Giro: 5a etapa, mas temos que falar do "voodoo Nibali"... - Solta o freio

Giro: 5a etapa, mas temos que falar do “voodoo Nibali”…



Sempre assim… Basta termos vários candidatos com chances na geral(GC) e 1 ou 2 nem chegam na semana decisiva.

Dumoulin caiu e sei lá, uns 30% da disputa na geral caiu com ele..!?.. Na minha opinião seu pico de performance seria monstro daqui a 7 dias. Nem faz sentido continuar mirando só em etapas. Muito melhor será “empurrar” seu pico para o Tour de France. Vai melhorar a disputa do Tour enormemente, mas tirou um pouco da graça do Giro. Dos contrarrelogistas que também são escaladores, agora só temos o Roglic. Com isso Roglic dependerá bem mais da sua equipe e menos com a equipe Sunweb, que tinha basicamente a mesma tática.

Yates e Landa também forão ao chão LOGO depois do grnade tumulto da queda do Dumoulin. Landa inclusive deu sua “versão” ao “AS”

Através dos anos, muitos atribuem a um poderoso “voodoo” que o Nibali possui para conseguir parte de suas maiores conquistas. Toda vez que ele está lá meio esquecidão entre vários favoritos mais badalados que ele, um a um vão se despedindo da prova. Os exemplos maiores são o Tour 2014 e o Giro 2016.

Como explicar que ele NÃO caiu estando a centímetros do Puccio(Ineos) que iniciou a grande queda do Dumoulin?? No clip abaixo ele aparece logo na parte de baixo e tinha que ter sido o 1o a ir para o chão..!?..

Temos que lembrar que outro mega favorito Bernal nem largou, pois caiu na semana da prova(!!) e quebrou a clavícula. Agora, Dumoulin. Roglic, Yates e Superman Lopez devem abrir os olhos. O “Voodoo Nibali” está a todo vapor e não sabemos qual bonequinho ele estará mexendo a partir de amanhã. Claro, é uma brincadeira até antiga, masssss……

Falando da etapa de amanhã, essa é a maneira “correta” de colocar uma etapa curta numa volta de 3 semanas. Após longas 3 etapas de mais de 200km, sendo a de ontem 235km. O que relamente está faltando é algum calombo que fosse perto da chegada. Tipo a 10km ou 20km da chegada para dar chances reias aos oportunistas.

Mas a etapa não vai ser tão simples assim. Imediatamente após a largada o pelotão começará a escalar a NÃO categorizada Rocca Priora(9,5km a 4,5%). Depois da rápida descida, emendarão na montanha mais dura do dia, Rocca di Papa(5,5km a 6,2%). Também não categorizada. Vai entender..!?..

Essas 2 montanhas em sequência costumavam ser o final da prova “Roma Maxima”, agora extinta. Nessa prova costumava ser o suficiente para fazer a seleção final, mas aqui ainda faltarão 100km. Servirá mesmo para formar a fuga, que tem até alguma chance de vingar. Já que é uma etapa curta.

Etapa continuará “morna” até a única ladeira categorizada do dia: Sezze(3,9km a 5,2%). Seguida de um calombo NÃO categorizado de 2,5km a 4%. Ainda faltarão 50km(!!) e os últimos 40km completamente planos.

Resumo: muita luta para formar a fuga, mas acredito que as equipes de sprinters não vão perder a oportunidade de fazer muita força por pouco tempo.

Calma que amanhã será looongo e com final muito bom…

 



MaisRecentes

Vuelta foi a melhor volta de 3 semanas do ano!!



Continue Lendo

Vuelta; analisando as 2 semanas até aqui e o que esperar da última..



Continue Lendo

Vuelta; etapa 15 de domingo tem 4 montanhas categoria 1. Um monstro!!



Continue Lendo