Perdeu o título, mas merece aplausos



*Texto do repórter Alexandre Araújo

Não deu, infelizmente! Mais um tropeço em finais para o maior rival. A decepção no lado vascaíno do Maracanã era visível. Não se pode negar que o regulamento favoreceu o Flamengo, a vitória estava nas mãos, mas escapou. Escapou de uma maneira dolorida, escapou após a torcida acreditar, após a torcida vibrar, após o título estar muito perto.

O time foi guerreiro, jogou melhor e abriu o placar. Mas o futebol, nem sempre, é justo. Uma bola sobrou na área e a conquista mudou de lado. Adilson, com os desfalques que tinha, conseguiu cumprir o papel e fazer pressão. A equipe demorou a se encaixar, é verdade, mas depois deu trabalho a defesa rubro-negra. O pênalti convertido por Douglas encheu de esperança os cruz-maltinos. Mas não foi suficiente para desbancar a vantagem do Fla. Restaram as lamentações.

Agora, o time tem de focar na Copa do Brasil. Chegar à final do Carioca mostrou que força tem. Logicamente que está longe de ser um dos favoritos. Mas de uma coisa não se pode reclamar: vontade. E isso o Vasco teve nos jogos finais. Força para compensar as deficiências de um elenco que aceitou o desafio de vestir essa camisa em um ano que promete ser complicado. Não fosse a força de vontade, não teriam chegado tão perto do título. Hoje é segunda-feira. O Carioca acabou e agora é continuar o trabalho, pois a temporada não será nada fácil. Aplausos por ter chegado à final e disputado de igual para igual. Lamentos por não ter conquistado.



MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo