Fred volta a ser Fred e salva a noite



* Por Marcello Vieira

Tudo está no seu lugar. O Fluminense venceu o Macaé em jogo que finalmente marcou a “estreia” de  Fred nesta temporada. O capitão tricolor voltou a ser o dono do time, fez um gol, quase marcou um golaço e ainda deu um belo passe de calcanhar para Jean perder oportunidade incrível.

Não foi uma atuação brilhante do time de Renato Gaúcho. O Flu sofreu para vencer e muito disso é explicado pela performance burocrática de Darío Conca. Muito marcado, o argentino não esteve inspirado como nos outros jogos. Nada anormal, afinal, apesar de às vezes não parecer, ele é humano.

Neste sentido, se não pôde contar com o brilho do principal armador, o desafogo para a saída de bola foi Diguinho. Quando tudo parecia fechado, o volante sempre abria por uma das laterais e iniciava as jogadas ofensivas. Rei dos desarmes no Carioca, é a maior surpresa positiva do Fluminense até o momento. Em contrapartida, Jean é exatamente o oposto.

Entretanto, é quase uma obrigação voltar a falar de Fred. Bem fisicamente era questão de tempo para que voltasse a ser decisivo. Os lances todos viram, mas é fundamental ressaltar sua liderança. O camisa 9 orientou o time, fez o pivô com qualidade e foi a grande referência da equipe. Com ele bem, o Flu é muito mais forte e pode lutar por todos os títulos que almeja disputar.



  • Para a dupla ficar completa esta faltando o Walter entrar jogando. Com certeza o Fredom já teria marcado gol.

MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo