Sábado teremos uma das melhores provas do calendário; Strade Bianche - Solta o freio

Sábado teremos uma das melhores provas do calendário; Strade Bianche



Essa jovem clássica acontece na Toscana, mais precisamente na cidade de Siena, Itália, desde 2007 e rapidamente vem se tornando uma das preferidas entre os fãs e também entre os próprios ciclistas. Quem conhece a região não preciso explicar. Quem nunca foi terá uma excelente chance de acompanhar as imagens dos 184km da prova.

Não há nenhuma montanha propriamente dita, mas sim uma interminável quantidade de ladeiras, muitas em estrada de terra(total de +-50km) e praticamente nenhum pedaço da prova é plano. Dificilmente vemos alguma parte coberta por florestas o que aumenta a possibilidade do fator vento e frio.

A maioria dos principais corredores de clássicas estarão lá com todo apoio de seus melhores gregários. P. Sagan(Bora), M.Kwiatkowski(Sky), Z. Stybar(Q-Step), G.V. Avermat(BMC) e vários outros estarão lá. Só essa qualidade do pelotão já bastaria para assistir. Como passam por vários trechos de estrada de terra, como nas provas dos heróis de antigamente, não há como não ter uma nostalgia agregada a prova. Assim como as clássicas nos paralelepípedos em subidas da Bélgica, ou nos enormes e planos da França, essa prova testa ao máximo as habilidades técnicas e físicas para conseguir sobreviver a seleção final das várias tentativas de fuga que a prova costuma ter e terá novamente. O perfil para um favorito passa por um ciclista extremamente forte que consiga manter muitos watts de potência por muito tempo, mas também tem que ter “punch” para conseguir se destacar na última ladeira de apenas 900mts e que atinge ângulos de até 16%. Justamente a ladeira para chegar na famosíssima “Piazza del Campo”.

Só para dar uma ideia do naipe da ladeira que nos últimos anos parece ter 200mts a mais que o P. Sagan gostaria.

Com a onda congelante de frio que atingiu a Europa a prova promete estar enlameada. Nevou essa semana e tem previsão de chuva para 5a e 6a feira. Já no dia da prova a previsão é esquentar para +-10c e talvez chuva. Abaixo foto de ontem no percurso da prova.

Do ponto de vista de quem assiste é fantástico e esse é o cenário ideal para que aconteça isso(abaixo) mais uma vez.

Para quem está lá é um horror, mas para quem faz o pódio é a glória.

A linha de chegada é exatamente onde ocorre o “Palio di Siena,”, corrida de cavalo montados “no pelo” em volta da praça que datam do século 16 e acontecem até hoje. Só que dessa vez quem tem a honra são os ciclistas.

ESPN parece que irá transmitir. Não sei se ao vivo. Nos links da www.cyclingfans.com ou www.steephill.com sempre tem links ao vivo disponíveis.

Para quem puder acompanhar não percam. É muito boa!!



MaisRecentes

Junho é sempre igual e um assunto domina; contratos para 2019



Continue Lendo

Ultimas provas antes do Tour; Criterium du Dauphine e Tour de Suisse



Continue Lendo

Próximo fenômeno a caminho do pelotão; Remco Evenepoel



Continue Lendo