Cornetas Podcast: Analisando as clássicas das Ardennes - Solta o freio

Cornetas Podcast: Analisando as clássicas das Ardennes



Só deu Fuglsang e Alaphelippe..

Ok, Mathieu V. der Poel na Amstel foi sensacional pela dinâmica do final da prova, mas a pisada na bola foi desses 2, que ficaram se olhando. Entre as 3 provas(Amstel, Fleche-Wallonne e Liège-Bastogne-Liège) esses 2 dominaram.

Alaphilippe obteve mais vitórias nas clássicas da primavera, inclusive conseguindo sua 1a monumento(Milano-Sanremo). Nas Ardennes os 2 deram bobeira na Amstel. Ala levou Flèche, mas Fuglsang foi melhorando assim que o final das provas foi endurecendo para os punchers e sprinters que sobem bem.

Deceunick Quick-Step foi a melhor equipe. Com sobras. O destaque foi o desempenho da Bora e com vários ciclistas além do Sagan.

Valverde, Avermat e Sagan saem de mãos vazias.

No podcast dos “Cornetas”, a mesa redonda das provas de ciclismo com os blogueiros mais ativos e informados da internet, debatemos a dinâmica dessas provas e a dos que não brilharam nas 3 clássicas das Ardennes de 2019.

Ótimo para ouvir no rolo!!

Ouça, critique e divulgue..

 

 

 

 



MaisRecentes

Vuelta foi a melhor volta de 3 semanas do ano!!



Continue Lendo

Vuelta; analisando as 2 semanas até aqui e o que esperar da última..



Continue Lendo

Vuelta; etapa 15 de domingo tem 4 montanhas categoria 1. Um monstro!!



Continue Lendo