Após pintura de Otero, Atlético-MG domina a Seleção da 36ª Rodada do Brasileirão-2017



Com golaço de Otero, Atlético-MG vence o Coritiba e domina a Seleção da 36ª Rodada do Brasileirão-2017 (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Com o título definido, o foco do campeonato agora é na busca pelas últimas vagas na Copa Libertadores e na fuga da zona da degola, embora algumas equipes já estejam apenas cumprindo tabela. De qualquer modo, ainda podemos presenciar lances belíssimos como o golaço do venezuelano Otero, do Atlético-MG que, ao lado do Atlético-PR, formam a base da Seleção da 36ª Rodada do Brasileirão-2017.

A pintura oferecida pelo meia do Galo no triunfo por 3 a 0 sobre o Coritiba, fez dele o Craque da Rodada, com a maior nota entre os envolvidos nesses dez jogos. Junto com ele, o lateral-direito Marcos Rocha, o zagueiro Leonardo Silva, e o técnico Oswaldo de Oliveira são os representantes do clube mineiro no selecionado.

Já o Furacão levou três personagens para a lista dos melhores da rodada: o zagueiro Thiago Heleno, o lateral-esquerdo Fabrício e o atacante Douglas Coutinho. Tudo isso por conta da vitória por 3 a 1 sobre o Vasco.

Flamengo e Santos foram outros times que se destacaram na rodada com dois representantes cada um no selecionado. Os cariocas levaram os meias Mancuello e Diego, importantes na vitória por 3 a 0 sobre o Corinthians, enquanto o Peixe levou o goleiro Vanderlei e o atacante Copete, essenciais para o triunfo por 1 a 0 sobre o Grêmio.

Completa a lista o atacante Maurinho, do Avaí, após vencer o Palmeiras por 2 a 1, em Santa Catarina.

IMPORTANTE: A Seleção da Rodada, como sempre, é definida de acordo com as notas dadas pela redação do LANCE! durante a cobertura dos jogos do Brasileirão. Entram na lista os jogadores que receberam a melhor avaliação em sua posição.

Confira as notas e os desempenhos de cada integrante da Seleção:

Vanderlei – goleiro – Santos – 7,5

Como de costume, salvou o Santos de um resultado negativo na Vila Belmiro. Pelo menos duas defesas extremamente difíceis que garantiram a vitória.

Marcos Rocha – lateral-direito – Atlético-MG – 6,5

Vem crescendo de produção na reta final da competição. Deu assistência para o gol de Leonardo Silva. Teve boa participação pelo lado direito.

Thiago Heleno – zagueiro – Atlético-PR – 7,5

Praticamente impecável na zaga, com domínio do jogo aéreo e posicionamento correto. No ataque, abriu o placar com um belo gol.

Leonardo Silva – zagueiro – Atlético-MG – 7,0

Marcou seu primeiro gol na temporada aproveitando cruzamento de Marcos Rocha. Fez partida correta no setor defensivo.

Fabrício – lateral-esquerdo – Atlético-PR – 6,5

Embora tenha muitos momentos de oscilação, deu assistência para o gol de Thiago Heleno e marcou seu tento fechando o placar.

Mancuello – meia – Flamengo – 7,5

Depois de algum tempo longe do time titular, voltou e fez grande partida. Marcou um golaço de fora da área e deu qualidade ao passe no meio-campo.

Diego – meia – Flamengo – 7,5

Com experiência, se movimentou bem pelo meio-campo, procurando fugir da marcação e criando chances. Foi coroado ao marcar gol de pênalti.

Otero – meia – Atlético-MG – 8,5 (CRAQUE)

Marcou talvez o gol mais bonito da temporada no futebol brasileiro ao arriscar chute do meio do campo encobrindo o goleiro Wilson, do Coritiba. Muito talento e precisão que também contribuíram para o primeiro tento que anotou na partida. Grande atuação individual.

Maurinho – atacante – Avaí – 7,5

Matou a defesa palmeirense com velocidade e qualidade nas infiltrações. Sofreu o pênalti que originou o primeiro gol e deu passe preciso para Lourenço decretar a vitória do time catarinense.

Copete – atacante – Santos – 7,5

Teve participação importante na cobertura defensiva pelo lado esquerdo, mas se destacou por ser o autor do gol da vitória santista em contra-ataque que ele mesmo ajudou a construir.

Douglas Coutinho – atacante – Atlético-PR – 7,5

Quando foi deslocado para atuar como um centroavante me mais mobilidade, conseguiu levar vantagem sobre a defesa do Vasco e acabou marcando um belo gol.

Técnico: Oswaldo de Oliveira – Atlético-MG – 7,0

Time vem mostrando um padrão de jogo coletivo que privilegia as qualidades individuais de seus jogadores mai talentosos. Ainda há muito o que fazer, mas os últimos resultados, como a vitória sobre o Coritiba, mostra que o caminho parece estar sendo bem traçado.



MaisRecentes

São Paulo é o líder em pênaltis cometidos no Brasileirão-2017; Vasco não teve nenhum a favor



Continue Lendo

Campeão da Libertadores, quase metade dos gols do Grêmio no ano foram feitos por pratas da casa



Continue Lendo

Campeões do ano, Corinthians, Grêmio e Cruzeiro têm as melhores defesas da temporada



Continue Lendo