Tour etapa 10: acabou a Copa do mundo e também para as zebras do Tour - Solta o freio

Tour etapa 10: acabou a Copa do mundo e também para as zebras do Tour



Etapa 10 do Tour e só agora teremos montanhas propriamente dito. Serão 3 etapas seguidas nos Alpes, que a tempos não vemos uma sequência tão difícil.

A etapa de hoje é igual a que os amadores fizeram no “L’Etape du Tour” a pouco mais de 1 semana.

Equipe Movistar começa hoje a por em prática sua tática de 3 capitães. Das primeiras 9 etapas eles mal apareceram na TV, mas agora é a hora de ir para cima da equipe Sky.

O camisa amarela Van Avermat(BMC) não tem chances de continuar liderando numa etapa tão difícil. Pode até tentar siar junto da fuga para tentar construir uma vantagem que pudesse pelo menos tentar lutar pela manutenção da camisa, mas é inútil. 4a e 5a serão tão difíceis para ele quanto hoje.

Outra coisa é que o sprint intermediário acontecerá apenas 30km após a largada e as equipes dos sprinters não deixarão nenhuma fuga se formar até lá.

Com isso a equipe BMC não deverá estar na ponta do pelotão defendendo o camisa amarela do Van Avermat. É muito melhor se poupar e tentar 1 vitória no próximo domingo, que tem bem mais o seu perfil.

Equipe Sky tem o Thomas muito bem posicionado na geral, pronto para assumir a camisa amarela e junto com seu capitão Froome contam com uma coleção de gregários estelares para todo tipo de terreno. São experientes e se dedicarão 100% para seus capitães. A Movistar tem o Valverde em melhor posição na geral e os escaladores Landa e Quintana tendo que recuperar tempo e isso só conseguirão fazer nas montanhas. Portanto, não tem tempo a perder e do ponto de vista da dinâmica do pelotão a Movistar deverá assumir o comando das ações. Talvez com a ajuda da Barhrein de Nibali. Deveremos ver Soler e Amador na ponta, forçando o ritmo. Até porque, mesmo que não consigam quebrar o ritmo da super Sky irão tentar apostar em cansa-lo para a 3a semana. Tanto Froome como o Dumoulin podem pagar o preço de um Tour disputado intensamente como foi o Giro e acabem mostrando o porque é tão difícil correr o Giro de Itália(maio) e logo depois o Tour de France em condições de subir ao pódio.

Quintana foi extremamente bem na etapa de paralelepípedos e não perdeu tempo. Landa caiu e pode estar dolorido, mas também não perdeu tempo. Valverde não precisa atacar e pode tranquilamente ficar de roda de quem quer que seja que decida atacar. Posição que ele adora!

Claro, teremos os que já perderam bastante tempo e precisam atacar para tentar se recolocarem em posição entre os top 10. Como a etapa acaba após 1 longa descida os que conseguem se destacar nessa “modalidade” irão tentar causar caos. Entre eles Bardet e Uran que poderiam se juntar a fuga do dia a frente, ainda na última subida e ver se conseguem manter o pelotão dos favoritos a distância.

 



MaisRecentes

Melhores e piores de 2018



Continue Lendo

Qual é o melhor corredor de clássicas em atividade??



Continue Lendo

Vuelta: 1ª vitória em grandes voltas para Simon Yates e equipe Mitchelton!!



Continue Lendo