Aproveitando o melhor do ciclismo antes do furacão... - Solta o freio

Aproveitando o melhor do ciclismo antes do furacão…



Começaram as melhores provas anuais do ciclismo. Pelo menos para mim, as clássicas são as melhores para assistir e até melhor que as grandes voltas.

Strade Bianche sábado passado será lembrada por algum tempo. Região fantástica, temperatura épica e grande participação das grandes estrelas das clássicas. A grande graça das clássicas é justamente não ter como prever o que vai acontecer. É extremamente difícil para alguma equipe conseguir controlar a prova como a equipe Sky faz nas grandes voltas. Com isso as estrelas tem que botar a cara no vento mais cedo ou mais tarde. Cada um tem o seu timing, mas a cada tentativa de fuga o pelotão vai se esfarelando.

Para se ter uma ideia das condições basta dar uma olhada no estado do T.Dumoulin(Sunweb);

Faltavam 46km e as ações na ponta do pelotão já eram grandes. Os pré-favoritos, digamos 3 estrelas,  R.Bardet(AG2R) e W. Van Aert(Var) conseguiram escapar após uma das dezenas de subidas da prova. O grupo dos pré-favoritos 5 estrelas, ainda se marcando, não seguiu e os 2 construíram uma vantagem de pouco mais de 1min.

Bardet é muito mais conhecido por ser um escalador das longas e altas montanhas e também um excelente descedor. Van Aert é o atual tricampeão mundial de cyclocross, totalmente a vontade com as condições e ainda tentando descobrir se tem condições de conseguir ter uma carreira tão vitoriosa no pelotão de ciclismo de estrada. Com a vantagem aumentando e a chegada cada vez mais próxima, faltando 37km, T. Bennot(Lotto-S) saltou do grupo dos favoritos com muita determinação e arriscando queimar as energias antes do tempo. Pouco a pouco foi deixando para trás os gregários das outras equipes que marcaram seu ataque e foi encostando na dupla em fuga na ponta da prova. Quando finalmente conseguiu se juntar, faltando 15km e ainda sem decisão entre o grupo de favoritos, incluindo Stybar(Q-Stp), Sagan(Bora), Valverde(Movi), pensamos; e a gora? quem leva dos 3 improváveis líderes? ou será que ainda daria tempo para os favoritos? Nem 3km depois e Benoot resolveu atacar solo. Uau! Benoot tem apenas 23 anos e até então conhecido por ter 62 top 10 em provas como profissional, mas nunca uma vitória. Seria essa mais uma decisão errada? Como não torcer para esse garoto com tanta atitude?

E não deu outra. Conseguiu levar até o final, assim como Bardet e Van Aert, 2o e 3o respectivamente. Van Aert caiu da bicicleta a 10 metros do topo da última empinadíssima ladeira nas estreitas ruas de Siena, a 200mts da chegada com câimbras, tal era seu estado físico. A imagem reproduz exatamente q tipo de determinação foi preciso para chegar ao pódio na Strade Bianche desse ano;

A imagem desse garoto coberto de lama após uma incrível demonstração de determinação e raça o acompanhará por muito tempo.

Já foi 5o no Tour de Flandres, que é até uma prova de mais prestígio, com apenas 21 anos e tem pinta de ter um perfil que se encaixa melhor a  outra clássica monumento; Liège-Bastogne-Liège. Veremos o que ele fará lá em abril.

Ah, as clássicas… Ao mesmo tempo que vemos o melhor que o ciclismo tem para mostrar já conseguimos ver a tempestade vindo ao longe. As investigações sobre a equipe Sky, principal equipe do ciclismo atual, vai ganhando proporções de escândalo. Tem toda a cara que vai ter punição e até o próprio destino da equipe já se coloca em questão. Caso isso aconteça será mais um furacão que atingirá o esporte e será o único assunto dominando o ciclismo durante meses. Todos nós, amantes do ciclismo, teremos que dar explicações para TODOS os amigos que certamente nos questionarão sobre o assunto e não sobre as provas. Ciclismo mais uma vez será o telhado de vidro.

Até lá aproveitem as excelentes provas que teremos no próximo mês. Paris-Nice está acontecendo essa semana com transmissão da ESPN. Tirreno-Adriatico começa na 4a feira(07/mar), com ótimo percurso e com a maioria dos principais ciclistas GC da atualidade, que são os favoritos para as grandes voltas. Em seguida, Milan-San Remo. Vamos torcer para que o furacão não chegue ao ciclismo antes das clássicas monumentos de abril; Tour de Flandres, Paris-Roubaix e Liège-Bastogne-Liège.

Dedos cruzados…



MaisRecentes

Melhores e piores de 2018



Continue Lendo

Qual é o melhor corredor de clássicas em atividade??



Continue Lendo

Vuelta: 1ª vitória em grandes voltas para Simon Yates e equipe Mitchelton!!



Continue Lendo