Real Madrid no topo em receitas e Barcelona na cola



A empresa Deloitte da Inglaterra acaba de divulgar seu estudo anual sobre as receitas dos maiores clubes europeus. Os 20 clubes em receitas da Europa somados atingiram faturamento de 6,6 bilhões de euros em 2015, crescimento de 8%.

O Real Madrid se mantém no topo do ranking, com receitas de marketing, mídia e estádio de 577 milhões de euros. A metodologia da Deloitte não considera as receitas com transferências de atletas e imobilizado.

O Barcelona subiu duas posições e atingiu a menor distância em receitas do seu arquirrival. O marketing e o desempenho impulsionaram o Barça que fechou 2015 com 561 milhões de euros em receitas.

Bernabeu4

Na sequência aparecem Manchester United com 520 milhões de euros, PSG com 481 milhões de euros e Bayern de Munique com 474 milhões de euros.

Os motivos que mantém o Real no topo e que valem também para o Barça são:

  • Branding global.
  • Ídolos e performance.
  • Comercialização da marca em larga escala.
  • Jogos sempre com 80 mil torcedores.

FCB

 

O Barcelona nunca esteve tão próximo do Real e pode, dependendo do seu desempenho, ultrapassar os Merengues em quem sabe 2 anos.

A dupla está acima dos demais em termos de marketing e comunicação global. Além de receber muito em seus direitos de TV individuais.

Creio que liderarão o mercado por muito tempo.

 



  • Guilherme_RM

    Prezado Amir, No livro “A Bola Não Entra Por Acaso” o Ferran Soriano fala dos DESAFIOS da marca global. Partindo-se do fato de o Barça SER uma marca global, ele fala das hipóteses de como transformar isso em receitas. Assim, para fins de estudo, quanto seria o faturamento desses clubes fora Europa? Abraço e parabéns pelo trabalho.

MaisRecentes

Real Madrid atinge a maior receita de sua história



Continue Lendo

Falta de oxigenação de ideias no futebol brasileiro



Continue Lendo

A crise eterna dos times brasileiros



Continue Lendo