Na conta do professor e do carrasco



A semana que começou podendo ser trágica para o Fluminense, terminou de uma maneira que nem os torcedores mais otimistas imaginavam. A vitória sobre o Madureira na quarta-feira trouxe confiança e tranquilidade ao time, que sofria com a instabilidade emocional dentro de campo. Diante de um Botafogo campeão da Taça Guanabara, o Tricolor se impôs e jogou de maneira segura. Agora, a vantagem – que era alvinegra – passa a ser do Flu.

O torcedor pode colocar a vitória de ontem na conta de duas pessoas. Primeiro, Ricardo Drubscky. O treinador surpreendeu ao barrar Wágner, um dos medalhões do time. Escalou Vinícius, que dividiu a responsabilidade na criação das jogadas com Gerson. O primeiro gol veio após uma bela jogada da dupla. A segunda pessoa que merece ser responsabilizada pelo resultado de ontem é Fred. De volta ao time, foi decisivo ao marcar duas vezes. E como é bom para o camisa encontrar o Botafogo. Desde que chegou as Laranjeiras, ele já balançou as redes alvinegras 13 vezes.

E das arquibancadas vieram os gritos de “Fred carrasco”. E por incrível que pareça, ele pode se tornar um problema para Drubscky, já que quarta-feira será julgado pelo TJD-RJ e pode pegar até seis jogos de suspensão.

Como tem sido na história recente, um jogo tão importante como esse não poderia ter um final tranquilo. O gol de Willian Arão no fim do jogo colocou o Botafogo vivo no jogo e ainda fez o Tricolor passar um certo sufoco. Mas o time se manteve tranquilo e soube segurar o resultado favorável.

Após o apito final, a torcida abraçou ainda mais o time e cantou empolgada por alguns minutos. Ficou a sensação de que poderia ter sido melhor, mas para quem passou pelo desespero de ficar fora das semifinais, chegar ao segundo jogo dependendo apenas de um empate é uma grande vitória.



MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo