E se tivesse jogado mais contra o Corinthians?



A atuação de Felipe contra o Náutico, nesta quarta, foi mais uma prova do que todos já sabem (ou deveriam saber): ele é um gênio. E olha que o elenco cruz-maltino tem jogadores de qualidade como Juninho e Diego Souza. Mas gênio, no sentido mais genuíno da palavra, somente este marrento camisa 6.

Partindo deste ponto e abobalhado com mais um desfile de bom futebol, fico aqui pensando. Na verdade, apelando mesmo, covardemente, para a velha máxima do derrotado, a do “se”.

E  “se” Felipe tivesse jogado mais tempo nos dois jogos contra o Corinthians? Será que a história nas semifinais da Libertadores seria outra?

Vamos aos números. Na primeira partida, em São Januário, jogou apenas 19 minutos. Na segunda, no Pacaembu, 45. No total, 64 minutos de talento dos 180 do duelo.

Claro que, depois que o resultado já aconteceu, ficar levantando suposições é algo leviano. Onde quero chegar é, simplesmente, no fato de que abdicar de Felipe é algo, no mínimo, corajoso.

Não sei quem deve sair e o que deve ser mexido, minha única certeza é que o Vasco de hoje é Felipe e mais dez. Ah! E com ele na meia, ok?

Saudações!

Bruno Braz
(Setorista do Vasco para o LANCE!)



  • pedro henrique

    Para de colocar lenha na fogueira cara.

    Ja passou, o vasco perdeu o jogo para os GAMBAS porque não foi ousado, e teve medo.
    os dois times tiveram medo, de atacar.
    Sofremos um gol aos 42min do segundo tempo.

    passou bola pra frente, vc deve ter mais coisas interressantes para escrever.

    sds

  • LEO

    FALA SÉRIO !!!! NUNCA VI O FELIPE JOGAR TANTA BOLA, NEM NA ÉPOCA DO FLORSINHA E DA MULAMBADA… CONCORDO PLENAMENTE, HOJE NO VASCO É FELIPE E MAIS DEZ. VOU TE FALAR MESMO COM IDADE AVANÇADA PARA FUTEBOL, ELE SERIA TITULAR ABSOLUTO DA SELEÇÃO, POIS GANSO E LUCAS NÃO ESTÃO JOGANDO NADA NA SELEÇÃO, SÃO JOGADORES DE CLUBE. INFELIZMENTE O VASCO NÃO TÊM TÉCNICO E SIM AUXILIAR, PERDEU A SULAMERICANA, BRASILEIRO, CARIOCA E LIBERTADORES E VAI ENTREGAR NOVAMENTE O BRASILEIRO, TEMOS TIME, MAIS NÃO TEMOS TÉCNICO. E TOMARA QUE O RICARDO NÃO VOLTE. PRECISAMOS DE UM TÉCNICO DE VERDADE, POIS ELENCO NOS TEMOS….

  • Luiz

    Eu diria que os único ‘se’ que valem a pena a ser considerado são: 1) o que ainda estar por vir e, 2) o que pode se repetir.
    O ‘se’ que carrega apenas a lamentação não ajuda em nada, trava o prosseguimento daqueles que valem a pena, das verdadeiras escolhas.
    “Se Felipe tivesse jogado mais tempo …”, “Se Diego Souza tivesse jogado por cima …”, “Se Fernando Prass tivesse pego aquela cabeçada…” essas conejcturas não ajudam de nada nessa forma, é preferível trocá-las por outras frases tais como “Felipe, você se empenhou muito no tempo em que jogou, e valeu!!! Na próxima vez, conseguiremos.”; “Diego, você tirou do goleiro e ele se esticou o máximo, deu sorte; na próxima vez vamos tentar tocar por cima e pular junto para entrar com bola e tudo”; “Fernando, não deu dessa vez, da próxima dará!!”
    Os jogos foram aquilo mesmo que vimos, não adianta ficar no se só para se lamentar; viramos a página e SE queremos estar de volta na libertadores do ano que vem façamos por onde!
    Sds CRVG

  • Luiz

    AH! E Corínthians não é Nautico, são níveis bem diferentes.

  • Jamerson

    claro q passaríamos, Felipe é um genio, é um jogador raro no futebol, deveria ser mais valorizado pelo Cristóvão Borges

  • Peruch

    Mais do que jogar mais tempo, ele deveria ter jogado o tempo que participou do segundo junto, com total liberdade, ou seja, no meio de campo. Que colocasse um outro zagueiro, ou volante na lateral e liberasse o Felipe.
    Juninho e Felipe precisam jogar…

  • ricardo mariano

    futebol nao é momemto? Tirando Neyma nao tem ninguem na seleçao melhor q felipe

  • Roberto Coelho

    O Felipe realmente joga muita bola. Mas não se esqueçam que ultimamente ele joga uma bela partida e umas dez razoáveis….se não forem péssimas.
    Concordo que time nós temos, o que falta realmente é um técnico de coragem.
    Um técnico que saiba mexer no time e mudar uma situação de uma hora para outra.
    Precisamos de um goleiro que nos dê segurança. O Fernando falha e muito e ninguém Vê isso.
    Quando precisamos dele ele falha. No gol do Corinthians ele poderia ter saido naquela bola.
    Agora mesmo contra o Náutico, o primeiro gol, falha dele.
    Precisamos de um zagueiro para jogar com o Dedé.
    Ou testar o que foi contratado.
    Precisamos sim de um matador….ah esse sim….se o Alec anda fazendo gols imaginem um matador nesse time.
    Uma pergunta:
    Por o Vasco não tenta o He-Man….
    Agora sem técnico nada feito.
    Ah…e o Felipe….realmente joga bola.
    Vamos esperar quando vai fazer uma bela partida de novo.
    Um abraço galera!!!!!

MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo