Meio e ataque? Para frente é que se joga



torcedor vascaíno parece ter entendido que não dá para exigir genialidade de onde falta qualidade de material humano. Mas, mesmo assim, o time que o Vasco tem é suficiente para se impor contra qualquer adversário na Série B. E não poderia ser diferente ontem,  em casa, e contra o Boa. Muito menos estando o time mineiro tão desfalcado, convenhamos.

A verdade é que com Dakson no lugar do suspenso Guiñazú, e não a simples troca de volantes (que poria Aranda no time), o Cruz-Maltino teve mais volume, mais trocas de passes perto do gol adversário. Por quê? Porque tinha mais jogadores chegando no ataque. Mais talento para criar, menos para marcar o adversário.

É claro que isso pode gerar alguns sustos, como gerou. Mas não se pode ter medo de atacar! Por mais que não estivesse tão avançado quanto Douglas no losango do meio-campo (que tinha Fabrício mais recuado e Pedro Ken à esquerda), Dakson, pela direita, desafogava Douglas, e permitiu ao camisa 10 rodar pelo gramado.

E quem diria que Edmilson – aquele mesmo, artilheiro do Carioca, mas preterido neste segundo semestre – entraria no intervalo no lugar de outro volante. Quando foi que o leitor viu Joel Santana tão ousado? Pois é. Torcida apoiando, três atacantes, dois meias. Era necessário mesmo ter o máximo de força ofensiva presente. Uma hora o gol tinha que sair.

E o gol saiu. A falta cobrada do pé mais talentoso do jogador mais talentoso, com participação da dupla de zaga que tanto aparece na frente. Veem? A persistência aliada ao sopro de qualidade. Aberto o placar, até Montoya participou do outro gol. A tal qualidade não é realmente tão grande para o Vasco se dar ao luxo de não lutar até o fim. Entretanto, lutando até o fim, acesso e título certamente virão.



  • Jean Lins

    2 Pontos para que eu possa ressaltar aqui 1 – O Adversário já entrou em campo entregue deu 5 min de susto e só para um jogo com mais de 90 minutos o Vasco poderia até mesmo tirar um zagueiro que não sofreria sufoco. 2 – Matéria deveria deveria ser revista pois o jogo não foi ontem e sim hoje sexta 10 out.

  • ODILON SILVA – RJ

    Agora pegar duas pedreiras no nordeste, Santa cruz e América -RN, são seis pontos em jogo, o ideal seria ganhar os seis pontos,, agora se ganharmos quadro pontos, também ta bom. Outra vez à moçada lutou pela Vitória até o fim, valeu pela luta, pela determinação, manter o espírito, na fé rumo a conquista da vaga.

  • Valeu a persistência , a vontade de ganhar , time e torcida . AVANTE VASCÃO !

MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo