Temporada 2018 começa com a Santos Tour Down Under - Solta o freio

Temporada 2018 começa com a Santos Tour Down Under



Até que enfim!!

A temporada começa na Austrália com o Tour Down Under. Muitas mudanças, novas equipes, novos uniformes e como em todo novo ano muitas dúvidas e promessas. O troca-troca foi interessante e poderemos ver algumas das novas formações.

Sagan(Bora) incrementou seus gregários com o ex-parceiro Dainel Oss(ex-BMC) e Peter Kennaugh(ex-Sky). Junto com J. McCarthy, R. Selig e M. Bodnar, no papel, formam uma incrível formação para as clássicas e darão opções táticas que Sagan faz tempo que não tem. Vamos ver como funcionará. Ainda é muito cedo na temporada e a equipe provavelmente apoiará o J. McCarthy para a classificação geral, mas dará para ver o novo “trem” do Sagan em algumas etapas.

Quick-Step vem com E. Viviani(ex-Sky). A vida de sprinter na equipe Sky não era fácil. A equipe se dedica as grandes voltas e aos medalhões que miram na classificação geral(GC). Mesmo com o Froome não correndo o Giro 2017 Viviani não conseguiu uma vaguinha no histórico 100o Giro. Agora contará com uma equipe dedicada,  extremamente qualificada e com a experiência de M. Morkov(ex-Katusha) e um dos melhores embaladores do pelotão; F. Sabatini. Com a saída de Kittel, Gaviria será o principal sprinter da equipe, mas não faltarão oportunidades para o Viviani.

A equipe Bahrain vai com os novos contratados D. Pozzovivo e o irmão que faltava dos Izaguirre. Gorka. Junto com o talento do I. Izaguirre e a experiência dos gregários R. Navardauskas, V. Agnoli e M. Boaro. Pensando bem, Nibali pode ter no Tour de France Pozzovivo, os irmãos Izaguirre, Pelizzoti, Visconti, Siutsou e Navardauska. Uma equipe e tanto. Agora é faze-los funcionar como equipe.

Tour Down Under deverá ser decidido entre o favoritíssimo R. Porte(BMC), I. Izaguirre e L. L. Sanchez(Astana), mas minha atenção estará voltada para a disputa da camisa branca dos novatos(sub 25). Enormes promessas alinharão na 3a feira; E. Mas(Q-step), R. Guerreiro(Trek), E. Bernal e K. Halvorsen(Sky), M. Soler(Movistar), G. Bennett(Lotto-J), S. Oomen(Sunweb) e P. Latour(AG2R). Alguns podem ter que ficar presos ao trabalho de gregário, mas certamente será interessante.

A 5a etapa no sábado que vem será a decisiva e conta com a já tradicional escalada da Willunga Hill. Não é o Zoncolan ou o Angliru, mas para janeiro está ótimo. Nos últimos anos só tem dado R, Porte(BMC) no topo.

Agora é aguardar os poucos dias e assistir na Espn(gravado) ou via internet ao vivo;

http://www.cyclingfans.com/tour-down-under/live

Para todas as informações da prova;

https://www.procyclingstats.com/race/tour-down-under/2017//startlist/



Cancelar Resposta

MaisRecentes

Equipe Sky – 1a punição a vista ou a ponta do iceberg?



Continue Lendo

Chris Froome (Sky) pego no exame antidoping durante La Vuelta



Continue Lendo

Revendo a temporada 2017 – Melhores do ano



Continue Lendo