Patrocínios nos uniformes e o que a NFL tem a nos ensinar



Hoje temos a primeira partida de final da Copa do Brasil. Santos e Palmeiras, se encontrarão essa noite em um jogo que seguramente será eletrizante.

Contudo em termos de marketing esportivo, demonstra um enorme atraso. O uso dos uniformes de times no Brasil exclusivamente como ferramenta de comunicação de marcas é um subdesenvolvimento do uso do patrocínio como estratégia mercadológica.

No caso do Palmeiras, com a exposição de algumas marcas no uniforme, conseguiu excelentes acordos, que de alguma maneira viabilizaram o modelo praticado. Já o Santos, que não consegue firmar um acordo de longo prazo há anos, vive desses absurdos patrocínios pontuais para tentar pagar as contas.

O futebol brasileiro parou no tempo quando falamos em patrocínio esportivo. O maior exemplo disso é a NFL, maior liga do universo, com faturamento anual de US$ 10 bilhões.

Na NFL a única marca que aparece nos uniformes dos times é fornecedora de material esportivo. A liga tem contratos de patrocínios globais e divide o valor com os 32 times participantes. Cada equipe tem seus patrocinadores também.

Segundo a empresa IEG dos EUA a NFL produziu US$ 1,15 bilhão em 2014 em patrocínios, um aumento de 32% desde 2010. Nos EUA o mercado é totalmente focado em ativações de marketing, promoções de vendas e relacionamento com diferentes públicos, especialmente o torcedor.

Receitas com patrocínios da NFL  – US$ milhões

Receitas NFL patrocinios

                                                                                                                        Fonte: IEG

Os clubes brasileiros movimentam por ano pouco mais de US$ 130 milhões em patrocínios. O valor poderia ser tranquilamente de mais de US$ 350 milhões se aplicarmos o “padrão NFL”, com essa visão do patrocínio, em projetos muito mais abrangentes, criativos e comercialmente atrativos. Tudo isso produzindo muito  mais retorno para os patrocinadores e clubes.

Essa nova realidade deixará o torcedor muito mais feliz, pois as novas ações de marketing produzirão diferentes experiências para que possam expressar o amor por seu clube.

mjvnfOe



MaisRecentes

Discrepância dos direitos de TV no Brasil, um erro da Globo



Continue Lendo

Gestão de patrocínio no futebol brasileiro está obsoleta



Continue Lendo

Entendendo as finanças dos clubes brasileiros em 2016



Continue Lendo