Qual a responsabilidade de Cristovão nos tropeços recentes do Fluminense?



Empate com o Coritiba. Eliminação humilhante para o América de Natal. O Fluminense vivencia um momento ruim. Na sua opinião, qual o peso do técnico Cristovão Borges para as derrotas recentes?

As melhores respostas serão publicadas na edição do jornal LANCE! de amanhã (16/8).



  • luis

    Peso muito pequeno, Cristovao mudou a forma do Flu atuar e vem conseguindo implantar um futebol convincente e moderno, o jogo contra o America/RN foi atípico e considero que foi apatia dos jogadores devido ao resultado anterior e ao adversário, certas lições tem que ser aprendidas, e uma delas é que futebol se vence no campo e não com a camisa, temos que dar tempo e bons reserva a Cristovão que transformará o Flu em uma nova máquina.

  • CLAUDIO

    O CRISTOVÃO ESTÁ MEXENDO MAL NOS TIME, QUANDO É NECESSÁRIO

    • Fernando Casaes

      Cristóvão, é um bom treinador e só isso! Com o elenco que o Flu tem é inadmissível perder e ou empatar com times, digamos, “inferiores” no Maraca (Campeonato Brasileiro) e, principalmente ser humilhado da forma como foi na Copa do Brasil. Esse elenco do Flu não tem personalidade e é vulnerável à pressão. Joga fora, quase sempre, vai bem. Joga em casa, na pressão, não rendem. É psicológico! Amarelam!. Outra coisa, o Flu tem 2 bons jogadores (Conca e Cícero), 3 razoáveis (Carlinhos, Wagner e Henrique), 3 vaga-lumes (Sóbis, Cavallieri e Jean), 1 decadente (Fred), 1 que não poderia ser jogador de futebol (o gordo), o resto é medíocre ou muito ruim mesmo (Fabrício e Bruno). O futebol brasileiro está em crise! Está nivelado por baixo. Flu, Inter e São Paulo, “grandes elencos” foram eliminados por times cujas folhas somadas não pagam o salário de um Pato, Ganso,Kaká, D’Alessandro, Fred… O Cruzeiro, atual campeão e virtual bi, não passou de fase na Libertadores que teve como campeão o Coritiba da Argentina e como vice o Baré, de Roraima, do Paraguay. Triste fim! Os 7×1 não foram um acidente!

  • boa tarde,eu creio que ele tem sua parcela de culpa sim mais não acho que isso seja colocado na balança pelo trabalho feito ate o momento,eu creio que o grupo tem que sentar tentar resolver os problemas junto técnico,presidente todos mais quando estava ganhando ele era bom agora não presta? perder do jeito que perdeu eu não admito um time da posição do flu contra um time na posição que esta mais la tem jogadores que facilmente teria vaga no flu como laterais que o fluminense não tem para reserva a propria torcida pede time reserva para polpar ai joga um bando correndo sem direção jogava o time titular e depois mesclava com reserva ,

  • Filipe

    O Cristovão surpreendeu a todos e está fazendo um excelente trabalho no Flu, mas nesse jogo em questão(derrota para o América-RN), teve sua parcela de culpa, pois não levou a sério como deveria. Deixar o Conca e Wagner no banco não foi das melhores apostas, e escalar Chiquinho não da. Na zaga, essa dupla(Elivelton e Fabrício) é brincadeira. Fabrício não conseguiu se firmar em nenhum clube nos últimos anos e estava encostado no Vitória, qualquer garoto da base é melhor(Marlon, Welington Carvalho). Verdade que demos muito azar de perder o Gum e o Henrique, justamente quando estavam acertando a zaga. Mas independente disso não podemos perder do jeito que perdemos, tomar 4 gols somente no segundo tempo, na nossa casa, não da né! Mas o Cristovão está provando ser um técnico de ponta, tem crédito com a torcida e diretoria, prova disso foi a proposta que recebeu de estender o vínculo atual. Estamos com você e sei que ainda nos dará muitas alegrias.

  • O Cristovão é o maior responsável por td de certo e errado q der na equipe tricolor, afinal quem coloca o time em campo é ele, quando o clube ñ tem condições e coloca em campo o q pode e ñ o q realmente queria, é um caso, mas no caso do Cristovão ele tem em mãos uns dos melhores elenco do futebol Brasileiro, a todo jogo no Brasileirão ele vem tirando o ótimo Cícero, o Sóbis ou Fred pode estar mal na partida mas ele só tira-os faltando 10 minutos para acabar o jogo colocando o Walter, na última 4º feira ele teve a coragem de deixar o Conca no banco e nem escalar o zagueiro Henrique q está se firmano nessa fraca zaga, e ele já estava recuperado da contusão, o Wagner é outro q pode ñ estar jogando nada e ele nem pensa em trocá-lo, eu acho q este 5X2 q sofremos na última quarta-feira ele colocou a corda no seu próprio pescoço e se perder perder domingo para o Botafogo é só puxar o banquinho.

  • Sergio Luis santos

    Responsabilidade nenhuma, afinal le parou de jogar há muito tempo.
    É um ótimo treinador mas não tem responsabilidade em FALHAS INDIVIDUAIS.

  • eraldo

    A responsabilidade do Cristóvão é total. A começar pela indicação do Fabrício para ser contratado pelo flusão. Chiquinho é outro jogador que não tem condições de jogar no fluminense e vive sendo escalado pelo treinador. E a justificativa do cansaço para poupar jogadores é absurda. O time teve um mês para treinar e descansar durante a COPA.

    • Siglia

      Concordo com vc Eraldo.Os jogadores tiveram uma postura errada,preguiçosa e Cristovão parece não ter força para mudar. Fred faz o que quer (como sempre). Será que ele sairia se tivesse convocação p/ a Copa? Um time de “toques”? Pro lado e pra trás? Jean errando tudo,Valencia sem ação e Fabrício… De onde veio isso? Com Manoel(que foi p/ o Cruzeiro)dando sopa. Acorde,Cristovão!!!

  • Walter Vendhas

    Contra o Coritiba o time estava visivelmente cansado e contou com o imprevisto de perder o Gun, ainda no primeiro tempo. Não faria as substituições que o Cristóvão fez, mas não vou crucificá-lo, foi um jogo atípico e isso acontece no futebol. Contra o América de Natal também não vejo falhas nas substituições, visto que o Fred estava bem e saiu por lesão. O Conca tinha mesmo que entrar, assim como o Wagner. O problema é que nem o mais pessimista tricolor ou o mais otimista “secador” poderia imaginar um time, com a qualidade do Fluminense, fazer aquela apresentação. Acho que foi o pior jogo do Conca desde a escolinha, assim como o do Jean; nem um dos nossos zagueiros pode ser titular (e não são); Valência estava desgovernado; Carlinhos mais soninho do que nunca; Sóbis apagado; Chiquinho, nem correria mostrou; Cavallieri displicente e só uma boa defesa no meio daquele bombardeio. Se permite, sugiro ao Cristóvão exigir da diretoria ao menos mais um bom zagueiro; testar o Fernando nos jogos mais fáceis entrando no segundo tempo e o mesmo fale para o Pablo na direita. Fred ainda é titular no Brasil em qualquer time. No meio, quem diria, volta Diguinho, por favor. O Edson é razoável mas pode melhorar e aproveitar a má fase do Jean. Walter é um jogador diferenciado mas, vamos combinar: ou emagrece dentro de um prazo ou vamos tentar o Kenedy, né? E o Robert? Se pôde treinar com a seleção brasileira já pode jogar pelo clube, certo? Ou a base é para servir apenas o mercado internacional? Gosto do Cristóvão. Meu medo é que ele se perca em meio a pixotadas como a de quarta. Um manchinha que colocou o nome dele no top ten negativo da história do clube.

  • Robson Bastos

    Toda!!! Ele recuou o time contra o Coritiba, chamando os caras p jogar e contra o A,erica alem de escalar o Fabricio (que é ridiculo) ficou calado vendo o time parado e as mexidas foram piores que qq coisa!!!!

  • Lucas Brunno Cerqueira

    A culpa não é só do Cristóvão, não da para tirar leite de pedra, o Fluminense tem um time titular fora de série, já os reservas…

  • Cezar

    O Cristóvão não pode ser responsabilizado pelo acontecido, há meu ver, a diretoria é a culpada, pois dispensou a sombra do Bruno e não contratou ninguém e ainda contratou o Henrique (lesionado), o Fabrício (um zagueiro canhoto já que tinha o Elivélto que tb é canhoto) e ninguém mais para uma provável reposição em um campeonato longo onde temos contusões, cartões, etc… A perda precose do Gum (que vinha jogando bem) e um Henrique lesionado, significa que teremos que suportar os zagueiros que nos restam. Penso que o Flu do Cristóvão, tem uma cara, um padrão de jogo, mas é previsível, falta variações de jogadas, de um outro esquema dentro de uma partida, os adversários já sabem como o Flu vai entrar e jogar, não temos plano B, não devemos mudar, mais devemos ter variações. Os adversários se armam para jogar por uma bola, marcam a saída no campo do Flu e colocam jogadores velozes no segundo tempo em cima de uma zaga imatura e sem entrosamento. Cristóvão deveria improvisar na zaga (único setor fraco no time atual), já que não tem opções para o setor. O Valencia seria a opção mais viável e com isso, colocar o Diguinho como 1º volante (uma vez que este já está entregue ao Dp. de Futebol) formando o time titular da seguinte forma: Cavalieri, Bruno, Valencia, Henrique, Carlinhos, Diguinho, Jean, Cícero, Conca, Wagner e Fred. O Chiquinho e o Sóbis, são as melhores opções de substituição no segundo tempo para usarmos a velocidade do Chiquinho e a entrega do Sóbis. Os jogadores ganharam uma nova oportunidade em um torneio internacional, a Copa Sul Americana, mais eles precisam entrar em campo pensando que estão perdendo e não em que são capazes de vencer quando quiserem. Se continuar com este pensamento, Cristóvão passa sim a ser o responsáveldireto pelos resultados negativos, mais a diretoria tem que agir o mais rápido possível indo em busca de mais 01 zagueiro e um lateral direito. Saudações tricolores…

  • CRISTÓVÃO É UM BOM TÉCNICO, MAS OS ELOGIOS EXAGERADOS DE PARTE DA MÍDIA TALVEZ TENHA AFETADO SEU DISCERNIMENTO ACERCA DOS JOGADORES QUE ESTÃO NO FLU. ENTENDO QUE FOI PARCIALMENTE CULPADO NO JOGO CONTRA O CORITIBA, POIS MEXEU MAL, PRINCIPALMENTE MANTENDO O CHIQUINHO, UM JOGADOR MUITO FRACO E QUE SEMPRE ENTREGA BOLAS NA DEFESA, E…
    CONTRA O AMÉRICA, A CULPA FOI TOTALMENTE DELE, POIS APROVOU A VINDA DESTE SUPOSTO JOGADOR DE FUTEBOL, O FABRÍCIO, FREQUENTEMENTE ESCALADO, QUE DÁ MAIS CHUTÕES QUE O L. EUZÉBIO E É MAIS LENTO QUE O WALTER, QUE A PROPÓSITO SEQUER DEVERIA ESTAR SENDO RELACIONADO PARA OS JOGOS, POIS NÃO É PROFISSIONAL E É UM PÉSSIMO EXEMPLO PARA OS DEMAIS.
    NO MAIS, SÓ RESTA MANDAR ESSES CARAS QUE PERMITIRAM O REBAIXAMENTO DO TIME EMBORA (CAVA, JEAN, CARLINHOS, FRED ETC), POIS NÃO PASSAM DE MERCENÁRIOS QUE SÓ FALAM EM SALÁRIOS ESTELARES ENQUANTO JOGAM UM FUTEBOL MEDÍOCRE E DESINTERESSADO.

  • A culpa é da maioria dos jogadores e até a Diretoria. Está mais do que provado que nome de jogador e técnico não ganha jogo. Além disso, salários altos também não ganham jogos. O desastre que houve na eliminação do Flu será para nos torcedores, o que foi as bombas atômicas soltas em Iroshima e Nagazaki. É inconcebivel a maneira como o Flu jogou e como o Cristóvão não soube sair do nó que deram nele. O time do América poderia até ganhar do Flu, em um caso esporádico. Mas, da maneira que foi e de goleada jogando em casa ! Venho falando sempre que, quando não se tem Chiquinho e Sobis marcando, sobra somente o Valencia lá atrás e foi o que aconteceu. Precisando de velocidade no ataque, o Cristóvão coloca Walter ! Poderia ele ter colocado outros jogadores de maior velocidade ! Outra coisa – Não tem um zagueiro melhor do que o Fabrício no banco ?
    Isso sem falar que o Diego sofreu no mínimo 02 gols por falha própria. Com relação a falha do Fabrício, antes dele falhar, o Jean estava com a bola dominada e dentro da área, acossado, não deu um chutão para os lados ! Deixe o Conca e mande o resto embora. O custo benefício do Flu até agora não provou resultado. Sai do Carioca bisonhamente, quase foi rebaixado e agora sai da Copa do Brasil da maneira mais humilhante. Cá pra nós o dinheiro de 03 jogadores do ataque do Flu, paga toda a folha de pagamento. Vou ao estadio domingo, mas vou para protestar. Se perder para o Botafogo o bicho vai pegar. Faltou compromisso dos jogadores em campo.

  • Felipe Menezes

    Bom, ele tem muitas responsabilidades sim…

    1) Fabrício chegou com o seu aval.
    2) Demonstrou uma apatia a beira do campo maior que a do time e pouco fez pra evitar o vexame.
    3) Errou quando optou pelos titulares nesse jogo do Maracanã, pois os mesmos entraram sem a menor vontade. Talvez os reservas quisessem mostrar mais serviço e se empenhassem mais.
    4) Errou também, no meu modo de ver, em colocar os titulares no jogo da ida, pois acumulou o desgaste do jogo e da viagem, culminando na péssima atuação contra o Coritiba, onde o time se arrastou em campo durante todo o segundo tempo.

    Mas na minha opinião a maior responsabilidade é da diretoria, que desde o início do ano não planejou ter um elenco para disputar os campeonatos desse ano.

    – Há quanto tempo temos a carência de um atacante de velocidade de bom nível (perderam muito tempo com o W. Nem)?
    – Há quanto tempo precisamos de zagueiros (só o Henrique não dava conta)?
    – O Walter era realmente necessário, visto que tínhamos Fred, Sóbis e Michael (Samuel)? Ele entrará em forma algum dia?
    – Quando virá um reserva para o Carlinhos?

    Enfim, acho que eles não aprenderam a lição de 2013…

  • NO JOGO CONTRA O CORITIBA ELE ESCALOU MUITO MAL O TIME E SE PERDEU NAS SUBSTITUIÇÕES, NO CASO DO VEXAME DO MEIO DE SEMANA, SE ELE QUERIA POUPAR O CONCA, POR QUE NÃO COLOCÁ-LO NO PRIMEIRO TEMPO E SUBSTITUÍ-LO NO SEGUNDO. ACHO QUE ELE TEM QUE SER MAIS ENÉRGICO COM O TIME QUANDO OS CARAS COLOCAM A PREGUIÇA EM CAMPO.SAUDAÇÕES TRICOLORES E FLUZÃO 3X0 EM CIMA DO BOSTA FOGO!!!!!!!!!

  • Mauro

    É dele a responsabilidade de pedir e Diretoria para entrar com recurso no STJD pedindo a anulação do jogo. kkkkkkkkk

  • EDSON MURILO

    – Vamos lá então, Flu e Curitiba: O empate fica na conta de Cristóvão (que tem muito crédito), era para colocar e Fred e o Chiquinho(por que não tinha outro melhor), Mas foi covarde e fechou o time. não acredito nesta história que esqueceu que já tinha gastado uma substituição, cade os auxiliares? o STAFF? O torcedor não esqueceu, o comentarista não esqueceu o “mundo não esqueceu”. Que jogo ele estava vendo?
    Flu e mequinha:
    Meu Deus…. Cristovão você não tem culpa nenhuma, aliás nem o time de Junior do Flu perde de 5 daquele time. Acredito em quatro coisas – 1ª – Baixar a bola do time, não ganharam nada. 2ª Foi importante para ver que o Fábrício nunca poderia ter vestido a camisa do Flu. 3ª O Fred é titular e ultima: Vamos ganhar a Sul Americana que é bem melhor do que a Copa do Brasil.

    Um abraço e saudações tricolores

  • Ivan Caldeira

    Não creio em culpa dele. O time é treinado, elenco é experiente. As vezes falta disciplina para executar o que se pede. Um jogo têm 90 minutos, não pode achar que 45 min é suficiente.

  • Milton

    Eu acredito muito no trabalho do Cristóvão. Na derrota para o América de Natal, acho que errou em começar com reservas. Tinha que entrar com força máxima enfiar uns 2 x 0 e, aí sim, fazer as alterações.Exigir seriedade, respeito, calçar as sandálias da humildade, como dizia o inesquecível Nelson Rodrigues! Outra coisa, fazer as alterações paulatinamente, e não queimar duas de uma só vez.
    E o Marlon, garoto da base, por que não joga mais?
    E, por favor, esqueçam esse horroroso uniforme laranja! Não tem nada a ver com tricolor.
    Abs Tricolor!

  • Mauricio Veiga

    O Cristóvão é o melhor técnico que passou pelo clube nos últimos anos ! Muricy, Abel, Cuca, Renato, Dorival, Luxemburgo, etc.! Todos muito pragmáticos que sempre acharam que nome resolveria. com isso perdemos jogos importantes, que influenciaram em não disputarmos títulos e tivemos sustos de rebaixamento
    Acredito que ele neste jogo relaxou, por achar que estava resolvida a classificação, com isso colocou um time sem um dos meias(Conca ou Wagner) recuando o Sobis, deixando o meio campo sem saída de bola e vulnerável na marcação, uma vez que estava sem a zaga titular e precisava protegê-la !
    As mudanças durante o jogo não foram pertinentes e acabaram por deixar o Flu mais vulnerável, além de uma atuação apática de 3 jogadores: Cavaliere, Carlinhos e Valência e uma atuação desastrosa: do Fabrício, que por sinal é um jogador muito fraco para atuar no Flu.
    Acredito que o treinamento que o Flu mais precisa é a saída de bola, do o tiro de meta, à reposição, pois o Cavaliere parece que não treina as saídas pelas laterais, fazendo ligação direta toda hora.
    Sou formado em Educação Física e Fiz curso para técnico de futebol e tenho sugestões e quero ajudar o Cristóvão !

  • Aluizio Barbosa de Oliveira

    Pra começar, é preciso fazer justiça ao técnico do América de Natal. O Oliveira Canindé mostrou que conhecia em detalhes as características físicas e técnicas do grupo ao seu dispor e usou isso com a sensibilidade e a rapidez de raciocínio de um técnico de futebol de salão. O maior chocolate da noite foi o que ele deu no Cristóvão. Todo treinador ( até mesmo esses que só dão rachão) tem obrigação de conhecer as qualidades e os defeitos dos jogadores a sua disposição.Logo, se escala uma zaga desentrosada e individualmente fraca com Elivelton e Fabricio sem se reforçar com um terceiro zagueiro; se escala o Fred pra fazer o que não sabe nem quer fazer; se assistiu passivamente (com 2 x 0 no placar) o Fred chamando o time a sair para o ataque embora a defesa já estivesse batendo cabeça; se escala o Walter completamente fora de forma física (outra crise?!) e deixa os garotos no banco servindo de enfeite; se insiste em ignorar as graves deficiências técnicas do Chiquinho e o escala para ” auxiliar ” a defesa, é obvio que a grande responsabilidade pelo vexame é do técnico. Parece que o Cristóvão começou a cometer o mesmo erro que cometeu no Vasco: estabeleceu uma única maneira de jogar, iludiu-se com o sucesso meteórico, levou seus principais jogadores à exaustão e acabou se tornando facilmente neutralizável pelos adversários. A insistente defesa que o Fred está fazendo do grupo sugere um possível sinal de fumaça, ao qual o Cristóvão deveria responder com liderança e competência.

    • Fernando Casaes

      Cristóvão, é um bom treinador e só isso! Com o elenco que o Flu tem é inadmissível perder e ou empatar com times, digamos, “inferiores” no Maraca (Campeonato Brasileiro) e, principalmente ser humilhado da forma como foi na Copa do Brasil. Esse elenco do Flu não tem personalidade e é vulnerável à pressão. Joga fora, quase sempre, vai bem. Joga em casa, na pressão, não rendem. É psicológico! Amarelam!. Outra coisa, o Flu tem 2 bons jogadores (Conca e Cícero), 3 razoáveis (Carlinhos, Wagner e Henrique), 3 vaga-lumes (Sóbis, Cavallieri e Jean), 1 decadente (Fred), 1 que não poderia ser jogador de futebol (o gordo), o resto é medíocre ou muito ruim mesmo (Fabrício e Bruno). O futebol brasileiro está em crise! Está nivelado por baixo. Flu, Inter e São Paulo, “grandes elencos” foram eliminados por times cujas folhas somadas não pagam o salário de um Pato, Ganso,Kaká, D’Alessandro, Fred… O Cruzeiro, atual campeão e virtual bi, não passou de fase na Libertadores que teve como campeão o Coritiba da Argentina e como vice o Baré, de Roraima, do Paraguay. Triste fim! Os 7×1 não foram um acidente!

  • É impressionante a cabeça de TORCEDOR, estamos no G4 , jogando um futebol moderno, com marcação no campo do adversário, atacando até com 5 jogadores, um técnico equilibrado, observador, inteligente, aí acontece uma dessas coisas que demora a acontecer novamente e o mundo acaba. Francamente antes do Cristóvão em que tínhamos o Renato Gayúcho, íamos ao ataque umas 5 vezes por partida, e agora por força de uma derrota inexplicável, querem crucificar o bom Cristóvão. Galera vamos apoiar e dar a volta por cima, ganhando do Botafogo tudo volta ao normal. A não ser que tenham perdido de sacanagem para disputar a tal Sulamericana, porque se jogar 10 vezes contra o América de Natal, ganha todas, o alguém duvida.
    Castilho Dom Fredom

  • Fernando Casaes

    Cristóvão, é um bom treinador e só isso! Com o elenco que o Flu tem é inadmissível perder e ou empatar com times, digamos, “inferiores” no Maraca (Campeonato Brasileiro) e, principalmente ser humilhado da forma como foi na Copa do Brasil. Esse elenco do Flu não tem personalidade e é vulnerável à pressão. Joga fora, quase sempre, vai bem. Joga em casa, na pressão, não rendem. É psicológico! Amarelam!. Outra coisa, o Flu tem 2 bons jogadores (Conca e Cícero), 3 razoáveis (Carlinhos, Wagner e Henrique), 3 vaga-lumes (Sóbis, Cavallieri e Jean), 1 decadente (Fred), 1 que não poderia ser jogador de futebol (o gordo), o resto é medíocre ou muito ruim mesmo (Fabrício e Bruno). O futebol brasileiro está em crise! Está nivelado por baixo. Flu, Inter e São Paulo, “grandes elencos” foram eliminados por times cujas folhas somadas não pagam o salário de um Pato, Ganso,Kaká, D’Alessandro, Fred… O Cruzeiro, atual campeão e virtual bi, não passou de fase na Libertadores que teve como campeão o Coritiba da Argentina e como vice o Baré, de Roraima, do Paraguay. Triste fim! Os 7×1 não foram um acidente!

  • Alexandre

    Vamos aceitar o fato que Cristovao está sendo infeliz em aproveitar o Walter mesmo como reserva e substituto imediato do atacante escalado (seja Fred ou Sobis). Enquanto isso, a garotada fica no banco esperando uma chance (Matheus Carvalho, RObert e Kennedy). Na zaga perdemos o Gum e o Henrique para o jogo contra o America. Mas o problema da zaga vem desde 2009 quando perdemos Thiago Silva. Qual foi o outro zagueiro de qualidade que o Fluminense colocou em campo? Nenhum. Gum é razoavel; bom reserva. Marlon e Wellington Carvalho são bons zagueiros, são novos mas com um cara experiente ao lado com certeza um deles seria titular facil. Fabricio, Henrique e Elivelton (em que todos apostaram ser o cara para a vaga deixada pelo TS3) não tem condições de jogarem no Fluminense. Ou seja, são 2 problemas pontuais: atacante e zagueiro(s). Com 2 ou 3 contratações o Flu se acerta. Para o ataque o grande reforço seria devolver o Walter para o Porto ou encosta-lo e dar chance para a garotada. Sugestões? É só assistir a serie B do Brasileirão e pinçar alguns jogadores que tem condições de serem titular da zaga. Tem dupla de zaga MUITO melhor que a nossa disputando serie B e C.

  • elson liper

    Fora Cristóvão!!!!

    Treina bem, mexe mal, não vê o que acontece nos jogos. Não é tecnico de Chegada. Não combra raça e nem tem isso para dar. Um zero à esquerda. Duvido que chegue ao fim da temporada. Nunca aplaudi a contratação dele.

  • O Cristóvão é um bom técnico e sua grande mancada foi ter pedido a contratação desse tal de Fabrício. Contra o Coritiba errou nas substituições e colocou o time pra trás. Contra o América errou tudo. Não tinha que botar time reserva, tinha de botar os titulares. Os jogadores foram apáticos e ele ficou passivo à beira do campo. Parecia uma múmia comandando outras onze múmias. A diretoria tbém é muito culpada. Emprestou uma porção de jogadores importantes que poderia estar ajudando já que estávamos disputando duas competições. Martinuccio caberia muito bem nesse time no lugar desse horroroso Chiquinho. Precisamos contratar um lateral direito e outro esquerdo, mais um zagueiro, ou até dois, e um atacante rápido já que fracassaram com o W. Nem, aliás desde a sua venda. Mário Bittencourt é um bom advogado, mas de futebol não entende nada. Angioni já fracassou uma vez no Flu e pelo jeito quer repetir a dose. Peter acorda, pois queremos ser penta campeões e campeões da Sul Americana. ST4.

  • O técnico Cristovão não culpa nenhuma dos tropeços do Fluminense. O único culpado do tropeço do Fluminense na Copa do Brasil foi o AMÉRICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA QUE ESPANCOU O FLUMIQUNHO POR 5X2.

    AMÉRICAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

  • Carlos Guerra

    A gente fica sem saber quem autorizou a contratação do Fabrício. Desde logo se viu que era bem pior do que o LE. Alguns sabem quem foi, mas não revelam. Marlon – tá na cara – é um craque. Alguém vai ganhar dinheiro com a negociação dele. Não vai demorar… O Cafu, da Ponte Preta, é o tipo de atacante pela direita que o Fluminense precisa, mas … Cristovão entra nessa história como um homem bom e preparado que só agora percebe a politicagem tricolor.

  • Chiquinho

    A culpa não é do Cristovão e sim, de quem os deixam permanecer no Fluminense.

  • luiz fernandes

    A responsabilidade de cristóvão é total!!
    O cara consegue perder pontos recuando o time contra o coritiba,depois de fazer 3×0 no
    america , vai ao maracanã junto a nossa torcida tomar de cinco!! chega a ser ridículo.
    Temos um dos elencos mais caro do brasil e praquê?
    não vimos em momento algum esse cara abrir a boca para cobrar atitude de seu time.
    vamos combinar, falta muito para ele ser um bom tecnico.
    há!!.. quanto aos jogadores sem sangue; a culpa é do tecnico que os coloca em jogo.
    dirtetoria ele ganha muito bem para ser omisso… ACORDA PORRA!!!
    Saudações Tricolores!!

  • cesar alves de souza

    Coloca a garotada para jogar, tira estes velhos acabados do time, bando de sangue suga, não correm, não sei aonde veio este nome de time de guerreiros, só tem chinelinho, treinando em academia na bicicleta, não vai entrar em forma nunca, jogando pelo nome,vendo o jogo de dentro do campo, é um cone mal acabado. Tem jogador se achando um craque e não joga nada, este Jean, Bruno, Carlinhos pelo amor de Deus são cabeças de bagre.

  • armando pereira

    Total. Apesar de confiar em seu trabalho, ele falhou feio no jogo contra o Coritiba e contra o América de Natal. Fez mudanças equivocadas. E, poupar jogadores de que? Cansaço? Fala sério.

  • adelio

    A conta de toda esta situação desagradável vivida pelo fluminense nos últimos dois jogos, é fruto da incompetênica da Diretoria nas contratações, do Cristovão nas escalações e substituições, e dos jogadores, pelo desinteresse e falhas técnicas duraralnte os jogos. O fluminense, há vários anos, vem disputando campeonatos, saindo vitorioso em alguns, 2010/2012, mas não resolveu, até hoje, a questão da zaga central, setor carente de bons jogadores há anos. O Gum e Leando Euzébio, nunca foram bons zagueiros, e, parece, que a diretoria acha o contrário. O nosso meio de campo sempre foi de regular a fraco, com jogadores como Valência, que quase não joga, ms é fraco, e Diguinho, que marca bem mas não consegue dar um passe certo de trẽs de distância. O Jean, há muito tempo, não vem jogando absolutamente nada, e ninguém, inclusive os técnicos que lá passaram nos últimos anos, o sustituiram para tentar modificar esta situação. O jean fica sem marcarm sem apoiar, todo o jogo, e nada acontece. O mesmo acontece com o Wagner, que só corre, sem produtividade alguma. O wagner é incapaz de tentar uma jogada de ataque, se limitando a tocar abola, irritantemente, para trás ou para os lados do campo. É um jogador sem iniciativa, portanto, nulo no emio campo tricolor. Até mesmo o Conca, somente em algumas partidas, nos remete àquele jogador de outrora, mas reconhecemos que sua qualidade é indiscutível. Salva-se desta anarquia o Cícero, que foi a contratação lúcida desta Diretoria. No entanto, inisite o Cristovão em substituí-lo, para a entrada do Chiquinho, o que é um absurdo, pois este jogador, em vários jogos, por seus passes errrados, propiciou contra-ataques que resultaram em gols sofridos pelo tricolor. É certo que o esquema adotado pelo técnico atual nos instiga a acreditar que temos um time melhor do que o do ano passado, mas, neste esquema, há necessiade de que todos os jogares maquem o advesáario, funcões estas que não são desempenhadas por Jean, Wagner, Conca, Chiquinho e Fred, minando totalmente o esquema tático.proposto. Quando o time cumpre o que é pedido pelo técnico, isto é, saída em velocidade e marcação na saída de bola do time adversário, o Fluminense, normalmente faz um bom jogo e ganha, e, nesse esquema tático, sem centroavante, o Sóbis se torna um jogador mais interessante que o FRED, pela sua entrega tanto na marcação quando nas finalizaçẽs de média distância, sua maior qualidade. O esquema adotado é bom, mas precisamos ter variações, pois são inúmeras as situações de jogo apresentadas, com times ora jogando ofensivamente, que facilta o jogo para nosso time, e, ora defensivamente, que difucultam nossas ações, e, obrigatoriamente, exigirão novas atitudes não só dos jogadores, mas também do técnico, principalmente em suas substitzuições, ultimamente, equivicadas, a exemplo da vexatória derrota para o América de Natal e o empate desnecessário contra o Coritiba, pois sabemos que empatar no campeonato brasileiro não é bom.

  • Noel Martello

    Cristovão já esta achando que é um grande técnico e com isso só esta fazendo M. Uma delas foi poupar o conca que é o maestro do time em uma partida tão importante, com isso levou 5 gols dentro de casa, deixando o Fluminense fora da Copa Brasil, uma verdadeira vergonha. Outra foi as substituições aleatórias mostrando não entender nada de sua função para obrter um resultado positivo de uma partida, nessas substituições só vem sobrando para o Cícero e deixando em campo os que sempre vem atuando mal, Sóbis, Carlinho, Fred, Vagner. Que visão em Cristovão !
    A preferência do Cristovão nas substituições quando se encontra escalado no banco é sempre o Chiquinho que é um grande pipoqueiro e o horrível do Kennedy. Esta na hora do Fluminense reformular o time, mandar embora Fred, Sobis, Vagner, Carlinhos, Chiquinho e doar o Kennedy. Cristovão esta mostrando que só melhor que Abel, Vanderlei e Renato em colocar só dois volantes, nas substituições esta se igualando aos três. Levanta a cabeça Cristovão, veja 10 ou mais vezes os videos dos jogos fracassados que você mesmo proporcionou.

  • O Cristóvão não tem culpa e nenhuma responsabilidade, e sim!!!!!!!!!!! Aqueles que deixam ele permanecer no Clube como treinador.
    Saudades do Cuca, e até mesmo do Renato.

MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo