Estreia com pé direito, mas muito a melhorar



VISÃO DO EDITOR

Se a primeira impressão é a que fica, o torcedor vascaíno vai sofrer um pouquinho em 2015, tanto no Carioca quanto no Brasileiro, que, agora, é da Série A, simplesmente a elite. Para comemorar vitórias, esse torcedor dependerá de lampejos individuais, como o de Montoya em passe para Bernardo marcar, e de sorte para a bola desviar e entrar no gol, como o assinalado por Marcinho. Seria isso um simples resumo do triunfo (2 a 0) sobre a Cabofriense, neste domingo, no Moacyrzão, em Macaé.

Mas como se tratava da estreia no Estadual, dar-se tempo e um pouco de paciência ao trabalho da comissão técnica vascaína, comandada por Doriva. Ao menos, uma coisa ficou clara. Muito bem clara para todos: será preciso inúmeros ajustes, da lateral direita ao ataque.

É preciso que o torcedor  não se engane com o lema “bom, bonito e barato” empregado pela diretoria e não caia no conto de que a equipe já está formada para brigar por títulos. Como já disse, muitos ajustes devem ser feitos. Mas isso é com o Doriva. Está lá para isso.

Aos 20 minutos, a tônica do que foi o primeiro tempo do Vasco: Montoya, totalmente livre dentro da área, mandou a bola quase do lado de fora do estádio Moacyrzão.

Pois bem, não só entrosamento falta ao Vasco versão 2015. Assim como em 2014, falta uma referência no meio de campo para controlar o jogo e no ataque para assustar os adversários. No primeiro tempo, nenhum apoiador assumiu o posto e, na frente, Rafael Silva sozinho não dá.

Parada para o intervalo. Foi quando Doriva indicou as melhores aberturas na defesa da Cabofriense. Aos sete minutos, primeira boa jogada de Montoya no jogo e Bernardo ficou tranquilo para finalizar de pé esquerdo. Alívio, e que alívio!.

Bernardo, verdade seja dita, chamou a responsabilidade no segundo tempo e passou a ser a tal referência. Mas de tanto de movimentar pelos cantos do ataque, cansou. Viu-se aí, que, se tiver a cabeça no lugar, vai dar caldo mais à frente.

Aos 35 e 36, Fabrício Carvalho e Gilcimar, assustaram a meta de Martin Silva, deixando claro que a defesa não inspira total confiança. Mas a sorte estava ao lado do Vasco. Aos 44, em chute de Marcinho, que desviou em Lenon, vitória com pé direito, por 2 a 0.



  • Filipe Almirante

    Sufoco passaremos com esses refugos contratados ,mas ao contrario dos euriquetes apoiaremos o nosso Vasco !

  • ODILON SILVA = RJ

    Bota melhorar nisso.

  • JC

    O Vasco que venceu a Cabofriense é bem melhor que o da série “B”. Joga rápido, chuta a gol, tem bons laterais na esquerda e direita, meio de campo combativo, mais velocidade, e sem o preciosismo de Douglas e Kleber que se foram sem deixar saudades. Na frente, além dos atacantes que estão jogando temos o Marquinhos, Yago, Thales e Gilberto que, se for contratado, irá completar um ataque eficiente. Contra o Fla e S. Paulo observei que o time tem pegada e não será fácil vencê-lo. Um time em formação que faz frente a Flamengo e S. Paulo, times de peso, merece nosso apoio. Acredito que a diretoria trabalhou dentro dos limites financeiros do clube e os atletas bem escolhidos, bem como o treinador. A primeira impressão foi boa, veremos no seguimento dos jogos se o time confirma a boa impressão do 1º jogo.

  • DOUGLAS CRUZ – RJ

    JC, não esqueça que jogar a segunda divisão é altamente desmotivante, sem falar que o time vascaíno era a equipe a ser batida. Não podemos esquecer também , que no ano passado o clima interno em São Januário era poluído pela política, guerras interna pelo poder o que dificultava prática de um bimestre futebol. Ainda assim chegamos na final do carioca, só não fomos campeões, porque fomos garfados por essa federação. Não se iluda porque o time vascaíno perdeu de pouco nesse torneio em Manaus, a superação, dedicação, luta, geralmente são as armas dos destelhados de técnica.

  • Bater times sem tradição tem que ser treinos, quero resultados em cima de framenguis, fruminensis e botafuguensis e comemorar CANECOS!

  • Não vamos nos enganar vacaínos, foi apenas uma vitória sobre um time pequeno e que não deve subir pra cabeça. Estamos no caminho certo? Acho que sim, porém precisamos de pelo menos três reforços pra impor respeito aos adversários e segurança/tranquilidade para o torcedor. Sugiro alguns nomes: Kiesa (atacante), Rony (meia-tava na Ponte Preta ano passado), Max Biancout (atacante-tava no Bahia) e Jorge Henrique (meia-tá no Inter). Por fim, acho que não dá pra insistir com Montoya (ele é muito fraco).

  • Estou contigo J C !
    sdv !

  • Mesmo que o

  • Mesmo que o Vasco ganhe de todos ,ainda veremos torcedores dizendo que o time não é bom,que não joga bem,etc;afinal,vocês estão com o Vasco ou contra o Vasco?Vi o jogo do Vasco e vi que o time realmente precisa de alguns ajustes,mas os jogadores são guerreiros,lutam do princípio ao fim.,podem até não serem considerados claques,mas são bons e merecem crédito.Eu confio no Vasco e em seu elenco,que pode até não ter estrelas famosas,mas tem jogadores de BRIO e q

  • Vontade não faltou,precisa ajustar as coberturas que ta fraca,mas ainda sim esse time é mas rápido do que o do ano passado.Thalles tá fazendo falta,o Lucas ten que se soltar mais tá muito preso,bom esse Serginho,vai bem no desarme e ataca com a mesma eficiência. Agora Montoya…… já deu!!

  • jose b silva

    Temos sim um time mais organizado!precisamos ainda de um lateral melhor que o jean patrick e ainda somos carente de centro avante , um especialista que imponha respeito e segure a defesa adversária e jogador de velocidade e que seja um bom marcador. Não somos tão inferiores que os 3 grandes fla, flu e bota.temos 3 a 4 joias na base .Acredito que logo teremos um time com 70 a 80 por cento formado na colina. Precisamos fazer um sócio torcedor forte.somos vasco, nem Eurico nem Roberto , , simplesmente somos vasco.

  • O Montoya pode até não estar sendo muito eficiente no ataque,mas tem ajudado muito a defesa e como tem corrido em campo!!.Mas tenho uma ressalva:O gool marcado pelo Bernardo contra a Cabofriense,surgil de uma tomada de bola,seguida de uma jogada espetacular e um passe preciso do Montoya e isso ninguém pode tirar o mérito dele.

  • Tem uma musica que diz:MADUREIRA CHOROU,CHOROU DE DOR e hoje a musica vai fazer sentido,porque o Madureira vai chorar e muito,porque o Vascão vai arrebentar.

MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo