Classificação que traz tranquilidade



Os jogadores do Vasco estão acostumados a sentir pressão. O time já chegou para temporada 2014 com a obrigação de subir. No Estadual, veio a frustração pela perda no título, que não vem desde 2003, e a pressão só aumento. O início na Série B, com um empate, em casa, e uma derrota para o desconhecido Luverdense aumentaram a desconfiança. A primeira vitória na competição veio no sábado, sobre o Atlético-GO, mas, ainda assim, o time entrou pressionado para o jogo de ontem, contra o Treze (PB). Não houve vitória, sequer grande exibição, mas classificação traz tranquilidade.

Isso porque, como o duelo contra a Ponte Preta só será realizado após a Copa do Mundo, a equipe pode voltar todas as suas atenções para a Série B até a paralisação dos campeonatos para a competição de seleções.

Apesar da classificação, nem tudo foi festa na noite de ontem, pois o Vasco passou por alguns sustos.  O desistendimento entre o zagueiro Luan e o goleiro Martin silva, que resultou no  gol da equipe paraibana, foi um exemplo dos problemas. Porém, após a expulsão de Fernandes, o Treze não teve mais forças e o Cruz-Maltino retomou o controle da partida.

Mesmo com a classificação, o time ficou defendo uma atuação à altura da festa de seu torcedor, que só poderá retornar ao estádio de São Januário dia 19 de julho.



MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo