Time perdeu por falta de criatividade



O Fluminense vinha com tudo no Campeonato Carioca. Com 100% de aproveitamento, o Tricolor era o líder isolado do Estadual. Da segunda rodada em diante, a equipe perdeu Wágner, o camisa 10. Desde então, faltou criatividade. Contra equipes mais fracas, como Boavista e Bangu, deu para resolver as coisas e se garantir com Fred. Mas na última quarta, contra uma equipe um pouco mais forte, que apresenta o melhor futebol entre os clubes de menor investimento, a força do ataque não foi o bastante para sair com a vitória.

Sem um jogador mais experiente, para assumir o papel da criação no meio-campo, o Fluminense não soube organizar bem as jogadas, mesmo ficando muito mais com a bola em domínio. A equipe investiu muito em cruzamento para área, buscando Fred, mas não deu certo.

A defesa, com uma formação inédita, também não foi nada bem. O que prova isso é o fato de que o time sofreu um gol de contra-ataque e outro em jogada de escanteio.

Como se já não bastassem os problemas de tática e técnica, a arbitragem também atrapalhou o Tricolor, ao não marcar um pênalti aos 25 minutos do segundo tempo. Além disso, dez minutos depois,  Edson sentiu lesão e precisou sair, deixando o Flu com dez homens em campo até o fim da partida.

Se antes do Carnaval as coisas eram bem tranquilas, a Quarta-Feira de Cinzas não foi nada boa para o Fluminense. Com a derrota, a equipe pode até deixar o G4, em caso de vitória do Flamengo nesta noite. Resta ao Tricolor torcer para Wágner (com a criatividade do meio-campo) voltar logo e secar o rival rubro-negro, o que não é nenhum grande problema.



MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo