Os desfalques ajudaram!



Boa noite, pessoal…

Aqui está minha visão do Fluminense após a vitória suada e merecida sobre o São Paulo, a ser publicada nesta quinta-feira no diário.

“A sorte do Fluminense no Brasileirão poderia ser outra se atuações como a desta quarta-feira se repetissem mais vezes. Um time mais leve, mais compacto e bem mais disposto foi visto em campo. Consequência dos desfalques, que acabaram reforçando o Tricolor no Morumbi.

De saída, a grande aplicação dos cariocas na marcação pode ser interpretada como a confirmação de que a relação do treinador com o grupo é realmente boa. Os jogadores pareciam correr pelo comandante, perigosamente na berlinda em caso de nova derrota.

Entretanto, a dificuldade imposta ao São Paulo foi decorrência de algo maior do que apenas a necessidade de garantir o cargo de Abelão. O técnico deu sorte com a ausência de última hora do lateral-esquerdo Carlinhos. Isso porque foi obrigado a jogar Edinho para a zaga e escalar Marquinho de ala pela esquerda. Deu certo.

Sem a bola, o Fluminense atuou no 3-6-1, com Ciro reforçando o meio e a marcação na saída do São Paulo. Algo que seria impossível, caso Rafael Moura não estivesse suspenso. Sem a pouca mobilidade característica do ataque tricolor quando He-Man atua ao lado de Fred, Lanzini teve mais opções com quem tabelar e mais liberdade para chegar à área. Foi assim que marcou
o primeiro gol. Foi assim que o time finalmente não foi tão dependente dos cruzamentos. Só para variar.

Sem forçar a manjada bola na área, fica mais fácil pegar o rival com as calças na mão. No segundo tempo, Fred recebeu livre o cruzamento de Mariano e só escorou para Rafael Sobis marcar o segundo. O destino conspirou a favor. Finalmente”

———————-

PS: Abel, na entrevista coletiva, disse que sentiu no domingo, em bate-papo com a diretoria, que estavam dispostos a demití-lo, mas que depois de checarem o mercado de treinadores, deram para trás. Francamente, qualquer um sabe que o problema do Fluminense não é, definitivamente, treinador.



  • crunabacus

    Puxa, lavou a alma! Ver o Flu jogar bem salva a semana inteira, não é mesmo? Parabéns a todos os jogadores do flu. Gostei do que eu vi, e me convenço cada vez mais de que, certos jogadores só jogam bem na pressão. É o caso de Fred (que voltou a ter o “f” maiúsculo, por enquanto) mesmo sem fazer gols desempenhou papel fundamental no resultado. Continua fazendo feses, pois recebeu o terceiro amarelo e ficará de fora da próxima partida contra o Atlético – go. Melhor assim, pois “um bom time ganha partida, mas um bom elenco ganha campeonato!”, e nosso elenco já vem sendo testado desde a fuga do rebaixamento de 2009, lembram? ST

  • Felipe Boechem

    Venho repetindo nesse blog constantemente que o lugar do Edinho é na zaga. Esta foi a principal mudança que o Abel fez na minha opinião. Concordo que outra alteração importante foi não escalar He-Man e Fred juntos. Não acho que o Marquinhos na esquerda seja melhor do que o Carlinhos. Carlinhos é titular neste time. Oxalá o Fred pare de dar respostas às críticas (merecidas por sinal) por meio de twiter e entrevistas, e sim em campo como fez ontem.

  • Boas tarde tricolores! Gente eu não entendo esse treinador do Corinthians, o cara é metido a falar difícil, aquela conversa mole nojenta e ainda vem falar de Flu e Fla, ele é igual ao Galvão Bueno, ninguém agüenta mais, saudações tricolores.

  • BoleiroRJ

    Realmente houve uma melhora significativa, mas o que pode-se observar é que o DIOGO está tendo uma função que os outros apoiadores não estavam conseguindo. Desarmar e utilizar os atalhos, coisa que no tutebol moderno é exigido nos jogadores de contenção. É simples, fácil de executar. Assim se transforma em apoiador surgindo como elemento surpresa. Resta saber se vão entender quando o time levar gol e for do lado dele a investida. Olha q tem gente querendo voltar na vaga dele. Vai ser ruim o Abel administrar isso e outras cositas más. Abç

  • João Carlos Ayres

    Aplicação tática foi o trunfo tricolor. Acabar com aquela bola manjada lançada na área de qualquer jeito. Olhe o Barcelona gente! Toca a bola. Os guerreiros estão de volta.

  • FãdoCiro

    Gostei também dá atuação do Flu ontem, só acho q o Abel não deve colocar o Ciro no banco de novo,ontem ele não jogou bem… Mas eu gosto do futebol dele des dá época do Sport, acho que se ele ter uma sequência de jogos pode ajudar muito o problema de gols do ataque do Flu. Só lembrando ele fez 2 na estreia dele (povo parece q esquece).

  • Pedro Rebello

    Que o lugar do Edinho é na zaga posso ate concordar, mas ainda prefiro a zaga que fomos campeoes Gum ,Euzebio e Diogo na sobra , agora o maior reforço foi a saida do Marcio Rozario… manda pra china esse ai !!!

  • Palestrino

    Só tem viado nesse chat. Vou colar no Blog do Verdão q é mais maneiro!

    • Tricolor

      Oh Boyola, o que você esta fazendo aqui. o Seu lugar deve ser nas esquinas da Paulista, Rua Augusta, etc.

  • Ronaldo

    O Fluminense jogou fechado, marcando a saída de bola, sem vergonha de usar a retranca quando necessário, isso é que fez a diferença, o importante num campeonato de pontos corridos é vencer, ainda que por um gol apenas. O Flu tem continuar assim mais retrancado que a coisa vai.

  • Meu querido Bruno TRICOLOR DE CORAÇÃO… Seu comentário bate com o que foi a realidade do jogo. Porém, quando você termina o texto, afirma que o problema do Flu não é o treinador. Respeito muito o Abel, mas ele está devendo sim. Não adianta insistir com Fred e He Man juntos os 90m. Eles têm o mesmo estilo, apesar da qualidade técnica de um ser superior a de outro. Como você mesmo disse, o Flu só jogou como ontem, porque o R Moura não estava. Outra coisa: como você mesmo destacou, não fosse a inesperada ausência do Carlinhos, o Abel não teria escalado o time como escalou. Dito isso, só posso acreditar que o time não teria vencido se as circunstâncias não tivessem obrigado ao Abel fazer alterações que normalmente não faria. A meu ver, valeu pelos três pontos. Valeu sob o ponto de vista de ter mostrado ao Abel que há caminhos melhores para ele escolher para o time trilhar, mas, nada de foguetório, é muito cedo ainda. Vamos ver como o time se sairá diante do Dragão que vem voraz por aí… ST.

  • Tomara que esse marcio rosario nao volte, e o lugar do Edinho realmente e na zaga,do contrario vomos voltar a levar bambu.sds tricolores

  • Afinal os clubes são ou não são ” CO_IRMÃO ” o que você acha ?
    Você acha correto o Fluminense atravessar o négocio do Palmeiras com o Martinuccio, eu acho que
    os clubes deveriam ter um pouco de união e se ajudarem mutuamente, caracas meu , desde de criança eu sempre fui torcedor do Fluminense no Rio desde dos tempos de Cafuringa, Samarone, Féliz, Carlos Alberto Torres, em São Paulo sempre fui Palmeirense, estou decepcionado com o Flusão nesse negócio de atravessar contratação, eu não concordo com isso . pronto falei…

MaisRecentes

Torcida única – Qual deve ser a posição do Fluminense?



Continue Lendo

Fred será protagonista em mais um Fla-Flu?



Continue Lendo

Vale apostar em Enderson Moreira?



Continue Lendo