Esportes com maiores audiências na Rio 2016



Com o fim dos Jogos Olímpicos Rio 2016 alguns dados sobre o evento começaram a ser divulgados. Segundo levantamento da Kantar Ibope Media, considerando a audiência em TV aberta e fechada em 15 regiões metropolitanas do Brasil, os Jogos obtiveram grandes audiências televisivas.

A amostra utilizada pela empresa corresponde a 68 milhões de pessoas e 24 milhões de lares no Brasil.

Pelos dados, os Jogos do Rio foram assistidos por pelo menos 63 milhões de indivíduos, ou 93% da amostra analisada. Em relação aos domicílios, 98% acompanharam alguma parte do megaevento. Audiências realmente superlativas.

Os brasileiros acompanharam o megaevento como um todo e a transmissão com maior audiência foi a cerimônia de abertura, com 28 milhões de telespectadores ou 41% do total. Na sequência aparecem a final do futebol masculino entre Brasil x Alemanha com 25,7 milhões de telespectadores e a cerimônia de encerramento com 24 milhões de pessoas ligadas na TV.

Outros confrontos que chamaram a atenção foram a partida de futebol feminino entre Brasil x Austrália com 22,5 milhões de telespectadores, Brasil x Dinamarca no futebol masculino com 21,1 milhões e Brasil x Colômbia com 20,4 milhões de pessoas ligadas pela TV.

O fato é que os brasileiros geraram grandes audiências, mas muito em função do interesse pelas cerimônias de abertura e encerramento e pelo futebol. Os dados mostram mais uma vez a realidade nacional da monocultura do futebol.

Das dez maiores audiências do megaevento, seis foram partidas de futebol e apenas duas de outras modalidades, neste caso a ginástica artística masculina com cerca de 19 milhões de telespectadores em cada dia.

Está claro que além do grande interesse por futebol, os brasileiros também se interessam por chances de vitória. Assim quando analisadas as modalidades com mais audiência, fica claro que o interesse do telespectador é pela busca das medalhas pelos atletas brasileiros.

audienciaas

Fonte:Kantar Ibope Media

Os dados mostram claramente que há espaço para fortalecer a relação do brasileiro com diferentes modalidades olímpicas. A presença dos ídolos e a chance real de medalhas gerou grande interesse das pessoas.

COB, Ministério do Esporte, Confederações e Federações deveriam ter utilizado o megaevento como um verdadeiro catalisador das modalidades. A chance de ter milhões de telespectadores atentos é rara e deveria ter sido usada como parte de um plano para desenvolver o interesse dos brasileiros, além do futebol.

Mais audiências geram melhores contratos de patrocínio, mas retorno para as marcas e ganhos em escala para diferentes modalidades.

Isso tudo com apenas 19 medalhas conquistadas. Imaginem se conquistássemos 40, 50 medalhas! Por isso é tão importante ter profissionais altamente qualificados cuidando do COB e Confederações.

Rio 2016, quinta Olimpíada em venda de ingressos da história

Foram comercializados cerca de 6,15 milhões de ingressos para a Rio 2016. Valor inferior ao registrado em Londres quando foram vendidas 8,2 milhões de entradas e Pequim com 6,5 milhões de ingressos vendidos.

Ficamos atrás ainda de Sydney, com 6,7 milhões de ingressos e Atlanta com 8,3 milhões. Portanto, fomos apenas a 5ª Olimpíada da história em venda de ingressos.

Os esportes que mais atraíram público foram futebol, handebol, vôlei de praia, basquete e ginastica artística.



MaisRecentes

Finanças dos clubes brasileiros em 2017



Continue Lendo

São Paulo melhora números financeiros



Continue Lendo

Finanças do Corinthians em 2017



Continue Lendo