Tour: Domingo é o grande dia! Paralelepípedos.. - Solta o freio

Tour: Domingo é o grande dia! Paralelepípedos..



A enorme maioria dos favoritos(GC) não gosta, não treina e não disputa prova neles. Esse tipo de ciclista treina nas montanhas e também tem a capacidade de fazer um bom ou excelente contrarrelógio, mas esse ano vão ter que encarar o pula-pula dos paralelos. Não é só treinar nesse piso que você acaba ficando bom. Nesse nível de competição ou você nasce com essa facilidade ou não. Não é a toa que são sempre os mesmos no top 10-20 que todo ano disputam a clássica Paris-Roubaix. Claro, a anual clássica monumento é BEM mais difícil do que será a etapa de domingo. Na clássica a soma de todos os trechos de paralelos da aproximadamente 50km e na etapa de domingo serão 20km. A dificuldade dos trechos, que é medida de 1 a 5 estrelas, também é menor. Não teremos nada como o trecho abaixo do “Carrefour de l’Arbry”.

A estradas são estreitas e não da para colocar 2 ou 3 lado a lado. Todos querendo uma vaga na frente, longe de ficar preso atrás de uma queda e perto das fugas que acontecem sem parar. Como o pelotão tem 200 ciclistas, nem precisa explicar o que acontece. Se furar um pneu, que é normal, o carro de apoio estará ainda atrás dessa confusão toda e a perda de tempo é certa. Gregários para trocar de rodas ou bike é fundamental. Lembrando que amanhã será o 9o dia seguido sem descanso e as pernas estarão pesadas.

O motivo de não colocarem trechos como na clássica é bem simples; não tirar nenhum dos favoritos por quedas da disputa entre os GCs. Nas recentes edições que tivemos paralelos houve diferença de dificuldade. Em 2014 os trechos foram bem mais difíceis que em 2015. Esse ano será próximo do que foi em 2014 e os trechos mais difíceis serão faltando mais ou menos 50km para a chegada. Será lá que ocorrerá a maior seleção no pelotão.

Que o Nibali(Bah), Thomas(Sky) e o Fulgsang(Ast) entre os GCs são os que tem maior facilidade e com ótimos gregários ninguém tem dúvida. Bardet(AG2R) e Dumoulin(Sun), Uran(EF-E), Valverde(Movi), Jungels(Q-Step) se defendem muito bem. Para a lista a seguir; Porte(BMC), Quintana e Landa(Movi), Majka(Bora), Yates(Mit), Martin(UAE), Zakarin(Kat) os paralelos são como kriptonita.

Fora que tem a disputa dos especialistas nesse piso que estarão loucos com a possibilidade de ganhar uma etapa tão badalada e num domingo com audiência alta. Alguns trabalharão para seus capitães. Vanmarcke(EF-E) já avisou que comboiará o Uran. Sky tem Rowe, Kwiatkoswki e Moscon. Astana tem Cort, Valgreen e Kangert. Bardet tem Dillier e Naesen. Nibali tem Haussler, Yates tem Hayman, Zakarin tem T. Martin. Até o Mollema terá Styven, já que o Degenkolb deverá ir para a etapa. Porte não terá Van Avermat, pois estará vestindo a camisa amarela e disputará a etapa, mas tem Bevin e Schar, que não são fora de série, mas suficiente para acompanha-lo.

Minhas dúvidas e foco durante a etapa serão;

  • Movistar terá Erviti e Bennati, mas como são 3 capitães, quem eles priorizarão? No Valverde que irá a frente ou em Landa e Quintana que virão atrás?
  • Como passarão Dumoulin e Roglic?
  • Q-Step tem tantos favoritos para a etapa e para camisa amarela que podem acabar se atrapalhando?
  • Sky; Thomas espera o Froome mesmo estando 59seg a frente na geral?

Aliás. Sky é um capítulo a parte. Digamos que o Thomas se encontre na frente junto com Fulgsang e Nibali, que é um cenário altamente provável e o Froome lá atrás. Ele trabalha junto com os 2 para essa fuga dar certo ou vai de roda? Faria o mesmo se tivesse com o Dumoulin ou o Valverde? e mais interessante ainda, se o Thomas estiver nesse grupo a frente, ou mesmo só, a Sky vai trabalhar para o Froome e persegui-lo levando outros GCs juntos? Acho que sim. Como eu queria ver uma daquelas câmeras dentro do carro de apoio da Sky…

Veremos. A etapa promete bastante..



MaisRecentes

Qual é o melhor corredor de clássicas em atividade??



Continue Lendo

Vuelta: 1ª vitória em grandes voltas para Simon Yates e equipe Mitchelton!!



Continue Lendo

Contrarrelógio de amanhã definirá as táticas da última semana



Continue Lendo