Teste tático no Fluminense: observações



8365875580_7447afd29c_c

DIÁRIO DE VIAGEM

Abel Braga prometeu e cumpriu. No último sábado, ela havia dito que poderia testar algumas variações táticas no Fluminense. O técnico sempre manteve vivo o sonho de repetir o esquema do Internacional de 2007, considerado por ele o time que melhor jogou sob seu comando. E no coletivo de ontem, em Atibaia (SP), ele armou o Flu desse jeito, no 3-3-3-1. O desempenho dos titulares não foi dos melhores, mas também nem dos piores. Vejamos:

O Fluminense constroi suas jogadas muito mais a partir do lado esquerdo do que do direito. Isso é fato. Sem um lateral-direito de ofício, isso ficou mais acentuado. O trio defensivo, formado por Gum, Edinho e Leandro Euzébio, da direita para a esquerda, sofreu com as infiltrações em velocidade de Rhayner e Samuel. Com a entrada de Bruno nessa trinca, o setor ganharia em agilidade e saída de bola. Vale a pena ressaltar: Abelão não pode contar com Deco (poupado) e Thiago Neves, este ainda em recuperação de uma bolha no pé esquerdo – há dias!

Do meio para frente, a situação também foi um pouco confusa. Rafael Sobis não foi o armador central que se precisava, e Wellington Nem, em busca de jogo, correu diversas vezes em diagonal. O lado direito do ataque foi muito pouco aproveitado. Além disso, Valencia e Jean não são jogadores que buscam dar o passe de profundidade. Isso fez falta algumas vezes.

Mas houve também alguns pontos positivos no teste tático promovido por Abel Braga. Com Rafael Sobis chegando pela esquerda, e Nem pela direita, o centroavante Fred teve uma participação muito mais ativa nas construções das jogadas. Vide o lance do segundo gol, criado por ele e concluído por Sobis. O meio de campo, com o retorno de Deco, pode ter uma troca de passes ainda mais intensa. Ah, obviamente, o resultado: vitória por 2 a 0. Sendo que Abelão foi bem rápido nas orientações e não parou o coletivo para corrigir os erros. Nota? Uns 6,5.

E você, caro tricolor, gostou doa inovação tática no coletivo desta quarta? Comente!

 

 

 



  • MARG

    Pura invenção!!!!!
    Acho ele só fez isso porque não tinha nem o Deco e nem o Thiago Neves.
    Com os dois, não tem espaço para esse esquema.

  • Julio cesar

    Gostei muito dele ter colocado Edinho no setor defensivo e valencia no meio, espero que o Deco melhore as distribuíção das jogadas porque depender do chinelinho do TN ta foda… que esta diretora contrate logo um meia armador señ vamos mais uma vez ser desclassificados de bobeira como o ano passado contando com o Rafael moura pra fazer gol, ficou dificil sem um homem de armação.

  • bellucci

    Abelão, que tal , nem Riquelme nem Felipe , MARCOS ASSUMÇão. A torcida vai gostar e acha golllllllllllll !. Bellucci – r j

  • plinio

    to tentando entender ainda como é jogar sem laterais sendo q contratamos 2

  • Só pode tá de brincadeira esse esquema, agora q o flu tem um lateral direito veloz o cara vai e põe pra treinar o time sem nenhum lateral direito, deve tá de férias ainda é isso.

  • Marcelo Tricolor

    Meu Deus…cadê o meia armador que o FLUZÃO ia trazer, o Deco se machuca muito e o Wagner é meia atacante. Não podemos achar que está tudo bem. Senhores dirigentes temos que ter um outro armador bom de bola. Saudações Tricolores.

  • CANTIDIO

    Apesar do Fluminense ter sido campeão carioca e brasileiro, posso afirmar que não foi por méritos do nosso treinador Abel e sim pelos jogadores, realmente poucos clubes hoje tem condições de manter um grupo tão seleto de jogadores, tanto titulares quanto reservas, porem o nosso treinador entregou varios jogos por substituir mal e nos momentos inoportunos agora ele vem com essa ideia de jogar sem lateral direito, isto só pode ser brincadeira, pois no momento nós temos quatro jogadores para esta posição. Acorda Abel !

MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo