians 3 x 0 Ponte Preta – 35.573 pagantes
3.Palmeiras 4 x 0 Atlético-PR – 33.629 pagantes
4.Corinthians 0 x 0 Grêmio – 31.533 pagantes
5.Corinthians 1 x 0 Santos – 30.187 pagantes

MAIORES RENDAS
1.Flamengo 1 x 2 Palmeiras – R$ 2.828.565,00
2.Palmeiras 4 x 0 Atlético-PR – R$ 2.078.159,34
3.Corinthians 3 x 0 Ponte Preta – R$ 2.059.840,00
4.Corinthians 0 x 0 Grêmio – R$ 1.627.511,00
5.Palmeiras 2 x 0 Fluminense – R$ 1.567.292,04

Com os mais de 38 mil ingressos já vendidos para o Dérbi de domingo, o Palmeiras pode assumir a vice-liderança no ranking de melhores públicos e tomar a ponta das melhores rendas, uma vez que a arrecadação deve superar os três milhões de reais, o que será suficiente para o Verdão ter também a melhor média de arrecadação.

*Por determinação do Governo de São Paulo, válida até o final de 2016, os clássicos no estado deverão ter torcida única.



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo