Flamengo tem tudo para sobrar no Campeonato Carioca. E sem esforço - Resenha da Bola

Flamengo tem tudo para sobrar no Campeonato Carioca. E sem esforço



Carpegiani chega com a missão de levar o Flamengo ao título carioca, pelo menos

A tendência para o Campeonato Carioca está clara. Foi apenas uma partida para cada equipe. O Estadual mais charmoso do Brasil teve seu início nesta semana. Mas o Flamengo tem obrigação de sobrar. Com erros e acertos, o Rubro-Negro esbanja um favoritismo incompatível, neste momento, com a história do futebol carioca.

Atolado em dívidas e com problemas financeiros, o Fluminense é coadjuvante, por agora. A aposta é um um time jovem ou em jogadores que ainda não mostraram muita coisa no futebol. Com exceção de Henrique Dourado, que pode deixar o clube a qualquer momento, o Tricolor entra com um elenco inexperiente e com opções que não agradam ninguém. Por mais que o treinador continue sendo Abel Braga, o Flu tem que se preocupar com o restante da temporada. Ser campeão carioca pode acontecer, mas nesse momento, a tendência é outra. É hora de se fixar apenas e nada além disso.

Reformulado e com nova aposta no comando técnico, o Botafogo parece ser o que mais deve incomodar o Flamengo. Bem ou mal, o Alvinegro está um pouco mais estruturado que os rivais. Tropeçou na estreia, dentro de casa contra a fraca Portuguesa, mas deve se reabilitar em breve. Manteve maior parte da base dos últimos dois anos e contratou nomes que podem assumir um papel importante na equipe. Luiz Fernando e Leandro Carvalho, principalmente. Se portando de uma boa maneira, o Glorioso é o rival do Flamengo, nesse momento. Mas ainda muito abaixo.

O Vasco é a maior incógnita. Um cenário político devastado, que mesmo que resolva tudo em breve, podem criar mazelas até o fim da temporada. Saíram alguns jogadores, chegaram outros. Tudo de qualquer maneira. Isso em cima da disputa da fase preliminar da Copa Libertadores, que sem dúvidas será a competição que dará um norte para o cruz-maltino em 2018. Da Colina, pode-se esperar qualquer coisa.

Por agora, no cenário atual, e pela atuação dos garotos do Flamengo, o Rubro-Negro tem tudo para ganhar o Estadual de braçadas. Se nada fugir da obrigação que o Fla terá, mais um caneco do Estado deve ir para a Gávea. Mesmo com o futebol sendo sempre uma caixinha de surpresas.

É ruim falar assim, mas a verdade é um só: hoje, o Flamengo tem obrigação de ganhar mais um Estadual. E sobrando.



Cancelar Resposta

  1. Pensador. disse:

    Sobrando é ruim hein. Mesmo time do ano passado, chegou na liberta aos 50 minutos do segundo tempo.

  2. paulo marcondes disse:

    Balela, isso é papo de flamenguista. Mais uma vez só vai ter cheirinho.

  3. Bentley disse:

    O flamengo nao sobrou a temporada passada e ninguem enxerga o ano inteiro em um jogo. O Botafogo esta comecando fraco por que contratou jogadores que ainda nao viraram “darlings” da midia esportiva brasileira. O Botafogo te todos os times do carioca e o qual tem o maior potencial para calar os criticos.

    Colocar o carioca pro flamengo depois de um jogo e precoce. Sim os meninos jogaram bem mais todos comentaristas esportivos sabem que um grupo jovem daqueles tem um nivel que flutua muita mais do que no profissional. Alguns jogos eles sentem mais o peso e um jogo vestindo uma camisa de peso profissional do flamengo contra um time como o volta redonda traz uma certa leveza.

  4. Thiago disse:

    Para com isso, cara! Para com isso…

  5. Fernando disse:

    não sei de onde vc tirou essa conclusão?se foi pelo retrospecto do flamengo que prometeu muito e não entregou nada?ou pela vitória dos garotos que não quer dizer absolutamente nada!!!

  6. Com o aprendiz suburbano de técnico no ano passado o Mengão foi campeão invicto porque faturou os clássicos. Portanto, apesar das dificuldades que os coirmãos enfrentam, só um idiota vai confiar nas bostejações dos anti…

MaisRecentes

O fantástico mundo de Dorival Júnior



Continue Lendo

O retorno da desnecessária briga entre Flamengo e Botafogo



Continue Lendo

O impressionante início de Roger no Palmeiras: uma postura que gera confiança



Continue Lendo