Arrasador, Santos domina a Seleção da 1ª Rodada do Paulistão-2017



Não houve dúvidas, o Santos foi disparado o melhor time da 1ª Rodada do Paulistão-2017. Depois da arrasadora goleada por 6 a 2 sobre um frágil Linense, o Peixe encantou o seu torcedor e, não à toa, dominou a Seleção da Rodada com cinco jogadores entre os melhores, além de ter o Craque, Rodrigão, que teve a maior nota do final de semana. (Confira na galeria acima)

Com intensidade, variações e velocidade, o time de Dorival Junior, melhor técnico da rodada, atacou o adversário do começo ao fim, deixando claro que a goleada era questão de tempo, já que oportunidades foram criadas à exaustão, principalmente dos pés de Lucas Lima. Victor Ferraz, Yuri e Vitor Bueno foram os outros santistas a se destacarem.

Já o Palmeiras, apesar de uma atuação pouco convincente, forneceu três jogadores para a Seleção. O goleiro Fernando Prass, o lateral-esquerdo Zé Roberto e o meio-campista Tchê Tchê, autor do gol da magra vitória sobre o Botafogo-SP.

Outro destaque da rodada foi a vitória por 4 a 2 do Osasco Audax sobre o São Paulo, na Arena Barueri. A equipe de Fernando Diniz colocou os comandados de Rogério Ceni na roda durante boa parte do primeiro tempo, abrindo 2 a 0. Os são-paulinos chegaram ao empate com dois gols de Chavez, presente no ataque da Seleção do LANCE!. No entanto, o Audax ainda era superior e conseguiu marcar mais duas vezes após o intervalo. Pedro Carmona, meia do time de Osasco, anotou dois tentos no triunfo e também está entre os melhores da rodada.

Completa o selecionado o zagueiro Pablo, do Corinthians, impecável na zaga do time e compensando os deslizes do companheiro Balbuena.

A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do campeonato. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e os desempenho de cada um dos integrantes:

Fernando Prass – goleiro – Palmeiras – 6,5

Salvou o Palmeiras de levar o primeiro gol em pelo menos três oportunidades. Ídolo palmeirense voltou bem à titularidade.

Victor Ferraz – lateral-direito – Santos – 6,5

Jogou praticamente como uma ataque, sendo opção constante pelo lado direito. Deu passe para gol de Thiago Ribeiro.

Pablo – zagueiro – Corinthians – 6,5

Levou vantagem na grande maioria dos lances de bola aérea e compenso os deslizes do companheiro de zaga.

Yuri – zagueiro – Santos – 6,5

Escalado como zagueiro, atuou como um volante, ajudando nas saídas de bola com qualidade. Função muito bem executada.

Zé Roberto – lateral-esquerdo – Palmeiras – 6,5

Esbanja qualidade e condição física, foi e voltou do ataque como se não tivesse 42 anos. Tentou criar boas jogadas palmeirenses.

Tchê Tchê – volante – Palmeiras – 7,0

Domina o setor de meio-campo, transita pelos dois lados do campo e está sempre perto da bola. Marcou um belo gol da vitória.

Vitor Bueno – meia – Santos – 7,5

Além de participar do segundo gol de Rodrigão, marcou o seu e ainda arriscou outras três finalizações.

Lucas Lima – meia – Santos – 8,0

Buscou o jogo o tempo todo, ficou com a bola por quase três minutos, foi o cérebro do time. Marcou um gol e deu passe para Arthur Gomes fazer o dele.

Pedro Carmona – meia – Osasco Audax – 8,0

Concluiu a jogada do segundo gol após uma belissíma jogada, depois marcou de pênalti o último tento da partida.

Chavez – atacante – São Paulo – 7,5

Apesar da derrota contundente do seu time, se destacou ao marcar dois gols que chegaram a empatar a partida.

Rodrigão – atacante – Santos – 8,5 (CRAQUE)

O Craque da Rodada. Marcou dois gols de oportunismo e ainda teve outras duas Chances para anotar. Partida acima de sua média.

Técnico: Dorival Junior – Santos – 7,0

O grande responsável pela grande goleada santista e pela apresentação de encher os olhos. Paulistão promete.



MaisRecentes

É possível admirar o estilo Fernando Diniz no São Paulo sem ser um Dinizete fanático



Continue Lendo

Corinthians vai de ‘melhor técnico do Brasil’ ao alto risco de eliminação no Paulista



Continue Lendo

Empolgação ou desonestidade? Estreia no Paulista pareceu rodada da Premier League



Continue Lendo