Um sentimento que renasce



Por Felipe Mattos, vascaíno de Paraíba do Sul (RJ)

Domingo, após o jogo, eu percebi que muitos não entenderam o porquê de a torcida do Vasco aplaudir e cantar “É campeão!” mesmo com a derrota.

Pois bem, vou explicar.

Tenho 25 anos, minha família inteira é vascaína. Vou ao estádio desde criança, vi Roberto Dinamite, assisti o tricampeonato carioca de 92-93-94 no estádio, com apenas 8 anos. Pude ter o prazer de presenciar a vitoriosa equipe que ganhou tudo de 97 a 2000.

Tinha orgulho em dizer para os meus colegas de classe que nenhum havia sido mais vezes campeão que eu em vida (e era pura verdade, até os tempos de “vaca magra” chegarem), tive Edmundo como ídolo e Juninho como Rei.

Só que na última década tudo mudou. A famosa “Era Eurico” não só fez o clube amargar longo jejum de títulos, como vinculou de forma degradante, a imagem prepotente e arrogante do cartola e suas baforadas de charuto, ao clube centenário.

Com Eurico o Vasco findou. Viveu de Valdiran, Valdir Papel, Tadic, Allan Delon, Abubakar, Landu,entre outros que envergonhariam Ademir Menezes.

A torcida, até 2008, tentou se iludir, teve um ou outro lampejo de esperança, como na final da Copa do Brasil contra o Flamengo, mas no fundo, já não conseguíamos ver naqueles times, o Vasco que éramos apaixonados. Faltava muito mais que talento de jogador, faltava orgulho de vestir a camisa, faltava prazer, tesão.

O ano de 2008 foi marcante. A heróica derrocada do ditador-presidente devolveu aos seus torcedores um pouco de esperança, as coisas pareciam que iam melhorar.

Mas o estrago já estava feito. Sem omitir o despreparo com que nosso maior ídolo, Roberto Dinamite, assumiu as rédias do clube, mas com a certeza que era um destino eminente depois de tantos anos batendo na trave, caímos para a segunda divisão.

O ano da queda foi um dos que mais freqüentei o estádio. No último jogo, quando a torcida em total desespero rezou “Pai Nosso” em coro, me arrepiei dos pés a cabeça enquanto meus olhos marejados denunciavam o golpe.

Era o Vasco, o meu time de coração, humilhado em definitivo, obrigado a recomeçar, ou o que eu temia, se apequenar como outros “times lendas”, como América, Bangu…

O ano da subida foi o despertar de uma paixão para os torcedores. Acho que me tornei mais vascaíno do que nos tempos de glória. O time precisava de mim, eu me sentia parte daquilo.

Um marco foi o jogo contra o Ipatinga, no aniversario de 111 anos do clube, no Maracanã.

O Vasco, com Eurico, se acostumou a jogar apenas em São Januario, que com o fator negativo dos últimos anos ruins, convivia com baixas bilheterias. Isso de certa forma apequenou o clube, fez com que os mais jovens simplesmente não tivessem a oportunidade de ver o tamanho do Vasco e de sua torcida.

Com o Maracanã lotado de apenas uma torcida, com quase 80.000 presentes, O Vasco pode mostrar sua força, que foi determinante para o resto da competição. Meu pai, que não ia ao estádio há anos, foi ao jogo, numa clara representação dessa volta do amor dos seus torcedores.

O campeonato da segunda divisão não foi de forma alguma comemorado como um título, mas sim com o fim de um suplício, um alívio.

O Flamengo foi campeão da primeira divisão no mesmo ano, o que me dava uma sensação de estar disputando as coisas em um patamar que não era nosso.

O ano de 2010 revelou que as coisas ainda não seriam fáceis para a gente, com a dura realidade que na primeira divisão teríamos que melhorar muito se não quiséssemos voltar a sofrer como antes.

O tratamento que a imprensa destinava ao Vasco estava claramente modificado. Foram diversos e diversos comentários, no mínimo desrespeitosos, onde se discutia a validade ou não de o clube ainda ser chamado de grande.

Isso doeu. Doeu talvez mais que cair, pois intimamente todo vascaíno tinha a certeza da grandeza do clube e da torcida. Sem fazer grande barulho, pude perceber os vascaínos mais unidos, o amor (não a animação momentânea de quem está por cima) estava mais forte, de certa forma mais maduro.

Fomos pacientes. Lembro de ter a sobriedade de aceitar toda provocação dos adversários, sabendo que não havia como esconder os anos de amargura.

Depois do que passou, não adiantava simplesmente gritar aos ventos que era grande. Não havia sentido bater pé, discutir. Todos nós tínhamos no íntimo a certeza que a única forma de voltar era fazer com que voltássemos a ser temidos, no campo, onde outrora fomos vencedores.

O ano de 2011 começou trágico, parecia que o sofrimento recomeçaria. A meu ver, a saída do Carlos Alberto e do técnico PC Gusmão foram primordiais para a mudança, justamente por estarem atrapalhando o surgimento daquele que seria o maior trunfo do Vasco no ano…O grupo, a união dos jogadores.

A Copa do Brasil foi se tornando possível à medida em que passávamos de fase, vencendo adversários e a desconfiança da imprensa e até dos próprios torcedores.

Lembro da infelicidade do comentarista Milton Neves, que em tom provocativo, zombava dos vascaínos dizendo ser um time do passado como Bangu de Castor de Andrade e descredenciava o clube ao título. A busca pela polêmica era clara, mas é inevitável que se fique engasgado.

Fui a todos os jogos do Rio na fase final e, levado pela emoção, fui até Curitiba para assistir àquela dramática vitória. Assim como eu, era fácil perceber nos outros torcedores vascaínos que estávamos ali não só em busca de um titulo, mas sim para viver novamente uma emoção que há muito nos foi tirada. A emoção de disputar um titulo, o orgulho de vestir a camisa e torcer.

Com certeza foi o jogo em que mais chorei na minha vida. Quando o apito final decretou que éramos campeões novamente, em prantos eu via uma torcida se abraçar num misto de comemoração e redenção. Ali, entre vascaínos, ninguém precisava disfarçar o quanto sofremos para estar ali, nem segurar lágrimas. Era justo, justíssimo.

A festa da vitória, com os torcedores invadindo o aeroporto e acompanhando o trajeto do ônibus até São Januario foi uma surpresa para os outros, mas não para os vascaínos. A gente precisava daquilo, como uma declaração de amor, que não vem a público pela vaidade de ser admirada, mas pela incapacidade de se guardar numa caixinha um sentimento tão forte.

A volta do Juninho, ídolo incontestável da última geração vitoriosa, com a inédita demonstração de respeito e amor, ao exigir um salário simbólico, nos revelou uma relação entre jogador e clube que parecia não mais existir. Eu, na condição de torcedor, me senti honrado por tão bela demonstração de carinho. Ficamos todos “bobos”, com certeza.

Quando muitos já podiam se dar por satisfeitos, o time simplesmente surpreendeu. Com momentos épicos, como na goleada contra o Aurora ou a virada inacreditável contra o Universitario, o impossível passou a ser contestado e qualquer pessimismo derivado de anos de derrotas se esvaiu. A dúvida quanto à grandeza? O Vasco passou a ser tratado com respeito, de forma que até as provocações nas redes sociais, com as sempre criativas piadinhas criadas pelos torcedores adversários, passou a ser só mais uma prova que voltamos a incomodar.

Não há como negar que a disputa simultânea das duas competições fez com que o elenco sofresse um notável desgaste, mas ao se lançar com bravura pela conquista duas competições o torcedor finalmente se rendeu de vez ao time. O time simplesmente entendeu a alma dos torcedores, que mais do que troféu, queria voltar a ser grande e o ao enfrentar as adversidades de peito aberto, como fez, foi Gigante novamente.

Após o histórico jogo contra o Fluminense, com o gol no final, me senti extasiado, orgulhoso do papel que meu time fez.

Ah…já ia me esquecendo, perdemos os dois campeonatos…ou seria disputamos os dois? Enfim, parece que meu grande amor voltou ao seu lugar e títulos, sem a menor dúvida, são apenas questão de tempo.



  • Rafael Esteves

    Esqueci do lateral esquerdo rs. Precisamos de lateral esquerdo !!!

    • proctologista de bacalhau podre

      PARABÉNS!!!!!PELO VICE .PARABÉNS NOS DEIXOU ORGULHOSOS.

  • MAIKE – MANAUS/AM

    Parabéns Felipe, voce descreveu linha por linha o sentimento de todos nós vascaínos.
    Esse ano foi mágico pra todos nós, assim como vc assisti a todos os jogos do vasco na serie B, hoje podemos brigar de igual pra igual com qualquer time do Brasil e até do mundo.
    VASCO É VASCO, O RESTO É FISCO.
    Vamos com tudo em 2012.

    • Luiz

      Muito bem. Esse ano marcou o retorno do Vasco ao lugar de onde nunca deveria ter saído: O 2º lugar. Vice de novo. O sofrimento não pode parar.

  • Rodrigo Pereira da Silva

    Cara, só posso dizer parabéns por esse texto. Escrito com o coração, com alma de quem realmente tem o Vasco da Gama na pele.

    • paulo

      valeu .

  • Andre Rodrigues

    Nós vascainos somos diferentes, quanto mais tentam nos diminuir nós crescemos…..

    • Luiz

      Cresce até ficar em segundo! Vice de novo! O sofrimento não pode parar!

  • francisco frederick

    parabens Grande Felipe, faco das tuas palavras as minhas como um torcedor que aguentou por longos 8 anos a chacota de framerdistas… cara eu tenho muito orgulho de carregar essa cruz de malta no peito!

  • Oldair

    Parabéns cara por fazer parte do império do bem, este ano nosso time foi show só não fomos campeões do brasileirão pq já estave tudo acertado para o Corinthias (o império do mal paulista) ser campeão basta ver qtos caras deles estão no comando da CBF, para meu pensamento fomos campeõs sim como cantou a torcida pq dentro de campo fomos melhores lembremos qtos pênaltis não foram marcados a nosso favor (só contra o império do mal carioca foram dois) e nossos gols anulados por pura arnação, FOMOS CAMPEÕS SIM e faço votos q esta família de vascaínos cresça a cada dia PARABÉNS

  • Henrique

    Texto simplesmente magistral, é como em certa canção de uma de nossas organizadas que diz:

    “De todos os amores que eu tive és o mais antigo…
    Vasco minha vida, minha história, meu primeiro amigo…
    Quem não te conhece me pergunta porque te segui…
    Eu levo a cruz de malta no meu peito desde que nasci…
    E eu não paro, não paro não… A cruz de malta…
    Meu coração… Vasco da gama, minha paixão…
    Vasco da gama, religião…”

    Precisa dizer mais alguma coisa??? Rumo a libertadores de 2012 e consequentemente Tóquio, Vascoooooooooooooooooooooo

  • Izaias

    Parabens Felipe, voce descreveu como um verdadeiro vascaino.e você Oldair,foi bem claro em falar ,que o titúlo nos foi roubado descaradamente pelas arbitragens que so errava contra nós. O Corinthias devia mandar forjar uma replica da taça e dar de presente a comiçâo de arbitros

  • Jorge Luiz

    Muito orgulho de ler essa matéria….. Vascaino sempre…orgulhoso, respeitando o próximo, paz, democrácia, Roberto Dinamite, Pai Santana, e minha maior paixão… MINHA MAIOR PAIXÃO….VASCO DA GAMA…

  • celso nascimento

    Valeu Felipe, uma pena que os campeonatos da CBF são todos manipulados, ganha quem ela quer. tudo começou no jogo Vasco 1 x 1 Figueirense, com dois gols legitimos do Vasco anulados, se o Vasco vencesse seria lider, o Vasco era o clube que mais ameaçava o titulo dos paulistas. depois veio o gol legal do diego souza anulado contra o Bahia, a seguir veio o gol do elton anulado contra o Atl. MG, no ultimo jogo do turno contra o flamengo o penalty no bernardo, não marcado. tudo foi feito pra evitar que o Vasco não terminase lider no 1º turno.
    Veio o 2º turno e tudo recomeçou, gol do Elton anulado contra o Avai, penalty não marcado no Nilton contra o S. Paulo, gol legal do Diego Souza anulado contra o Santos, a rouballheira contra o Vasco era gritante todo o Brasil via, ai veio o jogo contra o fluminense, e logo aos 5 min o gol do Diego Souza legal anulado, eu falei !!! ate quando vão prejudicar o Vasco?
    ai veio o gol do Bernardo no ultimo minuto, pra calar os ladrões. A CBF ficou nervosa, ora estava tudo armado pra dar o titulo ao Corintians e vem o Bernardo e estraga tudo?
    Nos Vascainos ainda tinhamos um fio de esperança de vencer o flamengo com o mesmo juiz que nos prejudicou no 1º turno e o palmeiras vencer o corintians.
    Mais veio o golpe fatal. o mesmo juiz que não deu o penalty no Bernardo contra esse mesmo flamengo no 1º turno, não marcou o penalty escandaloso do Wiliam no Diego Souza. eu falei como pode ser escalado o mesmo juiz?
    Nesse momento eu tive a certeza que o MAL VENCEU. e que gastei meu dinheiro suado só pra ver essa sacanagem de pessoas corruptas que estão no poder.
    Faço uma sugestão a esses clubes que são sempre prejudicados como o Vasco, que se unam, manipulem resultados, façam jogo de entrega entre si, tudo pra derrotar esse poder da CBF, flamengo e corintians.

  • Ivan Medeiros da Silva

    Parabéns pelo texto. Eu acrescentaria que nosso sentimento, não para, nem diante da clara falta de vontade do Arbitro Perices Bassols, deixando de marcar duas penalidades máximas claras, uma em cada jogo contra o Flamengo, sendo responsável pelo vasco perder o campeonato para o Corinthians e entregando a vaga na libertadores para o Flamengo. Queira Deus que por trás desse fraco arbitro, não exista manobra de quem acredita que um dia o Eurico possa voltar ao Vasco. Como por exemplo, seus aliados espalhados nos meios futebolisticos, inclusive com poderes(FEFRJ, cOMISSÃO DE ARBITRAGENS ETC…)

  • o CLUBER DE REGATAS VASCO DA GAMA já agindo na reforma do gramado do ESTADIO DE SAO JANUARIO…e o ENGENHAO. ESTADIO OLIMPICO JOAO HAVELANGE vai ficar desse memso jeito ? será que ano que vemm vai continuar a mesma porcaria do gramado que foi reclamaçao por todos os jogadores…será que essa diretoria do BOTAFOGO vai ficar esperando o que , nao vai melhorar esse gramado nao aproveitando a ferias dos jogadores ? aii chega o ano que vemm a mesma ladainha os jogadores reclamando do gramado …

  • Hideraldo Dos Santos

    Caro amigo Felipe. Li e me emocionei pois ai está dito por você através de letras, todo o sentimento de um verdadeiro vascaíno. Sou Capixaba, mas nunca deixei de estar ai junto com meu Vascão, e com vocês, meus irmãos camaradas. Mesmo na serie B, eu acompanhava todos os jogos pela televisão e guando os jogos não eram televisionado para a minha cidade, eu os acompanhava pelo rádio. Quantas vezes fui humilhado por torcedores de outros times, mas nunca deixei de vestir a camisa do meu Vascão. Sempre tive orgulho de sair por ai vestido com o manto do nosso GIGANTE DA COLINA, por que sempre acreditei no potencial e na força do nosso Roberto Dinamite, mantendo sempre a esperança de que ele faria do nosso Vasco novamente, um time competitivo e vencedor. Não ganhamos os dois últimos campeonatos que disputamos, mas somos campeões pela garra e dedicação dos nossos heróis em campo. E pode ter certeza: na alegria ou na tristeza, na dor ou na felicidade, estaremos sempre juntos, torcendo unidos pelos laços que nos une a esse clube gigantesco chamado VASCO DA GAMA, por que ser Vascaíno é torcer com o coração.

  • Andre Coelho

    Belo texto! Mas, tentando justificar, explicar, acaba cheirando choradeira. Infelismente no Brasil, temos e sempre teremos a cultura de que o campeao é o unico a ter valor. Nao bem assim! sabemos! Mas, o que resta aos vascainos é se orgulhar do ano de 2011, com o sentimento de que faltou algo. e faltou!

  • Jubileu Vascaino

    como diz DICRÓ, ” Fez o sinal da cruz é vascaíno!”
    Eu amo esse clube demais. Não importa o quão mal ele esteja, meu orgulho nunca será ferido!!!!!!!

  • Mauricio – Juiz de Fora/MG

    Parabéns Luiz Guilherme Freittas… é por causa desse sentimento, que tanto nós torcedores como os jogadores que atuaram e atuarão no Gigante da Colina, gritamos dentro de nós: É CAMPEÃO!! Também por sabermos que daqui pra frente, os outros torcedores terão muito com o que se preocupar, pois o despertar não acaba aqui!!! Isso é só o começo de mais um capítulo que se escreve dessa linda HISTÓRIA CHAMADA CLUBE DE REGATAS VASCO DA GAMA!!! ATÉ MORRER!!!

  • Marcelo

    faço juz as palavras do felipe tenho 32 anos eu vi meu vasco ganhar tudo
    ñ tive q assistir vidêos p/ver algo e falo mais
    mesmo por tudo que o Vasco passou nunca baixei a cabeça pra ninguem sempre
    em discursôes com outros torcedoes de outros time fazia a seguinte pergunta
    quantas vezes vc viu o seu time ser campâo…rsrsrsr
    ai começava a falar as histórias que eu vivi e vivo até hj..
    pow é o maior orgulho que eu tenho é o que vc falou felipe…
    2011 mesmo perdendo vc ver o time ali correndo mesmo com o
    desgaste de ta disputando 3 campeonatos….e os caras
    vestindo a camisa é brincadeira o que esse time esse ano…
    mais vamos q vamos 2012 tenho certeza q vai ser melhor…
    ñ tenho duvidas disso SAUDAÇÔES VASCAINAS….

  • Luis

    Parabéns!
    Perdi a conta quantas repiadas eu dei lendo cada paragrafo. Parecia que eu estava lendo minha própria resenha.
    O mais importante é que o nosso sentimento nunca parou, pelo contrário, aumentou!

    VASCÃO 2012, o nosso ano!

  • Wendell Rodrigues

    lindo texto, descreveu o sentimento de todos nós vascaínos, parabéns amigo..

  • Felipe Mattos

    Juro que escrevi sem a mínima intenção de ser publicado. Escrevi para mim e ao final achei que deveria compartilhar, mas imaginava, no máximo, um debate pessoal.
    Muito obrigado, Luiz Guilherme, pela honra e obrigado a todos que elogiaram.
    Saudações vascaínas

  • Felipe Mattos

    Escrevi sem a mínima pretensão de que fosse publicado. Fiz porque estava com vontade de elaborar essas idéias e,l ao terminar, achei que poderia compartilhar. Imaginava, no máximo, que recebesse uma resposta em forma de crítica ou debate, mas fiquei muito feliz e surpreso quando o vi publicado.
    Muito obrigado, Luiz Guilherme, pela honra e obrigado a todos que elogiaram.
    Que no próximo ano essa história continue numa ascendente de felicidade!
    Abraço

  • um sentimento de prazer.. foi isso o Vasco em 2011, as viradas históticas, as superações … Vasco é vasco

    http://www.vascodagama.net.br

  • Parabéns, acho que vc soube muito bem escrever os sentimentos dos vascaínos.

  • GLEIDSON JANUARIO

    ” O sentimento nos trouxe de volta…” Orgulho, paixão, satisfação, grandeza, amor, loucura, respeito, vontade, força, acreditar, lutar, vencer, rir, chorar, alegria, felicidade, gritar é campeão !!!!! Esses foram os sentimentos que nos troxeram de volta… Vasco é minha vida, minha historia, meu primeiro amigo…

  • Luiz Henrique

    Gostaria de dizer que tenho muito orgulho de ser vascaíno, mesmo nesse período sombrio que passamos de rebaixamento, a falta de títulos significativos, continuei exibindo meu orgulho vascaíno. O Vasco tem uma bela história de títulos e até comportamentos sociais, pois, é importante lembrar, que foi o primeiro clube junto com o Bangu a levantar a bandeira contra o racismo.

    Sem falar da união da torcida em torno do clube para a construção de São Januário. Já que na década de 20, o Vasco corria sério risco de ficar fora do Campeonato Carioca por não ter estádio próprio.

    Durante o ano de 2011, muito se falou contra o time, partindo principalmente da imprensa. O time avançava na Copa do Brasil, e ninguém da imprensa apontava o Vasco como um dos favoritos. Os holofotes iniciais era São Paulo e Flamengo. Depois que os dois cairam, passaram a apontar Avaí e Coritiba (vejam só!!). E o Vasco só comendo pelas beradas, até conquistar o caneco.

    No Brasilierão, nem se cogitava o Vasco como um dos favoritos para o título, pelo contrário, comentaristas de renome diziam que o Vasco brigaria para não cair!! Mesmo depois de ter conquistado de forma brilhante a Copa do Brasil. E mais uma vez, o time mostrou sua força. Fomos vice-campeões? Sim!!! E diante do que foi esse ano, essa posição só veio para somar, e mostra que o time está no caminho certo, para futuras e breve conquistas.

    Então foi um ótimo ano, acho que todos nós, time e torcida, estamos de parabéns. E que no ano de 2012, voltemos a “surpreender” aqueles que sempre tentam minimizar as conquistas do Vasco da Gama.

    Vascooooooo!!!!!!!!!!!!!!

    Rumo ao bi-libertadores e mundial!!!!!!!!!!

  • Diego Barbosa Leite Filipe

    Muito bom, 2012 vai ser de alegrias e vitórias. A vida é assim: QUANDO SE CHEGA AO TOPO, É INEVITÁVEL A QUEDA, E QUANDO SE CHEGA AO FUNDO DO POÇO, A ASCENSÃO É INERENTE.
    SALVE MEU VASCÃO!!!!

  • Janderson

    Olha… Parabens Felipe
    ao ler o texto, me veio aos meus olhos mais uma vez um brilho que tantas vezes vieram esse ano, o Brilho lagrimas orgulhosas, de um verdadeiro Cruz Maltino, que pode crer num futuro ainda melhor do que foi esse ano, sabe porque? Porque o Gigante esta de volta . O GRANDE E MARAVILHOSO /+/ VASCO DA GAMA…. o mesmo vasco da virada do século, do brasileirão de 97 e 2000, da Libertadores, emfim, O Vasco Dos Titulos…

    Ser Varco é ter inumeras chances de cultuar o passado, tanto quanto crer no Futuro…
    Cruz no Peito e Grito na garganta…

    um grande abraço de Vascaíno a todos…

  • Parabéns Felipe, não poderia deixar de me emocionar com tão bela crônica palo nosso Vascão, Retrata bem o lema que nos trouxe de volta ao lugar de fato e direito que diz” O sentimento não para”,
    Há e parabéns pelo título do brasileirão a CBF, “ops” Corintians…………levaram na mão e no corpo grande.

  • José Luis Soares

    Cara, que texto fantástico !!!
    Assinaria sem mudar uma vírgula. Parabéns !!! Tenho certeza que teremos um 2012 muito melhor que este ano que se encerra.
    Saudações vascaínas.

  • celso nascimento

    Só gostaria que toda essa emoção se transformasse em titulo, como foi na copa do brasil. eu estava vendo o Vasco ser roubado desde o jogo contra o figueirense, o gol do elton legal anulado foi um roubo escandaloso. tá, teve o do diego souza anulado tambem, mais o do elton foi uma agressao contra a instituição Vasco da Gama, depois veio 7, eu disse sete gols anulados sendo 4 do eltom e 5 do diego souza. E 4 penaltys sendo 1 contra o S. Paulo, 1 contra o Santos, 1 contra o palmeiras no felipe e 2 contra o flamengo ESCANDALOSOS.
    É MUITA SACANAGEM CONTRA UM TIME DE FUTEBOL. POR TUDO ISSO NÃO FOMOS CAMPEÕES.
    te garanto que isso não acontece no campeonato espanhol, ou italiano. só acontece no Brasil, um pais de corruptos, ladrões, árbitos canalhas e que tuda essa roubalheira contra o Vasco vai ser esquecido e o que vai ser lembrado é que o corintians foi o campeão de 2011.

  • Rogério de Oliveira

    SIMPLISMENTE LINDO!!!, SAUDAÇÕES VASCAINAS

    • LOUCO

      so tenho uma coisa pra dizer parabens,esse e seu lugar,porque CAMPEAO somos nos CORINTHIANS,
      mas valew pela luta cruz maltina,nada contra voces,apesar de ser suinos aqui contra nos!!!!

  • Thiago

    Saudações Vascainas a todos essas palavras descreve claramente nosso sentimento e outra se nós conseguimos chegar na fase final de dois campeonatos indica que nosso time alem de guerreiro voltou a ser o grande GIGANTE VASCO DA GAMA e se nos criticam é por que não teve capacidade de chegar nem a disputar o titulo conosco

  • Tassiana Garcia

    Sem palavras para descrever a emoção de ler seu texto…Me arrepiei ao ler cada parágrafo…Faço minhas as suas palavras. Nosso time eh grande e tem que ficar entre os grandes. Acredito que falo em nome de todos os vascaínos que nossa felicidade de voltar ao topo, a competir de igual pra igual, com certeza foi muito mais importante do que simplesmente levar o título. Pela garra e vontade que nossos jogadores demonstraram, honraram nossa camisa e nos fez novamente ter vontade de gritar o orgulho que temos em ser Vascaínos!!!E deixem zoar, sinal de que estamos incomodando, sinal de que voltamos a impor respeito. Respeito que um grande time merece…Com certeza vai ser um ano para ficar na memória!
    E que venha 2012 – VASCÃO!

  • GAMMA

    fIQUEI BOBO…

  • FOI UM ANO PRA RECORDA,O VASCO FEZ HISTORIA PARABENS GIGANTE DA COLINA CONTINUI ASSIM,PENSANDO E AGINDO COMO GRANDE!

  • BRUNO

    A torcida Vascaína é a mais bonita do Mundo… isso sim que é torcedor de verdade… inteligente…

    imaginem um framenguista redigindo um testo?

    Pura comédia…

  • jose carlos

    Caro Luiz,antes de mais nada ,obrigado por ter prestigiado tão belo texto e parabens ao Felipe…Felipe ,não sei se vc é tão jovem como o Luiz(talvez até mais)mas vejo em suas palavras muitas coincidencias com tudo que o nosso vascão me fez sentir,nessa minha vida.Me lembro ,ainda adolescente,final da década de 70 ,indo ao maraca ver MAZAROPIORLANDOABELGERALDOEMARCOANONIOZEMARIOZANATAEDIRCEUROBERTOWILSINHOERAMON,tempos de futebol bonito ,4-3-3,cariocões glamourosos ,200mil pessoas no estadio…foi quando essa paixão chamada vasco tomou conta de mim,me fez diferente me fez um guerreiro da cruz de malta.Hoje ,quando discuto futebol ,com torcedores de outros clubes ,levo em conta que não são só os titulos que contam ,as vezes vencer certas batalhas é tão bom ou melhor que ganhar a guerra ,as vezes morrer lutando é melhor que jogar a toalha ou levantar a bandeira branca.E quantas batalhas bonitas e heroicas ja vencemos…esse jogo final da copa do Brasil foi mais uma delas ,lembra da Mercosul ?Esse sim ,chorei e gritei até não poder mais,foi foda…Esse nosso time não precisa de muita coisa para continuar a nos fazer orgulhosos e felizes de norte a sul desse pais ,é só continuar a ter pelo vasco o amor que eu ,voce ,seu pai ,meu pai ,meus filhos…temos .Vascaino com V maisculo ,mais uma vez obrigado e parabens por esse ano magico e que em 2012 enhamos mais e mais motivos pra chorar de alegria.SV Jose Carlos.

  • Luis Felipe caravalho

    Parabéns pelo texto Felipe.
    Enfim, nós orgulhamos pelo simples fato de voltarmos a ser o Clube de Regatas Vasco da Gama, tem que respeitar um Gingante.
    Como diz uma frase de Rica Perrone : “Gigantes dormem e acordam. Anões nunca crescem”
    Saudações vascaínas

  • marco antonio

    O QUE FIZERAM COM O INTERNACIONAL EM 2005,AGORA FIZERAM COM O VASCO EM 2011 !!! VERGONHA,ROUBARAM O VASCO DENTRO E FORA DE CAMPO !!! RICARDO TEIXEIRA E ANDRES SANCHEZ DEVERIAM ESTAR PRESOS,POIS REPRESENTAM O QUE HÁ DE MAIS PODRE NO FUTEBOL BRASILEIRO !!!

  • Parabéns pelotexto Felipe, e parabéns Vasco. O Vasco sempre será um grande clube e nao importa o que os outros digam. Milton Neves sempre fala merda. O Vasco nao se apequenaria, pelo fato de cair para a serie B, pois foi apenas um capitulo de sua história. Palavras de um Rubro-Negro. Ah nao podia me esquecer….vice de novo! hehehe. O Vasco será sempre grande.

  • Ppaulo

    Verdade
    Se não fosse a década do Eurico a mulambada AINDA ESTARIA MUITO À FRENTE NOS VICES…

    ELES AINDA ESTÃO, MAS COMO A MAIORIA NÃO SABE CONTAR OU SE FINGE DE CEGO… VIDA QUE SE SEGUE

    SÃO 40 VICES EM CAMPEONATOS ABSOLUTOS (CAMPEONATO ESTADUAL POR EXEMPLO), SE FORMOS CONSIDERAR TAÇA RIO, TAÇA GUANABARA E OUTROS, SÃO 58 VICES
    SEM NOS ESQUECERMOS QUE ELES POSSUEM 35 VICES PARA O VASCÃO.

  • A PORTES

    MAS APESAR DO GRANDE ANO QUE TIVEMOS, SEMPRE HAVERÁ ALGUM FDP PRA ESCREVER BOBÁGEM, PRINCIPALMENTE FLAMENGUISTAS ………………………………………..MAS ESTAMOS COM O VASCÃO SEMPRE. O GIGANTE VOLTOU FORTE E SAUDÁVEL!

  • Hermano Nóbrega

    Felipe
    Fantástico, simplesmente você escreveu tudo o que qualqeur vascaino passou, sofreu, amou, renasceu durante esses anos sem glória. Mas chegou nossa vez. Parabéns … e saudações VASCAÍNAS…

  • Diego Ribeiro

    Parabéns!!!!! Excelente texto, retrata bem o orgulho de todos os vascaínos…cabe a Diretoria do Vasco, unir-se contra esta mafia comandada pela CBF, para ajudar o Flamerda e Cutintia.

  • giandre santos rangel

    Felipe parabéns pelo belíssimo texto, pois, conseguiu descrever com simplicidade e amor o que sentimos por esse GIGANTE CHAMADO VASCO DA GAMA, fica em nossos corações a sensação do dever cumprido esperamos ansiosos o próximo ano, pois, títulos é só uma questão de tempo!!!! Há e sobre esses torcedores de outros times que persistem em entrar nas páginas do VASCÃO para nos zoar podem esperar que a hora deles vai chegar!!!! No fundo de suas almas eles estão é com muito medo!!!!!

  • NOSSO VASCO SEMPRE FOI VASCO AGORA ESTAR MUITO MELHOR MESMO ESTANDO LA EMBAIXO NUNK SENTI VERGONHA DE DIZER PRA QM ME ZOAVA
    EU SO FALAAVA O SEGUITE:FODASEE O IMPORTANTE É SER VASCO! Q APOIA A TODO MOMENTO ATE NNAS HORAS DE RAIVA EU AMO MEU VASCO

  • george

    Meu amor a seu dispor, em cada batida do coração,és por ti Vascão.Apenas os felizes sabem o sentimento de amor que nos orgulha, Vasco sinônimo de amor e paixão

  • Rogério

    Bom Dia!!!
    Parabéns ao autor do EXCELENTE texto aqui reproduzido que demonstra realmente todo o AMOR pelo CLUBE e certamente acredito ser este o sentimento de toda a imensa TORCIDA CRUZMALTINA em relação ao NOSSO AMADO TIME E CLUBE.
    Estive pensando também que ao invés de ficar repudiando as várias provocações, e até ofensas vindas daqueles torcedores que sabem que no fundo no fundo NUNCA chegarão ao PATAMAR DA TORCIDA DO VASCÃO em todos os quesitos (EDUCAÇÃO, QUALIDADE, NÍVEL CULTURAL, RESPEITO, MORAL, ETC, ETC, ETC…) uma vez que é um CLUBE DE RALÉ, apesar de estar situado na ZONA SUL DO RIO.
    PARABÉNS VASCÃO pela EXCELENTE TEMPORADA DE 2011!!!

  • Marco

    Parabéns Luiz Guilherme pelo seu texto que demonstra o amor que temos pelo Clube de Regatas Vasco da Gama.

    Chega a ser lamentavel o fato de mulambos deixarem qualquer tipo de comentário sobre o Vasco aqui e sempre a mesma coisa “vice de novo” quando na verdade o maior vice é a mulambada.

    Voltamos a incomodar e isto é muito importante, somos vice de novo sim mas desta vez com muito orgulho.

MaisRecentes

Uma chegada fabulosa para o Vasco



Continue Lendo

Treinos 100% fechados: não há comentários



Continue Lendo

Com entrosamento dará certo



Continue Lendo