Qual é o melhor corredor de clássicas em atividade?? - Solta o freio

Qual é o melhor corredor de clássicas em atividade??



Na semana da última “clássica monumento” do ano a pergunta é dificílima e depende para quem você pergunta. Minha tentativa de comparação leva em consideração e importância das “clássicas monumento”, que são mais difíceis, mais tradicionais e com maior prestígio. São elas;

Milano-Sanremo, Tour des Flandres, Paris-Roubaix, Liége-Bastogne-Liége e Il Lombardia.

Cada clássica monumento tem um conjunto de características que as fazem bem diferentes entre si. O piso, a altimetria, longa ou curtas montanhas, temperatura e vento, todos fatores que se adéquam a um tipo de ciclista. Ganhar uma dessas provas marca seu nome eternamente no ciclismo. Ganhar 2 delas é muito difícil. Ganhar 2 diferentes é extremamente raro, pois indica que o ciclista tem características completamente diferentes e todas essas habilidades entre os melhores do mundo.

Coloco no mesmo patamar um campeonato mundial. Usar a camisa arco-íres por um ano tem para mim o mesmo peso que uma monumento. Embora tenham percursos completamente diferentes de ano para ano e talvez por isso mesmo tão difícil de conseguir ganhar um.

Em seguida as clássicas mais tradicionais, seja pela história ou pela quantidade e qualidade dos ciclistas que alinham nessas provas.

Dos ciclistas em atividade que conseguiram ganhar monumentos e/ou mundiais vou destacar 3, que na minha opinião são os 3 melhores; Valverde, Sagan e Gilbert.

Claro, poderia ter incluído o Nibali, mas por mais que tenha ganhado 3 monumentos, 2 diferentes(!!), que é raríssimo e tendo além disso ganho todas as 3 grandes voltas, o considero abaixo(!?) dos 3 acima como corredores de clássicas(de clássicas!!). Já quanto a um dos melhores ciclistas, aí está no meu top 10. Aliás, SE(!?) ele se dedicasse mais as clássicas como Liége ou até Roubaix e menos nas grandes voltas poderia acumular mais monumentos.

Mundial ou Monumentos;
Valverde: 5 (1 x mundial, 4 x Liége) + 11 podiums!

Sagan: 5 (3 x mundiais, 1 x Flandres, 1 x Roubaix) + 3 podiums

Gilbert: 5 (1 x mundial, 1 x Flandres, 1 x Liege, 2 x Lombardia) + 6 podiums

 

Grandes Clássicas (World Tour + clássicas tradicionais)
Valverde: 7 (5 x Fleche W., 2 x San Sebastian)
Sagan: 7 (3 x Gent W., 1 x E3) + 1 x Campeonato Europeu
Gilbert: 9 (4 x Amstel G., 1 x Fleche, 1 x San Sebastian, 2 x Paris-Tours) + 1 Strade Bianche

 

Semi-Classicas e outras clássicas (provas “HC” e “cat.1”);
Valverde: 17 (2 x Nacionais, 1 x Roma Maxima, 2 x GP Indurain, 2 x Murcia, 1 x Paris-Camembert, 5x Mallorca e outras)
Sagan: 9 (5 x Nacionais, 1 x Kuurne, 1 x Brabantse Pijl, 1 x Citta di Camaiore, 1 x GP Industria di Prato)
Gilbert: 19 (2 x Nacionais, 2 x Brabantse Pijl, 2 x Gran Piemonte, 1 x Coppa Sabatini, 1 x Murcia, 2 x GP de Wallonie e outras)

Realmente apertado fazer uma escolha. Além desses 3 critérios ainda há dezenas de vitórias em etapas de voltas de 1 semana e etapas de grandes voltas. Isso demonstra a superioridade e a influência que esses 3 exercem numa prova, na tática como será disputada, tendo 1 deles nessas provas.

Então, hoje(!!) vou de;

1º – Philippe Gilbert; pela diversidade de provas que já ganhou. Realmente torço para que ele consiga ganhar ou Paris-Roubaix ou Milan-Sanremo para completar os 5 monumentos antes do fim da carreira. Roubaix é bem mais possível..

2º – Alejandro Valverde; embora eu não goste de como corra nas grandes voltas, sua inegável capacidade de estar sempre bem o faz único. Provavelmente o melhor watt/kg em 5min do pelotão. Gostaria que tentasse Flandres e Roubaix antes do fim de sua carreira e SE ganhar Lombardia no próximo domingo, por mim já empata com Gilbert..

3º – Peter Sagan; acho que é quase um empate técnico com Valverde. Lembrando que o critério são clássicas!! O tricampeonato mundial em seqüência é inédito e para mim pesa muito. É o mais novo e com só 28 anos, 10 anos a menos que o Valverde(!!), ainda pode acumular muitas vitórias. O que é impressionante se pensarmos o que ele já fez. Já tem 2 monumentos e dos 3 é o que mais tem chances de ganhar 4 dos 5 monumentos. Talvez até os 5. Quem duvida??

Dificilmente veremos os 3 no mesmo pódium. Mais comum é ver Sagan x Gilbert, mas 1 possível disputa entre os 3 numa monumento seria sensacional. Nessa foto vemos os 3 disputando a 5a etapa do Tour desse ano. Imagem de uma situação raríssima e com outros especialistas na disputa(Alaphilippe, G. V. Avermat, D. Martin)

A monumento mais possivel de isso acontecer acredito que fosse Liége ou Flandres SE os 3 focassem nessa prova no mesmo ano. Que é altamente improvável, mas um torcedor como eu pode sonhar, né….

 



MaisRecentes

Melhores e piores de 2018



Continue Lendo

Vuelta: 1ª vitória em grandes voltas para Simon Yates e equipe Mitchelton!!



Continue Lendo

Contrarrelógio de amanhã definirá as táticas da última semana



Continue Lendo