Kenedy pode ser o necessário fato novo



Para chegar ao G4, ou ao menos ter um final de campeonato que tenha algum sentido, o Fluminense precisa de um fato novo. Sem profundidade, o time tem sentido a falta de um atacante de velocidade. Ao menos, sentia. Ontem, no segundo tempo do jogo com o Grêmio, Cristovão Borges colocou Kenedy no lugar de Rafael Sobis e mudou a cara do time. Os gaúchos dominavam e o Tricolor melhorou consideravelmente. De repente, a solução que não foi encontrada no mercado pode aparecer através das divisões de base. Mas é preciso calma.

Kenedy tem talento. Prova disso é que atuou em várias seleções de base. Subiu precocemente aos 16 anos e como é natural, sentiu as dificuldades, sobretudo a pressão, de jogar em nível profissional. Quase foi queimado precocemente, mas agora começa a mostrar personalidade e pintar como uma possível solução. Para isso, precisará ser um pouco menos afobado e compreender o momento certo de arriscar um chute ou escolher o passe. No entanto, é jogando que se aprende. Está evoluindo.

Com o jovem atleta em campo, o Flu teve dinâmica, boas tentativas pelos lados, mas foi parado pelo ótimo Marcelo Grohe. O time não foi sem vergonha ou sem raça como a torcida chegou a gritar. Ao menos, não foi o que ocorreu ontem.

Outro jogador da base do Flu que merece ser destacado é Marlon. É o melhor defensor da equipe na temporada. Seguro, tranquilizou Elivélton e comandou o setor. A escalação deve necessariamente contar com ele. Isso até mesmo quando Henrique e Gum, já projetando o ano que vem, estiverem em condições de jogo. É uma grande esperança.

O empate não tira o Fluminense da briga pela Libertadores. A julgar pelo desempenho do time, na noite de ontem no Maracanã, segue vivo. De todo modo, a resposta tem que ser dada o mais rapidamente possível. De preferência, no difícil jogo do fim de semana contra o São Paulo. É hora de o Flu lutar.

* Visão do Flu publicada na edição impressa do LANCE! do dia 25/9/2014 e escrita por Marcello Vieira



  • SDS TRICOLORES

    F L U 2 0 1 4 rumo a tão sonhada LIBERTADORES 2 0 1 5

  • Lucas

    O menor do RJ, virgem das Americas e tetra rebaixado.
    fluminenC, nada pode ser menor.

  • Carlos Eduardo

    Realmente o fluminense melhorou muito com a entrada do kenedy, e também concordo que o mesmo já mereça começar jogando, já o Marlon jogou muito, esse é mais um fato de que o Fluminense precisar utilizar mais os jogadores de xerém, ainda mais com a possível saída ou ainda com a já manifestada diminuição de investimento, e ainda continuaremos com as contribuições do incansável Conca, a versatilidade do Cicero, a garra do Gum (tem que renovar com ou sem Unimed), sem esquecer da segurança do Cavalieri (outro que tem que renovar), o Fred é ídolo, mais seus vencimentos são altos, mais de qualquer forma é preciso fazer a reformulação.

    Cabe ainda ressaltar que tudo isso que imagino ser benéfico para o Fluminense, poderá ser atingido com a permanência do Cristovão, grande técnico.

  • Ulisses Brunizo

    Concordo plenamente. Marlon é o melhor zagueiro que possuímos e que joga como volante também. Calmo, clássico, cabeça erguida, bom passe, bom nas bolas altas. Há muito tempo o Fluminense não possui um zagueiro com essas características, talvez desde a saída do Thiago Silva. Não compreendo o motivo de ser deixado no banco e só entrar quando não há outras opções. Será que só a torcida é que entende de futebol? É Marlon e mais um, no caso Gum quando recuperado.
    Reclama-se de falta de jogador de velocidade. Será que Kenedy e Birobiro são tão lentos? Será que Luxemburgo entende menos de futebol que Cristóvão? Com Luxa Birobiro era titular. É o obvio ululante que só cego não quer enxergar. Será que Sobis rende mais que esses dois jovens para a equipe? É… gosto da pessoa do Cristóvão mas já está começando a mostrar que não é ousado. É treinador sem iniciativa, medroso, querendo imputar responsabilidade aos que ganham muito e produzem pouco. Treinador para time pequeno. Viva quem lançou Pelé, Fenômeno, Robinho, Diego, Ronaldinho Gaúcho, Renato, Bebeto, Zico, Marcelo, entre outros, todos com pouca idade.

  • Qualquer um da base , seja ele Kennedy, Gérson, Biro-Biro, está em um momento melhor do que Sóbis, o cara entra em campo MORTO. Magno Alves é muito mais produtivo do que ele. Pena que não se concretizou a sua troca pelo Osvaldo(SP).

  • Acompanho o Fluminense desde 1951, quando foi campeão carioca , ganhou profissional aspirante e juvenil . Vi jogar Castilho Tele Didi Píndaro Pinheiro , Veludo que era reserva de Castilho e que foi convocado os dois para seleção Brasileira Que saudades , hoje vendo o jogo na televisão chego a passar mal. QUE SAUDADES !

  • Jorge Carlos Fernandes Campos

    Vamos acreditar no jovem centroavante Kennedy, pois o velho Fred já está cansado, não está aguentando correr o tempo todo.

  • Este jogo só confirmou o que todos, excluindo a direção do clube, já havia percebido, falta jogadores de velocidade!
    Dizer que falta um atacante de velocidade é chover no molhado, é carência inclusive no meio.
    Lembra a fórmula I atual,…Ferrari tentando acompanhar a Mercedes.
    Tem um meio campo de muita habilidade, porém se percebe que, quando saem para o ataque, descobre a defesa ou se ficam na marcação, falta velocidade para contra-atacar.
    Com a simples entrada do Kenedy, foi notório a melhoria do time, é bom jogador, tem arranque, não tem medo de partir pra cima dos adversários, chuta bem de canhota, se não houver deslumbramento, com certeza terá um bom futuro, mas cara,…levanta esta cabeça. jogar de cabeça baixa,… fez uma bela jogada e na hora de tirar o 10, ao invés de tocar a bola para o Fred que estava sozinho, cê prefere aquele peteleco pro gol. Seria sua consagração!
    Você está pedindo passagem, o Fred está pedindo um companheiro de mais velocidade,…Pô toca a bola pro cara?

  • Glaucio L Aragao

    eu tambem acho que deveria ter deichado o sobis jogar deveria ter tirado um volante e colocar o Kenidy precisava ganhar e nesta situação tem que colocar atacnte no lugar de um volante

  • CARLOS HENRIQUE

    MARLON NÃO PODE MAIS SAIR DESTE TIME. TITULAR ABSOLUTO!
    KENEDY JÁ PODE SER EFETIVADO TAMBÉM COMO TITULAR. SUGIRO QUE CRISTOVÃO
    DEIXE APENAS O JEAN E RECUE O VAGNER OU CÍCERO PARA COMPOR.

  • Mateus Gonçalves

    Perfeita, a sua análise. Não só Kennedy, mas, também, o Biro deveria entrar mais vezes. Ontem, por exemplo, a torcida presente pedia a entrada do Biro. Com os dois abertos, a tendência era até mesmo Felipão prender seus laterais, principalmente os avanços do Pará, e o Fluminense ir com tudo naqueles minutos finais. No entanto, Cristóvão surpreendeu mais uma vez ,pensava que a NÃO entrada do Biro devia-se ao fato de enfraquecer a marcação no meio, pois teria que tirar o Wágner ou o Cícero . Porém, a entrada do Scarpa, no lugar do Rafinha, que estava muito bem no jogo e trazendo Cícero para funcionar como volante, a meu ver, enfraqueceu a marcação, se era esse o seu temor, pois Cícero não é bom na marcação, perde muito tempo trazendo a bola para a sua perna esquerda , lateraliza muito as jogadas, tornando as saídas de bola lentas, ou seja, se esse era o seu temor, na minha concepção, ele mesmo a realizou. Sobre o Márlon, só um tolo não pode ver. Não sou adepto de troca de treinadores gratuitamente e continuo com o Cristóvão, mas ele tem que rever alguns conceitos.

  • Os jogadores doentes por falta de futebol que jogão no tricolor, carlinhos, diguinho, Vagner,elivelton,sobis bruno,não são culpados por sua incompetência e vergonha que causam ao torcedor de um time que leva ,no mínimo 30 minutos para chatar uma bola no gool adversário, Culpado é o Presidente que não conhece futebol e contrata qualquer perna de pau sem sangue e morto.

  • geraldo lourenço

    Srs.

    O fato novo do Flu, não deve ser o ataque, vejam o ataque do Flu é o terceiro desse brasileiro – 37 gol, só fica atraz do Cruzeiro ( 49 ) e do São Paulo ( 42 ).
    O Fato novo e necessário tem que ser na defesa, a muito tempo a pior defesa do Brasil.
    Uma defesa que o menos pior é o Gum, o que esperar do resto.
    Temos uma luz no fim do túnel o garoto Marlon.
    No entanto essa defesa não deixa nem o time e nem a torcida tranquilos, pois a qualquer momento entrega o jogo.
    Henrique MÁSCARADO E POSUDO, não joga nada, é um tremendo enganador, mesmo naipe do traste do Leandro Euzébio, que Graças a Deus sumiu.

  • Mauro

    PARABÉNS A MAIOR TORCIDA DO MUNDO POR MAIS UM TÍTULO MUNDIAL, CHUPA BAMBIS CARIOCAS.

MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo