Após tropeço, São Paulo tem o melhor ataque e a pior defesa entre clubes da Série A; Veja rankings



São Paulo unificou a liderança nas estatísticas: Melhor ataque e pior defesa entre clubes da Série A (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

São Paulo unificou a liderança nas estatísticas: Melhor ataque e pior defesa entre clubes da Série A em 2017 (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

Mais uma vez o São Paulo viu o seu ataque funcionar e sua defesa decepcionar. Dessa vez, porém, a vitória não veio. O adversário na rodada do Paulistão foi o Novorizontino e o placar foi um empate em 2 a 2. Com esses números o Tricolor passar a ter, em média, o melhor ataque e a pior defesa entre os clubes que disputam a Série A em 2017. (Confira na galeria abaixo)

Ao todo os são-paulinos marcaram 18 gols e sofreram 13 em sete jogos oficiais na temporada. A liderança em média de tentos anotados era do Fluminense, que ficou no empate em 0 a 0 com o Madureira pela semifinal da Taça Guanabara e acabou caindo para a terceira posição, deixando o Cruzeiro no segundo posto.

Na média de tentos sofridos, no entanto, o São Paulo ampliou sua vantagem como o pior de 2017 até aqui. Enquanto o Santos, o segundo com a maior média, sofre 1,33 por duelo, o time de Ceni sofre 1,86.

As melhores defesas do momento são de Bahia e Flamengo, que após nove partidas sofreram apenas dois gols na temporada. Média de 0,22 gol por jogo, praticamente um sofrido a cada cinco duelos.

Os piores ataques são ostentados por Coritiba (4 gols em 6 jogos) e por Atlético-GO (6 gols em 7 jogos), são os únicos entre os 20 clubes da Série A que estão com menos de um gol por jogo de média.

Veja na galeria os rankings completos de gols marcados e gols sofridos:

IMPORTANTE LEMBRAR: São contabilizados APENAS os gols marcados em JOGOS OFICIAIS, amistosos não entram para as estatísticas do blog.

 



MaisRecentes

Venha sem preconceitos, pois precisamos falar da fase de Felipe Melo no Palmeiras



Continue Lendo

No futebol nossa torcida é mais contra ou a favor? Até que ponto a paixão nos cega?



Continue Lendo

Mesmo sem estar com a barriga cheia, Palmeiras parece não ter fome em 2019



Continue Lendo