Terminada a 2a semana da Vuelta - Solta o freio

Terminada a 2a semana da Vuelta



Etapa de domingo foi duríssima. Sábado foram 3.627 de altimetria e domingo 3.323mts, mas em só 127km. Com a última longuíssima montanha e inclinações tranquilas favoreceram a equipe Sky e seu trem de 400 watts. Contador, sempre ele, atacou de muito longe. Superman Lopez acompanhou, mas mesmo tendo se juntado ao Bardet e ao Kruijswijk, eles não ajudaram o ataque. Li que o Kelderman relatou que estava ventando bastante. Nibali atacou na hora errada. Talvez porque o Contador aquela altura estava entrando virtualmente no podium. Com isso também forçou a Sky a perseguir e aniquilar mais uma vez qualquer chance de ataques. Que coisa chata. Sky está acabando com a alegria de assistir os gran tours. O que sobra é ficar de roda da Sky e fazer o tradicional sprint faltando 1km como o Zakarin fez para ganhar alguns segundos. Superman Lopez com mais um ataque nuclear ganhou a etapa e sem dúvida já é candidato até ao podium. Se numa subida com inclinação tranquila já fez isso imagina na 4a e no sábado que vem na subida do Angliru??

Depois de 2 semanas Froome ainda desfruta de 1m01seg de vantagem sobre o Nibali.  Como olhar o Froome e não ver seus teóricos defeitos(!?) em cima da bike; cabeça sempre pesando para direita, cotovelos como no mountain bike, altura do banco parece muito baixa e o que não chega a ser ruim, mas diferente, que é o giro absurdamente alto subindo as montanhas para um ciclista de 1,86cm. O que é indiscutível são seu talento, determinação e sobre tudo sua humildade. Podemos não gostar da Sky e sua hegemonia, mas todos respeitam suas merecidas vitórias.

Zakarin(Katusha) finalmente acordou e tem um bom contrarrelógio. Irregular, mas tem potencial de não perder muito tempo no contrarrelógio de 3ª feira. Sua kriptonita são as descidas. Assim como Woods(Cannondale). Kelderman(Sunweb) e Woods estão fazendo o que aprenderam com o Uran no último Tour de France, ou seja, nada além de seguir a Sky sem colocar a cara no vento nenhuma vez. Com isso vão se solidificando entre os candidatos a top 5 e aumentando a noção de que quem desafiar o trem da Sky, como Chaves e Contador já fizeram, pagam o preço de perderem significativos segundos ao invés de manter suas posições na geral. Por isso torço pelos “perdedores” até aqui; Chaves e Contador. No caso do Contador torço mais realisticamente por uma vitória de etapa. Seria ótimo vê-lo no topo só mais 1 vez. Sua posição no GC não oferece tanto perigo e ele conta com certa liberdade do pelotão para uma fuga. Ele vai tentar, mas o perfil das etapas não lhe favorece.

Assim como no Giro, mas principalmente a Vuelta, são onde os novos talentos são testados nos seus primeiros gran tours. O futuro do pelotão está aqui.

Gianni Moscon(Sky), 23 anos. 5º na Paris-Roubaix(!!) e também um dos gregários de confiança do Froome do começo das últimas montanhas. Isso dentro do universo de escolha que a Sky tem. É um cavalo!!

Miguel Angel Lopez(Astana), 23 anos. O Superman. 1º gran tour e já ganhou 2 etapas e nisso se colocando como candidato até ao podium. Lembrando o que o Quintana fez no Tour de France 2013. Vai voar no Angliru e teoricamente tem um bom contrarrelógio. Que talento!

Enric Mas(Q-Step) com 22 anos e ainda atrás de sua vitória de etapa que possa coroar seu ano até aqui. Bom de subida e bom no contrarrelógio. Foi muito bem na “Vuelta a Burgos” apenas 1 mês atrás, inclusive contra o superman Lopez.

Lennard Kamna(Sunweb) tem apenas 20 anos!? E já ganhou uma vaguinha na equipe que foi para um dos 3 gran tours do ano. A equipe colombiana Manzana tem 4 dos 9 atletas que nem completaram 23 anos. Incrível!!

Na lista abaixo conseguimos ver a quantidade de garotos competindo na Vuelta;

http://www.procyclingstats.com/race.php?id=171119&c=3&code=startlist-youngest-competitors

2ª feira é day-off, mas eles não param. Segundo Lance Armstrong, que colocava a equipe para pedalar 3h, 4h no day-off de pedalada forte para o desespero e irritação de sua equipe. Não a 100%, mas nada de girinho. Certamente muitas pernas cansadas. Até a do Froome. Agora é esperar o estrago no contrarrelógio de 3ª feira.

Citação do dia;

“I’am a pretty complete rider. I go slow on every type of terrain.“  – Matteo Bono



Cancelar Resposta

MaisRecentes

Mundial de contrarrelógio foi muito bom. Domingo deve ser ainda melhor



Continue Lendo

Mundial de estrada valerá a pena assistir todas as provas



Continue Lendo

Henrique Avancini 4º lugar no mundial de mountain bike



Continue Lendo