Tour; etapa 8 dependerá de quem entrar na fuga.. - Solta o freio

Tour; etapa 8 dependerá de quem entrar na fuga..



Etapa dependerá muito do começo da etapa e de quem conseguir ficar nela sem que o pelotão fique incomodado ou ameaçado na classificação geral(GC). Não parece mais etapa de sábado acumulará um total de 3.700mts de elevação. Isso depois de uma etapa dificílima na 5a feira e a loooonga etapa de 6a feira.
Logo na largada haverá uma sequência de ataques e contra ataques que será bem legal de assistir. Com 33km haverá um sprint intermediário. Todas as equipes de sprinters estarão interessadas nesse pontos e a intensidade já estará alta. Em seguida, 10km depois, o começo da 1a montanha categorizada(Montmain, 6,1km – 7%), que servirá de plataforma de ataques para formar a fuga do dia.
Serão mais 6 montanhas médias categorizadas, então os especialistas em clássicas e os que tem interesse na camisa de bolinha(montanha) estarão tentando a sorte na fuga.

Bora, Deceunick e Lotto irão trabalhar até o 1o sprint intermediário. De lá as equipes GCs irão patrulhar a frente do pelotão para entenderem quem estará na fuga. Como a fuga deverá ser grande e com bons nomes leva um tempinho até definir quem será “permitido” ficar na fuga pelas equipes GCs.
O camisa amarela Ciccone não deverá(!?) ser permitido, mas vai tentar. Não será um bom dia se você é o R. Porte, seu companheiro de equipe que ficará mesmo só com o Mollema de gregário.

Alaphilippe e Teuns certamente tentarão entrar na fuga, pois além dos bônus de tempo da chegada(10-6-4seg), que não serão suficientes para o Alaphilippe pegar a amarela se ele ganhar a etapa, serão distribuídos bônus de tempo(8-5-2seg) no topo da última montanha(categ. 3, 1,9km – 7,9%), cujo o topo estará a 12,5km da chegada.
CCC, Bora, Deceunick, Sunweb, todas terão interesse em colocar um dos seus especialistas em clássicas na fuga e deixar seus sprinters na roda do pelotão junto com as equipes GCs. Lógico, as equipes mais fracas também como Dimention Data(Kreuziger, Valgreen, Hagen), a dupla Wellens e De Gendt e as convidadas tentarão se colocar na fuga.

Talvez até os excelentes especialistas das equipes GCs como Naesen(Ag2R), Van Baarle e Kwia(Ineos), Lutsenko e L.L. Sanchez(Astana), S. Clark e Bettiol(EF) e até Van Aert que foi estupendo na ponta do pelotão na etapa de ontem dos 6km até os 2km. Esses todos poderão ser “segurados” pelas equipes para ajudarem seus capitães que lutam pelo GC.

Como disse anteriormente dependerá muito do começo da etapa. Domingo a fuga terá uma chance ainda maior, mas sábado também será possível. Alaphilippe estará com motivação extra para passar o dia de domingo comemorando a queda da bastilha de amarelo.

Se todos esses chutes derem errado ainda teremos essa descida faltando 2km da chegada. Parece mixuruca, mas olhando bem o percurso no final é cheio de curvas fechadas que atrapalharia a formação de trem ou muita ajuda de gregários. Isso garante alguma emoção final, dando oportunidade para os “punchers” ganharem uma etapa de sábado e grande audiência.

Meu chute do dia é algum Astana para a vitória da etapa. Muito tempo para ficarem fora de uma boa fuga.

Certeza amanhã mesmo só os sensacionais visuais do vale do Loire…

 

 

 



MaisRecentes

Vuelta; analisando as 2 semanas até aqui e o que esperar da última..



Continue Lendo

Vuelta; etapa 15 de domingo tem 4 montanhas categoria 1. Um monstro!!



Continue Lendo

Vuelta: 5a feira etapa 12 promete entretenimento..



Continue Lendo