O Maraca do povo e o Flu de Cristovão



Texto publicado na edição de hoje do LANCE!
Por Marcello Vieira

Feriado, o Fluminense vinha realizando uma temporada bem fraca e um ótimo público compareceu ao Maracanã para assistir a estreia do time no Campeonato Brasileiro. Não existe bruxaria. A diretoria tricolor simplesmente decidiu cobrar R$ 10 nos ingressos e teve a resposta imediata do povo. É merecedora de elogios por defender publicamente a bandeira contra a elitização do futebol brasileiro.

Empurrado pela multidão, que valoriza o espetáculo e traz retorno em apoio à equipe dentro de campo, o Fluminense começou o Brasileirão de maneira promissora. É verdade que o Figueirense não mostrou muita coisa, no entanto, esta visão é do Flu, não do Alvinegro de Santa Catarina.

O maior mérito deste novo Fluminense, por enquanto, é o de conhecer a própria vocação. Durante a semana, o técnico disse que tem um elenco que possui como característica principal a ofensividade. Por também não ter velocidade, precisa ocupar o setor dianteiro, ter a posse de bola e com paciência, criar as chances. Com ataque lento, não há como atuar nos contragolpes. Ao menos neste início, o Flu de Cristovão já nasce certo. E popular.



  • É isso que Renato Gaúcho não enxergava, querer ver FRED e WALTER marcando é brincadeira, todos 2 muito lentos e Sóbis por mais que tentasse tb não é marcador, o que acontecia , quando a bola era roubada , o nosso ataque estava no meio de campo e aí para chegar na área adversária levava um século. Quando entrava BIRO-BIRO , tínhamos um para correr , mas esse quando chegava no fundo e olhava para cruzar, cadê a dupla, vinha lá atrás, o lógico São Cristóvão está fazendo, colocando o time para marcar na frente, e não só FRED e WALTER.Simples não, RENATO.
    Vá curtir seu futevôlei e as gatinhas na praia, mas, olho na CAROL,kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    ST/Castilho D.F El Gordito

  • Mateus Gonçalves

    Renato, praticamente, engessou o Fluminense. Com três volantes e Conca jogando avançado, sobrava para Jean a armação das jogadas. Outro aspecto daquele time era o fato dos laterais atuarem recuados, mesmo com três volantes. Conca com meia atacante ficou muito exposto à marcação, e o Fluminense apesar de todo o seu potencial ofensivo, ficou restrito aos chutões. Parabéns ao Cristóvão, pois percebeu que o Flu tem que jogar sempre ofensivamente, os laterais têm que atuar avançados, Conca vindo de trás para armar as jogadas, com Wágner atuando como meia atacante. É certo que precisamos de bons zagueiro para das segurança a esse esquema, mas ainda há tempo.

  • Mauricio Castro

    Parabéns Diretoria por baixar os ingressos, espero que seja sempre assim, futebol é do povo não é de elite, quer pagar caro vai para espetáculos, futebol é para encher o maraca e ver o time jogar assim como Cristóvão fez jogo pra frente jogando no campo do adversário estilo times europeus. PARABÉNS TORCIDA, DIRETORIA, TÉCNICO E JOGADORES. ISSO É FUTEBOL É ALEGRIA. ESTOU MUITO SATISFEITO EM VER MEU TIME JOGANDO ASSIM, ASSIM SENDO NEM PRECISA CONTRATAR ZAGUEIROS. JOGO INTELIGENTE ESTE DE CRISTÓVÃO, JOGO DE UM CARA ESTUDIOSO. OBRIGADO CRISTÓVÃO.

  • É isso aí Maurício, é muito melhor ver a galera lotando os estádios do que jogar para as moscas, que ganhem da televisão, nos anúncios, nas camisas, e na venda dos jogadores, agora meter a mão no bolso do torcedor ,NÃO. A pouco tempo fui com meu filho ver um jogo no Engenhão, somado todo o gasto naquela noite em que cheguei em casa ás 01:30 hs , deu a pequena bagatela de 300,00, como diz o Canhotinha , É BRINCADEIRA. Futebol é esporte do POVO. Rico gosta de TEATRO.
    ST/Castilho Dom Fredom

  • Valmir

    O Fluzão sempre na vanguarda do futebol Brasileiro, futebol é do povo, bola dentro da Diretoria. Quanto ao time, é notório que o Agora temos organização tática.

MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo