Prudente já vive clima de decisão



Diário de viagem

 

Chegar até Presidente Prudente foi rápido. Juntando os trajetos, menos de duas horas. Nem parecia que estava indo para o interior do país. Mas a paisagem na janela do avião, um verde plano de fazendas sem fim, e o sotaque dos companheiros ao lado entregaram: o destino não seria uma das metrópoles do Brasil. Após o desembarque, aquela cena típica de aeroporto de cidade pequena: muita gente e pouco espaço. No portão, nada daquele mar de táxis como no Santos Dummont. Tive de ligar para um dos motoristas listados na placa de Taxi.

O papo foi curto, carregado no “R”, mas proveitoso. Presidente Prudente já vive o clima da partida entre Palmeiras e Fluminense. O jogo foi tema no avião, no taxi, no restaurante e no saguão do hotel. A preocupação é uma só: violência pós-queda do Verdão.



MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo