Virou batalha: New Balance vai à Justiça para travar acerto entre Liverpool e Nike



Está iniciada uma batalha nos bastidores entre a New Balance e a Nike pelo fornecimento de uniformes do Liverpool. Na última segunda-feira, o jornal inglês “Mirror” noticiou que a Nike tinha chegado a um acordo com os Reds para vestir o clube a partir da temporada 2020/2021. Outro jornal inglês, o “The Telegraph”, também cravou o acerto. No entanto, uma novidade publicada pelo site “The Athletic” revela um entrave na questão: a New Balance vai recorrer ao Tribunal Superior de Londres para seguir no Liverpool.

A New Balance alega que no seu contrato com o Liverpool, que vai até junho de 2020, há uma “cláusula de oferta correspondente” e que ela não foi aplicada para a apreciação da empresa. Explicando: basicamente, se alguma outra fornecedora fizesse uma proposta aos Reds, a New Balance poderia igualar o valor e seguir no posto. No entanto, Liverpool e Nike se acertaram sem levar em consideração tal questão. Por conta disso, a New Balance está levando o caso para a Justiça inglesa.

Atual uniforme 1 do Liverpool, assinado pela New Balance (Imagem: Divulgação)

O Liverpool, por sua vez, já tem a defesa montada para ficar com a Nike. Para o clube, ofertas da Nike e da New Balance jamais seriam “correspondentes”, pois a Nike tem uma presença maior nos principais mercados do mundo. Assim, como supostamente a New Balance não poderia oferecer o mesmo tipo de rede de distribuição global que a Nike possui, não haveria correspondência vinculativa entre os níveis de proposta.

O fato é que o Liverpool já sabe que a insatisfação da New Balance terá desdobramentos. Um porta-voz ligado ao Liverpool admitiu: “Podemos confirmar que nosso fornecedor de kits, New Balance, iniciou uma disputa legal contra o clube. Não faremos mais comentários durante esses procedimentos legais”.

Diante do tamanho do imbróglio, é possível que uma definição sobre a fornecedora do Liverpool para 2020/2021 fique apenas para o começo do ano que vem.

O contrato atual do Liverpool com a New Balance rende 45 milhões de libras esterlinas (R$ 233,7 milhões) por ano ao clube. Já a oferta da Nike atingiu valor aproximado a 75 milhões de libras esterlinas (R$ 389,6 milhões) para os Reds por temporada.



MaisRecentes

Bahia vai leiloar camisas ‘manchadas de óleo’ e doar dinheiro para limpeza de praias



Continue Lendo

Botafogo ficará com 38% de royalties em cada camisa vendida, afirma jornalista



Continue Lendo

Nova camisa 1 do Real Madrid terá detalhes em rosa e ‘visual de tigre’ nas mangas



Continue Lendo