Clube que já foi o maior de Paris, Red Star ‘cutuca’ moda das camisas 3 em campanha



Atualmente no Championnat National, a terceira divisão da França, o Red Star já foi o principal clube de Paris. Fundado em 1897 por Jules Rimet, que depois foi presidente da Fifa, o Red Star tem cinco conquistas de Copa da França. Agora, o clube voltou a chamar a atenção, mas por uma ação de marketing: a “camisa 3” natural em cada torcedor.

No contexto de que o Red Star hoje é um time de torcida pequena e engajada em valorizar as tradições do futebol, o clube decidiu “cutucar” a moda das camisas 3 e criar uma ao seu estilo. A “camisa 3” lançada pelo Red Star é uma tatuagem, para colocar no peito. A ideia, assim, foi valorizar o torcedor, mostrando que sua pele é a terceira camisa.

A tatuagem, que é temporária, foi colocada à venda no site do Red Star, pelo valor de 50 centavos de Euro (R$ 2,20). O site também oferece as camisas 1 e 2 do clube, cada uma por 80 euros (R$ 357). O Red Star usa uniformes da Adidas.

(Imagem: Divulgação)

(Imagem: Divulgação)

A ação também visa amenizar a relação da torcida com as camisas atuais. Na ocasião dos lançamentos, em junho, os torcedores reclamaram da falta de uma camisa com verde e branco, as cores do clube. A atual camisa 1 é verde e preta, enquanto a camisa 2 é rosa.



MaisRecentes

Game Fifa 20 lança uniforme virtual com temática de combate ao racismo



Continue Lendo

No Equador, LDU lança camisa especial para apoiar o Outubro Rosa



Continue Lendo

Coleção assinada pelo jogador da NBA James Harden é lançada no Brasil



Continue Lendo