No apagar das luzes, está na hora do Flamengo mostrar quem é em 2017 - Resenha da Bola

No apagar das luzes, está na hora do Flamengo mostrar quem é em 2017



Será o último jogo do Flamengo na temporada. E será na sua casa, no Maracanã, onde dificilmente a equipe é derrotada. Porém, o Fla terá uma missão que coloca à prova toda a temporada. Será um jogo, que vale por 12 meses, talvez até 24, se pensarmos em 2018. Foram cinco competições – seis se contar a Primeira Liga (que ninguém liga, diga-se de passagem) – e erros cruciais, com poucos acertos pontuais.

Se confirmar a conquista da Copa Sul-Americana, diante do Independiente (ARG), o Flamengo não só dá um alívio na desesperadora temporada, como acaba de vez com esse estigma que segue o clube nos últimos 20, talvez até 30, anos: só decepcionar em competições internacionais. Muitos lembrarão da Copa Mercosul de 1999. Ótimo, foi campeão, está na galeria de troféus, mas foi SÓ, a Mercosul. De resto, vexames atrás de vexames. Como efeito de comparação, podemos usar o Internacional, de Porto Alegre, que estava na Série B esse ano. Desde a Mercosul do Rubro-Negro, o Colorado faturou duas Libertadores, um Mundial, duas Recopas e uma Copa Sul-Americana.

Por isso, esse título além de salvar a temporada rubro-negra, tira uma tonelada de peso das costas dos cariocas. E no ano que vem garante mais uma disputa internacional, que seria a Recopa, nunca conquistada, diante do Grêmio. Entretanto, um revés finaliza a temporada 2017 de forma melancólica para os torcedores do Fla. Além disso, a queda diante do Independiente – que hoje tem a vantagem no placar – pode desencadear uma caça às bruxas dentro de Gávea, e cabeças na diretoria e no futebol podem rolar.

Façam suas apostas, um ano que era promissor para os flamenguistas pode se encerrar amenizado com a conquista internacional e o segundo título no ano. Contudo, uma derrota, para criar ainda mais crise dentro da Gávea. Será uma verdadeira faca de dois gumes essa decisão na quarta.

Boa sorte!



MaisRecentes

Dirigente do Internacional foi crucial para acerto com Paolo Guerrero



Continue Lendo

Valores altos e futebol baixo: Flamengo vive um dilema por Paolo Guerrero



Continue Lendo

Dificuldade por Vitinho faz Flamengo virar a chave e focar em contratar um volante



Continue Lendo