Liège-Bastogne-Liège. A 4a clássica monumento do ano nesse domingo. - Solta o freio

Liège-Bastogne-Liège. A 4a clássica monumento do ano nesse domingo.



Mais conhecida como La Doyenne, a mais antiga, a 4a clássica monumento do ano. A 1a edição foi disputada em 1892(!!) e já eram mais de 250km…

Muitas estrelas do ciclismo se preparam especificamente para essa prova, tal a sua importância. Nibali(Bahrain) esse ano não correrá o Giro d’Italia mirando as clássicas de março e abril, mas essa prova em especial. Já está no lucro com a vitória na Milano-SanRemo, embora L-B-L se encaixa melhor ao seu estilo.

Como qualquer das clássicas monumento os favoritos são vários e de diferentes estilos. Além da prova ser longa tem quase 4.00mts de ascensão vertical. Uma pedreira! Valverde(Movistar) e Alaphilippe(Q-Step) são os grandes favoritos 5 estrelas, mas se tem uma clássica monumento que é mais propensa a ter um ganhador fora dos favoritos 5 estrelas, essa é a L-B-L.

4a feira passada tivemos uma Flèche-Wallonne, que é um tira gosto da L-B-L, que foi disputada diferentemente dos últimos 5 anos. A maioria esperava a última subida do Mur de Huy, uma empinada e curta ladeira de 1,2km com até 19% de inclinação e de lá tentavam tudo. Nesse cenário é praticamente impossível ganhar do Valverde e 4a passada as outras equipes organizaram uma verdadeira guerra contra a Movistar. Todas as equipes tentando isolar o Valverde, fazendo a Movistar queimar seus excelentes gregários perseguindo ataques de favoritos 3 ou 4 estrelas bem antes dos últimos 5km. Sem ajuda, Valverde ficou só com M. Landa, que aguentou até onde pode(+/-20km) e quando a distância para o grupo Nibali alcançou quase 1min as outras equipes começaram a ajudar a perseguir. Acredito que todos devam ter entendido que atacar de longe com favoritos 3 e 4 estrelas e em grupos de mais de 5 é o único jeito de terem chances contra o Valverde e o Alaphilippe. Maioria das equipes tem 2 ou 3 possíveis ganhadores e podem “queimar” algum, ainda mais se forem juntos.

Se essa dinâmica não funcionar, um favorito 3 estrelas que realmente está chamando a atenção é o M. Mathews(Sunweb). Se na 4a com ladeiras mais empinadas já foi difícil deixa-lo para trás, na L-B-L será ainda mais difícil e ao contrário de 4a feira, após a última subida tem 150mts de planos até a chegada onde ele seria mortal se ainda estivesse nas rodas do grupo da frente. Se eu fosse de apostas arriscaria nele como um outsider.

De qualquer maneira imagino que mais provável seja um grande ataque, com favoritos 3 e 4 estrelas, faltando 36km(Col de La Redoute) até a antepenúltima(Cote de La Rouche-aux-Faucons) onde teríamos um período com vários ataques até formar o tal grande grupo contendo favoritos perigosos. Isso seria o cenário ideal para quem assiste e que venho rezando para ver. Agora é assistir e ver o que acontece.

A temperatura pode se tornar um grande problema. Chuvas pesadas e ventos com rajadas de até 70km/h são esperadas para tarde, mas poder pegar o final da prova.

Espn transmitirá ao vivo.

Sempre nos streams; www.tiz-cycling.com ou www.cyclingfans.com

Comentários ao vivo no meu twitter; @MoynaFernando



MaisRecentes

Vuelta foi a melhor volta de 3 semanas do ano!!



Continue Lendo

Vuelta; analisando as 2 semanas até aqui e o que esperar da última..



Continue Lendo

Vuelta; etapa 15 de domingo tem 4 montanhas categoria 1. Um monstro!!



Continue Lendo