Marca do Corinthians, forte marcação será chave para triunfo vascaíno



Na primeira partida das quartas de final contra o Corinthians, em São Januário, o Vasco apresentou uma melhora significativa em sua marcação, no combate dos jogadores de meio de campo sobre os atacantes adversários.

Curioso é que essa é a arma do pegador time corintiano. Os volantes Ralf e Paulinho são fortes marcadores e apertam os criadores adversários, prejudicando a criação das jogadores. A dupla dificultou a crianção das jogadas vascaínas na Colina, mas Diego Souza, Alecsandro e Eder Luis conseguiram levar bastante perigo ao gol de Cássio.

Do outro lado, Rômulo e Nilton, ao lado da linha de defensores, teve um desempenho melhor que nas últimas partidas. Esse fato aparece nos números. O Vasco desarmou 34 bolas, enquanto o Corinthians roubou 23. Fagner foi o que mais desarmou – 9 vezes.

Na competição continental, entre os clubes brasileiros, o Timão é o clube com mais bolas roubadas. Ao todo, são 191 desarmes certos contra 172 roubadas de bola vascaínas.

– Desde o ano passado, no primeiro turno do brasileiro quando enfrentamos o Corinthians. Já notei, conversei com o Ricardo. O Corinthians sabe defender e começa a marcar no ataque. Eles são fortes e fazem isso já há algum tempo. Desde o início do último brasileiro. Por isso os bons resultados que eles estão tendo – afirmou Cristovão Borges em entrevista coletiva nesta terça-feira.

ESQUEMA TÁTICO:

A tendência é que o Vasco mantenha a escalação da primeira partida. Com isso, Rômulo e Nilton ficariam presos a marcação, enquanto Juninho seria o volante que faria a ligação com o ataque. Diego Souza seria uma espécie de segundo atancate, equanto Eder Luis voltaria na marcação pelo lado direito, dando apoio ao lateral Fagner.

Uma mudança, caso Cristovão tente surpreender o técnico Tite, seria optar por Felipe. Com o Maestro, que entraria no lugar de Juninho, o comandante repetiria a formação que deu certo na Copa do Brasil com o camisa 6 fazendo a ligação com o ataque.



MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo