Jorginho evoluiu e surpreendeu a todos no primeiro ano no Vasco



Fala, pessoal!

Jorginho surpreendeu a todos com o seu desempenho no primeiro ano como técnico do Vasco. Antes de sua chegada a São Januário, confesso que eu era uma das pessoas que não esperavam que ele iria ir tão bem. Prova de que ao longo da carreira de treinador conseguiu evoluir, aliado a ter encontrado no Vasco um grupo unido e capaz de desenvolver um trabalho que alegra a torcida.

Me arrisco a dizer que se não fosse Jorginho, o Vasco não teria ficado com uma invencibilidade de praticamente oito meses. Ponto, aliás, surpreendente no futebol. Dos 12 meses que está no clube, apenas em quatro que sofreu derrotas. Por ter sido um jogador de sucesso, conhece o ambiente e o conquistou, contando com sorte pela experiência (como por exemplo as substituições que evitaram derrotas). A marca ficará anotada em sua carreira por toda a vida.

Credito boa parte deste sucesso de Jorginho no Vasco a Zinho, seu auxiliar-técnico. Os dois formam uma dupla e tanto na comissão técnica em São Januário. Um ajuda o outro e assim o time fica perto da perfeição. Outros clubes perceberam este seu sucesso e tentaram levá-lo, como o Cruzeiro, e ele preferiu seguir no Vasco. Um agradecimento ao clube que o confiou um trabalho em um momento difícil, quando ninguém acreditava que tinha potencial.

Os presentes de aniversário para Jorginho estão para vir no fim do ano. O retorno do Vasco à elite do futebol brasileiro está praticamente garantido. A Copa do Brasil, seguindo a batida, também poderá vir.

Até a próxima!



MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo