Velho conhecido, Botafogo oferece três anos de contrato para Anderson Barros - Resenha da Bola

Velho conhecido, Botafogo oferece três anos de contrato para Anderson Barros



Botafogo fez uma proposta de três anos para contar com Anderson Barros na gerência de futebol do clube

Com as saídas de Antônio Lopes e de Cacá Azeredo, do comando do departamento de futebol do Botafogo, o clube já escolheu o principal nome para se tornar gerente de futebol. E o alvo de Carlos Eduardo Pereira e Nelson Mufarrej é Anderson Barros, que atualmente ocupa o mesmo cargo no arquirrival, Vasco.

O Blog Resenha da Bola apurou que o Alvinegro, via Carlos Eduardo Pereira, já fez a proposta oficial para o gerente e o contrato oferecido, além dos valores acima do que ele fatura no Vasco, é de três anos, um tempo também mais longo do que no Cruz-maltino. Entretanto, Anderson vai viajar ao lado de Eurico Brandão, vice de futebol vascaíno, para o sorteio dos confrontos da Copa Libertadores do ano que vem. O rival ainda é prioridade, apesar do forte vínculo que Anderson possui com o Glorioso.

A proposta oficial por Anderson Barros foi feita em um almoço que ocorreu em um shopping na Zona Sul do Rio de Janeiro entre o dirigente e o atual mandatário alvinegro, Carlos Eduardo Pereira. CEP, em 2018, passa para a função de vice-presidente, invertendo o cargo com Nelson Mufarrej, eleito em novembro. O nome foi consenso para a função e se tornou plano A da diretoria, tanto que oficialização da proposta foi feita. Alguns ex-jogadores foram citados, mas neste momento não é o perfil que a diretoria botafoguense procura.

A proposta do Alvinegro balançou Anderson que ainda vai conversar diretamente com Euriquinho e com Eurico Miranda, hoje mandatários do clube, para colocar as opções na mesa. Pesa pelo Vasco exatamente a disputa da Libertadores no ano que vem e Barros é peça importante para a montagem do elenco para a competição continental. Ele foi anunciado em dezembro do ano passado para a pasta.

Anderson ainda soma trabalhos pelo Vitória, Figueirense, Bahia e Coritiba. Ele nunca escondeu o carinho que tem pelo Botafogo e por isso aceitou conversar com CEP. Nos próximos dias, ao retornar do Paraguai, Barros vai definir se permanece no Cruz-maltino – onde estaria com alguns vencimentos atrasados – ou se busca novos ares em um velho conhecido.

No Alvinegro, inclusive, Anderson ficou conhecido pela montagem de elenco com nomes como Herrera, Loco Abreu, Jobson, Lodeiro, Maicosuel, Cortez, Elkeson e Rafael Marques. O atacante, na época, era muito criticado pela torcida e foi considerado um dos pivôs para o desligamento de Barros do Glorioso, após dois anos. Também esteve presente nas conquistas da Taça Guanabara (2009), Campeonato Carioca (2010) e Taça Rio (2012).

 



Cancelar Resposta

  1. Paulo Cesar Oliveira disse:

    Isso é muito ruim. Esse cara já esteve no Fogão, na gestão do MA, o Nefasto, e a torcida fez pressão para ele sair. Estou pasmo que as mesmas figuras de sempre são os únicos gerentes de futebol que se consegue , e olha que são cargos remunerados. Enfim, se for verdade é o primeiro ato falho do Mufa, com quem fiquei satisfeito por ter afastado o Bacalhau lopes. 2018 parecia uma ano de recuperação, mas está parecendo mais um passo atrás, que me perdoem o pessimismo.

  2. L Alves disse:

    Essa diretoria deve tá de sacanagem. Contratar um lixo desses só podem estar querendo que o torcedor se afaste de vez. Não contratam ninguém e perdem todo e qualquer jogador pra qq time.

  3. Carlos Roberto Martins Dantas disse:

    Primeiro e grande passo fogão.
    Não perder base que tem Jair.
    Puxa fila e fazer contratações pra suprir os que saiu e reforçar plantel.

  4. DEMETRIUS ARANHA DA COSTA disse:

    Se este cara for escolhido retiro meu plano torcedor . Xau Botafogo. ja estamos todos putos que é sempre o clube atrasado e pessimo em contratacoes e agora essa . Nao da para engolir.

  5. Jose carlos disse:

    E agora seus confeiteiros, voltamos ao gordo flamenguista vocês devem estar satisfeitos seus críticos de bostas.
    Administração MA o retorno ao inferno.
    A nossa não classificação não foi , não é e nem nunca será por causa de Jair, Lopes ou quem quer que seja. Foi falta de compromisso de alguns jogadores que não honraram as calças e fizeram corpo mole. Agora aguenta sem reclamar as merdas que veem por ai. Sem dinheiro não há contração seus imbecis

    • Paulo Cesar Oliveira disse:

      Falta de compromisso do Delegado tb, José Carlos. Me aponte algum ato realmente diferenciado do Baca em favor do Botafogo. NÃO TEM ! Mas esse Aurubu Barros tb é ruim na mesma medida. Não entendo porque só os mesmos vascainos e urubus são os mesmos que negociam jabás. E são cargos remunerados. Aqui no Rio só tem Paulo Angioni, Baca Lopes, A Barros, André Silva e Rogerio Caetano. Ou são eles ou são eles. Eta mercado restrito, sô !

  6. nilson lucas disse:

    eu como torçedor do fogao acho que a primeira coisa a ser feita mandar logo e urgente o sr jair treinador ir paara o santos ou para onde ele quiser pois se mostrou um treinador fraco e que pensa muito pequeno ao falar a grande idiotisse que o botafogo nao tinha obrigaçao de se classificar para a libertadores pois nunca tinha se classificado duas vezes seguida e isso acabou com o estimulo dos jogadores e isso e imperdoavel se falar e ele jair deveria ter sido demitido naquele mesmo dia porque para min e grande parte da torçida ele nao serve para trabalhar em time grande e imcompetente e ainda joga a torçida contra aa direçao dizendo que o elenco e fraco e nao tem peças de reposiçao mas quando tem ele mesmo nao soube usar ao colocar o valençia nos lados de campo e ao deslocar o bruno silva para o lado de campo e ai o cara nunca mais rendeu e esta saindo mal e isso e imcompetençia e tem mesmo que sair e aprender muito ainda

  7. ednes disse:

    Meu amigo paulo Cesar, nós ficamos tão felizes com a saída do Delegado Lopes, que nem imaginávamos que a coisa poderia piorar, com a volta do Anderson Barros. Nem tudo está tão ruim que não possa piorar.

    • Paulo Cesar Nunes disse:

      Minha ameaça vale tb pro Anderson urubu Barros. Se ele vier fico sem torcer por um ano. Ora, ele já saiu daqui uma vez e havia pressão da torcida, porque o Mufa vai chama-lo de volta? Isso só pode ser sacanagem. O Mufa não vai fazer isso com a gente. A torcida estava se esvaindo aos poucos, retornou aos estadios este ano, o Mufa não pode correr este risco. Deixa ele lá no Vasco, ora. QQ pipoqueiro da esquina é melhor eu Baca e Anderson Urubu.

  8. ednes disse:

    Volta de Anderson Barros, fará o Botafogo viver momentos de horror!! Quem não se lembra da dupla André Silva e Anderson Barros, os dois gordões?

  9. Manx disse:

    Não é possível que sai um dirigente sem credibilidade com torcida do Botafog… entra outro dirigente que a torcida do Botafogo NUNCA confiou. Não é possível que o Botafogo NUNCA voltarar ser o Gigante de General Severiano!!!

  10. Manx disse:

    Não é possível que o Botafog nunca voltará a ser o Gigante Botafogo de Futebol e Regatas{RJ},…NÃo é possível! !!!

  11. Wilker de Azevedo Pinheiro disse:

    Quero jogador do primeiro escalão e não essa merdaa de Anderson Barros…

  12. andrade disse:

    Rídiculo, o retorno do Jedi, o anderson barros, conhecido pela alcunha de PLANO B, que também não dava certo, saiu do botafogo a pedido da torcida, na era do COMISSÃO e agora retorna com o MUFARRED, começou mal em cara, coitado do botafogo.

  13. PAULO FERNANDO DE MELLO TAVARES disse:

    De novo? esse cara foi braço direito do Mauricio Assumpção e ajudou a arrebentar o clube com sua amizade com empresários e jogadores!

  14. Jorge Luis disse:

    Mais um passo rumo a Série B em 2018. Saudações Extremamente lamentáveis, pelo péssimo ano, mas Gloriosas Botafoguenses, pois alvinegras e preto e brancas existem várias.

  15. Marco Brasil disse:

    Não entendo como os torcedores podem querer dar tanto “pitaco” em um cargo que só se atua nos bastidores. É muita vontade de reclamar!!!
    Acho que o Lopes fez um bom trabalho, com erros e acertos, mas no geral um bom trabalho, ainda mais tendo-se em conta as limitações do clube.
    Quanto ao Anderson Barros – quem leu o dossiê dos bastidores da gestão do futebol na nefasta era MA, publicado no globoesporte.com (peço licença ao Lance para citar outro veículo) – vai ver que ele fez um excelente trabalho no Botafogo, principalmente no que diz respeito ao comando do grupo. Quando teve dinheiro, montou aquele timaço de 2013.
    Mas respeito quem discorda, só acho que emitem opiniões muito pela emoção.

MaisRecentes

Irritado, Diego Cavalieri só deixará o Fluminense com pagamento integral



Continue Lendo

Para seguir no Fluminense, Gum vai reduzir salário em acordo com diretoria



Continue Lendo

Não é relativizar as coisas: resultado de Grêmio e Real Madrid foi enganoso



Continue Lendo