Jogar limpo é bem mais digno



Sabe nada!!! Vão dizer alguns. Mas vos digo, sabemos tudo. Ou quando não sabemos, vamos atrás da informação. Esse é um dos princípios do jornalismo. Não estamos aqui para atender os interesses de A, B ou C e muito menos sermos pautados por eles. Estamos aqui para informarmos aos nossos leitores o que se passa dentro, fora, ao lado – e seja a posição que for – do Vasco. E, devido a este respeito aos apaixonados torcedores, fomos atrás do que se passou no treinamento de ontem em São Januário, pois a imprensa foi proibida de assistir (liberada somente nos últimos 20 minutos).

Ora bolas, se quer fazer treino secreto que vá para o CT de Itaguaí. Fazer isso em local de grande movimento é passar recibo de ingênuo. Só que de ingênuos eles não têm nada. O treinador, com o aval da diretoria executiva, tem todo o direito (e dever) de fazer o que acha melhor para o time. Mas o L! fez o que acha certo para os seus leitores, trazendo a informação fresquinha.

Aliás, a relação com a imprensa poderia ser mais limpa e sincera, do tipo: “Pessoal, vamos fechar o treino por isso ou aquilo…” Tenho certeza que a vontade seria respeitada. Mas, quando se tem uma predisposição para barrar entrevistas e tentar controlar as ações dos repórteres, é camuflar uma suposta democracia. Tão feio isso. Justo o Vasco, clube também visto por quebrar paradigmas. Só esquecem que a instituição fica, mas técnicos e diretores passam, assim como jornalistas. Só o Vasco é eterno!



MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo