Flamengo acerta com representantes e Maurício Barbieri fica até dezembro - Resenha da Bola

Flamengo acerta com representantes e Maurício Barbieri fica até dezembro



Maurício Barbieri está efetivado como treinador do Flamengo (Gilvan de Souza)

O Flamengo acertou tudo com o técnico Maurício Barbieri. Os agentes do treinador estiveram na Gávea e acertaram o novo vínculo do técnico com o Rubro-Negro. Antes contratado para auxiliar da comissão técnica fixa – com tempo de contrato indeterminado – agora ele será o técnico do Flamengo, pelo menos até dezembro com renovação por mais uma temporada, em caso de desempenho favorável

O acordo foi acertado apenas até dezembro, porque o Flamengo vive um ano eleitoral e o mandato de Eduardo Bandeira de Mello vai se encerrar neste ano. Ele não pode mais se eleger. Por isso, as partes preferiram manter o novo vínculo até o fim da temporada apenas. Se um novo mandatário chegar e não quiser contra com Maurício Barbieri, ele deixará o Flamengo sem multa contratual.

O acordo vai ser assinado assim que o treinador retornar ao Rio de Janeiro. Ele está com a família em viagem curtindo o recesso. O novo vínculo haverá um aumento significativo em seus vencimentos, além de premiação por metas. O pedido da premiação foi considerado justo pela diretoria do Flamengo, isto porque ele fez 18 jogos em 72 dias no comando, com 11 vitórias e um empate. A única derrota foi com o time alternativo, diante da Chapecoense, em Chapecó.

Barbieri ostenta 72,2% de aproveitamento no comando rubro-negro, mas os números não foram decisivos e sim a forma como a equipe tem se comportado em campo. Carlos Noval, diretor de futebol e principal entusiasta de Barbieri, foi quem convenceu o Conselho Diretor em apostar no jovem treinador. Ele foi quem bancou e vai colhendo frutos.

O bom rendimento de Barbieri também dá força para Noval, que está há menos de quatro meses no cargo de executivo. Apesar de ser um velho conhecido dentro do clube, seu cartão de visitas foi Maurício. E por enquanto, um tiro mais do que certeiro em prol do técnico líder do Brasileiro.

Apesar de ter sido bancado por Noval para ser efetivado, quem trouxe Maurício Barbieri ao Rubro-Negro, em janeiro, quando ele estava no Desportivo Brasil, foi o antigo diretor, Rodrigo Caetano, que deixou o cargo justamente no momento em que os próprios Noval e Barbieri assumiram as atuais funções.



MaisRecentes

Planejamento ruim e falta de títulos enfraquece situação no Flamengo



Continue Lendo

Direção do Flamengo decide que Diego Alves não deve mais atuar em 2018



Continue Lendo

Goleiro João Ricardo, do América-MG, entra na mira de São Paulo e Fluminense



Continue Lendo