Hora de decisão na Vuelta - Solta o freio

Hora de decisão na Vuelta



Dei 0% de chances para a vitória do Majka na etapa de hoje(sábado), assim como na 3ª feira passada. Mas assim como na 3ª feira, equipe Bora trabalhou muito para isso acontecer. 3ª foi com o Buchmann e hoje com o Konrad e finalmente conseguiram. Majka mesmo contra os ataques do GCs conseguiu manter o ritmo suficiente para garantir a etapa. Vai para mais uma camisa de bolinha.

Miguel Lopez(Astana), conhecido como superman, atacou do grupo GC com uma explosão há tempos não visto. Ataque nuclear. Desde o começo da última subida equipe Astana claramente já tinha “desistido” do Fabio Aru, mesmo em 7º no GC, pois colocou gregários puxando o grupo GC enquanto Aru sofria para se aguentar. Astana nas 2 pontas do pelotão GC. Talvez porque Aru ainda não tenha se decidido com equipe fechará 2018.

Entre o grupo GC achava que a Sky iria dominar até o finalzinho da montanha, pois a última ladeira era longa e na maioria com ângulos normais(!?) onde os super gregários conseguem atuar efetivamente. Mas o 1º a atacar foi Chaves faltando 3,6km. Depois Contador e em seguida Nibali. A partir dai os GCs foram obrigados a responder para defender suas posições na geral. Sky reassumiu a perseguição com Poels e o Froome mais uma vez fez jus ao seu apelido yo-yo Froome e acabou reconectando. Contador não trabalhou com Nibali. Parecia estar realmente no limite, mas era a oportunidade de realmente atacar o Froome, que raríssimas vezes fica isolado de sua equipe. Ainda mais por 2,5km…

Foram 3.627mts de ascensão, segundo o Strava do Kelderman, que limpou os “KOM”(melhor tempo do trecho);

https://www.strava.com/activities/1164802017

Para ver a reprise da etapa escolho sempre a transmissão italiana. É um grande barato a emoção que os caras transmitem. Se tiver um italiano com chances então é uma farra. Aprende Espn!!

https://www.youtube.com/watch?v=pXLOeGjB6ZY

Amanhã, domingo, a etapa parece ser bem melhor para emboscar o Froome e a Sky. A última montanha começa duríssima, com ângulos acima de 10-12% que deve servir de rampa de decolagem para os ataques e nesses % fica impossível os gregários da Sky defenderem o Froome. Nibali realmente parece o melhor escalador até aqui principalmente nas subidas mais longas, mas irá(!!) precisar de ajuda de outros capitães para que esse ataque funcione e quem sabe isolar o Froome, que teria que fazer o trabalho de perseguir sozinho. Esse seria o cenário ideal para uma bela disputa não só da etapa, mas também para dar esperança na briga pela Vuelta. Lembrando que o Froome conta com uma provável vantagem no contrarrelógio de 3ª que vem, no pior dos casos, pelo menos 1min para o Contador e Nibali. 2min para o resto dos GCs. Então os escaladores mais agressivos não hesitarão em tentar tudo na etapa de amanhã(domingo). Mesmo que implodam tentando.

Boa sorte a todos amanhã no Big Biker…

Citação do dia;

“The bicycle has a soul. If you succeed to love it, it will give you emotions that you will never forget.”                     Mario Cipollini



Cancelar Resposta

MaisRecentes

Mundial de contrarrelógio foi muito bom. Domingo deve ser ainda melhor



Continue Lendo

Mundial de estrada valerá a pena assistir todas as provas



Continue Lendo

Henrique Avancini 4º lugar no mundial de mountain bike



Continue Lendo