Forte no mercado, Flamengo sonha com Pedro, do Fluminense, para centroavante - Resenha da Bola

Forte no mercado, Flamengo sonha com Pedro, do Fluminense, para centroavante



Pedro é o sonho da diretoria do Flamengo para reforçar seu ataque

Quem pensa que o estoque financeiro do Flamengo chegou ao fim com as contratações no início da temporada, está enganado. Com um ótimo fluxo de caixa e na busca de um centroavante de ofício para disputar vaga com Gabigol, a diretoria rubro-negra com o aval do novo técnico, Jorge Jesus, sonha em contratar Pedro, destaque do Fluminense e visto como um dos grandes centroavantes do Brasil para agora e para o futuro. A ideia do Flamengo para ficar com o jogador é traçada da mesma forma com que fez com Henrique Dourado, em 2018, quando tirou o principal atacante da equipe para reforçar seu plantel. O empresário do jogador, Márcio Giugni, já foi procurado.

Porém a situação de Pedro se difere um pouco de Henrique Dourado pelo momento atual. Na época, afundado em uma crise financeira (mais do que atualmente), o presidente tricolor, Pedro Abad, se viu obrigado a negociar o jogador. A forma como Henrique Dourado tratou a sua transferência também foi vista com bons olhos pela cúpula do Fluminense na época, já que mesmo desejoso de trocar o Flu pelo rival, o Ceifador cumpriu com todos os seus compromissos e treinou normalmente até sacramentar o negócio – diferentemente de como foi o caso conduzido por Gustavo Scarpa, antes de assinar com o Palmeiras, na mesma época.

Além disso, o Flamengo esbarra na ideia de Mario Bittencourt e Celso Barros já terem assumido a presidência do clube. Eleitos em junho, o novo presidente conseguiu antecipar sua posse, prontamente aceita pelo presidente em exercício da época, Pedro Abad. Mario em diversas oportunidades já deixou claro que situações mercadológicas envolvendo o rival Flamengo, por ora, não estão em seus planos, principalmente se tratando de um atleta com potencial de Pedro, muito visado no mercado europeu. Recentemente, o clube rejeitou uma oferta de cerca de R$ 39,6 milhões (8,5 milhões de euros), do futebol francês, para levar o atleta. A ideia, inicial, é negociar pelo valor total da multa que é de R$ 217 milhões (50 milhões de euros). Dentro do clube, o interesse do Fla já é sabido e a diretoria trabalha, por enquanto, apenas com essa ideia de transação pela multa completa. O Tricolor possui 50% dos direitos econômicos de Pedro, por isso ficará com a metade em qualquer negócio.

Apesar do poder financeiro alto, acrescentado a venda de Jean Lucas para o Lyon (FRA), o Flamengo acredita que pode acertar o negócio sem precisar dispor do valor total da multa. Para isso, a ideia de convencer o atacante de que a ida para o rubro-negro será extremamente benéfica para sua carreira, até como vitrine para o futebol europeu. No último ano, o Fla negociou Vinícius Júnior e Lucas Paquetá para a Europa com valores astronômicos. Outro trunfo é questão dos vencimentos atrasados que o atacante vive nas Laranjeiras. O nome do camisa 9 tricolor foi aprovado pelo Centro de Inteligência do Fla, que estuda e mapeia o mercado.

Aos 22 anos, Pedro foi promovido aos profissionais em 2016 e participou de 86 partidas e marcou 29 gols, sendo sete jogos neste ano com três gols assinalados. Em 2018, vivia o melhor momento de sua carreira com 19 gols marcados em 40 partidas e foi lembrado por Tite para a Seleção Brasileira, após a Copa do Mundo. Contudo, uma lesão nos ligamentos do joelho direito, em agosto, o afastaram dos gramados por cerca de oito meses.



MaisRecentes

Fla rejeita proposta do Galatasaray por Cuéllar, mas turcos farão nova investida



Continue Lendo

Após negativa por empréstimo, Flamengo estuda proposta de compra por Gerson



Continue Lendo

Fluminense aguarda oferta maior por Pedro e analisa nome de Miguel Trauco



Continue Lendo