Henrique ganha espaço na base da personalidade



O técnico Cristovão Borges esboçou na manhã desta terça, nas Laranjeiras, pela primeira vez neste período de treinos o time titular do Fluminense para a sequência da temporada. De novidade entre os 11 iniciais, apenas a entrada do recém-chegado Henrique. Mesmo com pouco tempo de clube, o zagueiro demonstrou personalidade e saiu na frente na disputa com Elivélton e Fabrício – que formaram a defesa reserva – pela vaga na zaga ao lado de Gum.

Durante boa parte do treino tático, Cristovão parou para dar instruções aos jogadores. Henrique ganhou atenção especial do treinador, com quem conversou algumas vezes em separado. Mas não foi só como ouvinte que o defensor contratado junto ao Bordeaux (FRA) participou da atividade. Em determinado momento, quando o treinamento passou a ser disputado em todo o gramado – e não em campo reduzido –, o novo titular também orientou os companheiros, mostrando perfil de liderança.

O restante da equipe titular foi a mesma que o torcedor se acostumou a ver em campo. Recuperado de uma cirurgia a que foi submetido no último mês, Wágner retomou à condição de titular e, apesar de ainda estar fisicamente abaixo dos demais, tem a confiança do treinador e mostra ser peça fundamental no time.

Outro que foi contratado recentemente, o meia Cícero treinou durante todo o tempo entre os reservas. O jogador fez dupla com Rafinha como volante e revezava com Chiquinho nas subidas ao ataque. A função do novo camisa 5 tricolor, no entanto, era mais defensiva, mostrando que, em um primeiro momento, o reforço será postulante a uma vaga como volante da equipe de Cristovão não alterando, assim, o pilar ofensivo construído por Wágner, Conca e Rafael Sobis.

O próximo jogo oficial será somente daqui a 13 dias. Até lá, Cristovão terá tempo para analisar quem realmente entrará em campo diante Criciúma. Mas se depender da primeira impressão, Henrique chegou, ganhou espaço e tem tudo para permanecer na equipe.



  • Altamiro

    Desde o primeiro momento Henrique adotou o discurso certo. Demonstrou inteligência e diplomacia. VESTIU A CAMISA antes mesmo de assinar o contrato.

  • geraldo lourenço

    Srs.

    Estamos precisando é que qualquer que seja o zagueiro ganhe espaço, não com personalidade mas sim com futebol, o que não é difícil diante da mulambada que temos.

  • MASSACRE ALEMÃO,CULPADOS FRED CHORÃO,JOGADOR DE SÉRIE C e JÚLIO FRANGÃO
    CÉSAR.TRICOLIN-C,VERGONHA DO BRASIL E DO MUNDO.

MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo