Seria uma injustiça o Vasco não vencer o Náutico



Joel Santana cedeu à pressão por escalar uma equipe mais ofensiva e abandonou o esquema com três volantes para o jogo contra o Náutico. Como era esperado, o Vasco teve maior presença ofensiva e apresentou um futebol bem melhor do que nas últimas partidas. A clara evolução colocou o time de volta ao caminho das vitórias e aliviou a pressão na Série B.

Foi a primeira vez que o treinador não utilizou os três volantes, em quatro jogos sob o comando da equipe. E a opção surtiu efeito logo no início da partida. Ao contrário dos últimos jogos, quando havia um hiato entre a defesa e o ataque, o meio de campo funcionou, manteve a posse de bola e até criou chances de gol. Nenhuma muito clara, mas já foi uma nítida evolução em relação às partidas anteriores.

Mas, como todo bom roteiro tem que ter uma dose de emoção, um gol praticamente “achado” pelo Náutico, após pênalti claro cometido por Martin Silva, quase destruiu aquela que vinha sendo uma das melhores atuações do Vasco na Série B. Seria uma enorme injustiça a vitória não vir, mas não foi o que aconteceu.

Os gols de Dakson e Kléber, ambos em jogadas iniciadas por Thalles, coroaram a boa atuação do Cruz-Maltino, sobretudo na etapa inicial, e deixou a torcida, que compareceu em bom número em São Januário mais uma vez, animada não apenas com o resultado, como pelo futuro da equipe na Segunda Divisão.

O resultado, inclusive, deixa o Vasco em situação pouco mais tranquila na competição. Ao invés de sair do G4, como aconteceria em caso de derrota, o time de Joel Santana está na quarta colocação, com 40 pontos, apenas três atrás do líder Joinville.



  • Vi o jogo do Vasco contra o Náutico e seria uma injustiça se não tivéssemos ganho a partida;mas uma coisa ficou bem clara:O ataque do Vasco erra demais na hora do chute a gol e esse fundamento tem que ser melhorado para que as oportunidades surgidas não sejam desperdiçadas de maneira tão bizarra.

  • Concordo ! Agora , temos dificuldade na pontaria , já na saída do primeiro do primeiro tempo , o placar deveria estar folgado . Avante Vascão !

  • Marco Aurélio Schramm Ribeiro

    >Concordo que o ataque do Vasco erra demais na hora do chute a gol…
    >Dá agonia assistir uma transmissão em que se verifica que os caras erram demais na conclusão das jogadas, tanto nos chutes a gol como por meio de cabeçadas a gol…
    >As conclusões estão sendo realmente bizarras…
    >Esse fundamento básico tem que ser melhorado para que as oportunidades surgidas não sejam desperdiçadas de maneira tão bizarras, como tem ocorrido ultimamente, principalmente como foi neste primeiro tempo do jogo de sábado contra o Náutico..

  • carlos galvao penedo

    O vasco como time grande não pode jogar com times inferiores tecnicamente,com 3 volantes,que não sabem atacar,e defendem muito mal,salvando apenas o Guinazu que marca bem,porém, dá muitos carrinhos desnecessarios.E o ponta do Ituano,porque não joga,ele é rápido e habilidoso

MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo