Camisa ‘insana’ de time inglês poderá ser usada em campo? Desvendamos a questão



Na última quarta-feira, o Huddersfield Town (ING), time rebaixado para a Segunda Divisão na Premier League na última temporada, tomou as manchetes ao redor do mundo após lançar uma camisa titular inusitada para a temporada 2019/2020. A peça apresenta uma enorme publicidade da casa de apostas Paddy Power. Chegamos, aqui, a levantar a possibilidade de ser uma brincadeira para atrair os holofotes da mídia. Agora, fomos a fundo pesquisar o regulamento da Football Association e chegamos a seguinte conclusão: a camisa não é real.

A camisa apresentada pelo Huddersfield Town (Imagem: Divulgação)

A Football Association, que organiza a Segunda Divisão inglesa, tem regras definidas sobre o tamanho da exposição de patrocinadores nos uniformes. O tipo de publicidade apresentada pelo Huddersfield Town não está entre os modelos permitidos.

VEJA AS REGRAS

O patrocinador do Huddersfield, anunciado pelo clube há três dias, é famoso por pegadinhas na internet e formas inusitadas de publicidade. Em 2012, o dinamarquês Bendtner mostrou uma cueca com o nome da empresa após comemorar gol na Eurocopa.

A camisa apresentada pelo clube, então, não será usada nos campos. Ao que tudo indica, a faixa diagonal será retirada da versão de jogo.



MaisRecentes

Jornal inglês crava acerto entre Liverpool e Nike; saiba detalhes do caso



Continue Lendo

Penalty sorteia dia com Falcão e Amandinha para o Dia das Crianças



Continue Lendo

Peñarol revela camisa comemorativa que faz releitura de uniforme de 1905



Continue Lendo