Pareceu que o jogo foi nas Laranjeiras



VISÃO DO FLUMINENSE, POR RODRIGO LOIS, QUE SERÁ PUBLICADA NA EDIÇÃO IMPRESSA DO LANCE, NA SEXTA-FEIRA

Sabe aquela visita que entra toda receosa em sua casa, mas quando menos se espera, já está esparramada no sofá com os dois pés na mesa, achando ser dona do lugar? Foi assim que o Fluminense se comportou ontem na vitória sobre o São Paulo em São Januário, casa do Vasco.

Para quem havia sido acolhido tão rapidamente pelo rival, o Flu se mostrou um convidado tímido – ao contrário de sua torcida. Preferiu ficar ali, na sala de estar, em pé, sem ousar muito. O desconforto foi nítido: quase 20% de passes errados na etapa inicial.

Mas aos poucos, principalmente pelo lado esquerdo, o Fluminense foi ganhando confiança e se espreguiçando no sofá. Quer dizer, na área adversária. E foi em uma jogada (muito) ensaiada em seu próprio lar que o Tricolor abriu o placar. O cruzamento de Thiago Neves, somado à falha de Rogério Ceni, rendeu o sétimo gol de cabeça do time no Brasileirão, autoria de Leandro Euzébio.

Só que o Tricolor ficou tão à vontade na casa alheia que deixou o São Paulo, convidado por tabela, pensar que estava no Morumbi. Resultado: gol de Cícero.

Fred deixa sua marca

A postura mudou no segundo tempo. Quem pagaria o aluguel não era o Fluminense? Então tinha de fazer o papel de mandante. Foi o que fez Jean, ao tomar a iniciativa de realizar um lindo cruzamento para Fred, que por sua vez anotou seu oitavo gol no campeonato. Brigará pela artilharia!

A partir dali, o Flu não parou de crescer na partida e transformou São Januário em sua casa. Rearrumou os móveis, abriu a geladeira sem pedir e até se deu ao luxo de perder algumas chances de gol. Que o digam o próprio Fred, Rafael Sobis e Carlinhos.

O jogo desta quinta-feira foi na casa do Vasco, mas pareceu que ocorreu nas Laranjeiras. Morador de aluguel, o Fluminense está forte na briga pelo título do Brasileirão.



  • VINICIUS TOLEDO

    O Flu está muito forte para brigar pelo TETRA! Vejo o Flu, Vasco e Galo com pontuações espetaculares neste momento, se analisarmos o mesmo período (15 rodadas) dos campeonatos anteriores. Acho que o caneco está começando a querer ficar somente entre estes 3 times. Que seja do FLU!!! TETRA!!!

  • fernando bastos

    Ainda falta botar os pés em cima do sofá. Deveríamos continuar jogando em São Januário, ao invés de viajar até Volta Redonda. Pena a torcida não ter comparecido. Foram os mesmos que vão no Engenhão. E agora, Torcida Tricolor, quando é que vamos prestigiar os nossos guerreiros?

    • Antonio Borges

      Pensando assim, é melhor jogar no Raulino, pois lá mesmo o jogo sendo á noite a casa está sempre cheia… Publico certo.

      Muito bacana esse blog do Lance, ao contrário do Marcelo Janot (Globo.com) que faz criticas até bastante inteligentes e pertinentes, mas de maneira agressiva e constrangedora como no caso do He man em que ele classifica o jogador como dispensável (concordo) porém de uma forma bastante deselegante e tornando o profissional motivo de chacota!

  • Julio Cezar de Carvalho

    Decepcionante a participação da torcida tricolor, menos de quatro mil pagantes em São Januário pra acompanhar um time que é o terceiro colocado no campeonato mais difícil do mundo, contra um dos maiores clubes do Brasil, o São Paulo, e um dos concorrentes direto ao título.
    Eu só lamento não morar na cidade do Rio de Janeiro para poder acompanhar de perto o meu time de coração e assim ajudá-lo nesta caminhada tão difícil.
    Não existe argumento que justifique a ausência da torcida que é reconhecidamente nacionalmente como uma das de maior poder aquisitivo no Brasil.
    Este afastamento tem nome e sobrenome: Comodismo Coletivo.
    E o pessoal do Rio de Janeiro ainda reclama quando o jogo vem aqui pra Volta Redonda, mas pelo menos aqui um clássico deste, num momento como este, não teria menos do que dez mil pessoas no estádio.
    Saudações Tricolores!!!

  • O FLUZÃO ESTÁ DEMOSTRANDO, O PORQUE É UM SERIO CADIDATO AO TITULO, DE 2012. MESMO COM O TIME TODO DESFALCADO, GANHOU MAIS UM JOGO.EU TENHO PRÁ MIM QUE A LIDERANÇA É QUESTÃO DE TEMPO. E A LIDERANÇA VAI VIM NA HORA CERTA, PRÁ CIMA DELES FLUZÃO.

  • RONALDO

    Realmente não dá para entender a torcida do Fluminense.O que pretendem? Que comodismo! Exigem muito e dão pouco.

MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo