Fla faz 'corpo mole' para negociar Cuéllar e quer manter volante a pedido de Jesus - Resenha da Bola

Fla faz ‘corpo mole’ para negociar Cuéllar e quer manter volante a pedido de Jesus



O colombiano Gustavo Cuéllar já deixou claro seu desejo de trocar o Flamengo pelo futebol do exterior. Inicialmente, sua ideia era ir para um grande centro europeu e seu empresário buscou propostas em diversos países oferecendo o jogador, mas tudo não passou de especulação. De oficial mesmo, o Fla recebeu em sua mesa uma proposta do Galatasaray, da Turquia, disposto a pagar seis milhões de euros pelo jogador (cerca de R$ 27 milhões) rechaçados pelo clube, já que o Rubro-Negro detém 70% do jogador, com o restante pertencentes ao Deportivo Cali (COL). Sendo assim, com valores tão pouco atrativos, o Fla vai levando a situação do colombiano em “banho-maria”para o fechamento da janela e a manutenção do volante.

O empresário de Cuéllar esteve nos últimos dias no Ninho do Urubu para apresentar novas soluções antes do fechamento da janela de alguns centros do exterior e o Flamengo tem em mãos propostas do Al Hilal, da Arábia Saudita, e uma possível investida do Bologna (ITA). Por isso, o Rubro-Negro só aguarda montantes que sejam considerados ideais para fazer negócio. Entretanto, a ideia é não liberar. O próprio Jorge Jesus, treinador da equipe, já afirmou que não quer se desfazer do volante que está em seus planos para a sequência da temporada.

Com o elenco todo pronto para atuar, a tendência é que em jogos principalmente dentro de casa, Cuéllar figure no banco de reservas, mesmo assim ele é visto como peça importantíssima na ideia do português para as disputas do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores. Na diretoria rubro-negra, as conversas com interessados só tem avançado devido ao interesse do próprio jogador em deixar o Brasil. A cúpula de futebol sabe que será muito difícil manter um jogador insatisfeito no elenco. Por isso, a ideia é esperar a janela a fechar e Cuéllar ter que seguir pelo menos até dezembro no Rio de Janeiro.

Dos interessados reais, a janela de transferências na Arábia Saudita se encerra no dia 31 de agosto, na Itália no dia 2 de setembro. Assim, para manter em seu elenco sem precisar bater o pé, o Flamengo espera arrastar os negócios por mais alguns dias, com exceção de uma oferta tentadora pelo volante, algo neste momento visto como quase improvável, haja visto que Cuéllar não está no perfil dos grandes negócios do futebol europeu.

Contratado pelo Flamengo em 2016, o Flamengo pagou R$ 8 milhões por 70% dos direitos econômicos do colombiano. Neste momento, caso se concretize uma venda para a Arábia, o Fla iria lucrar mais de R$ 20 milhões com a venda, já que a proposta saudita gira em torno de R$ 37 milhões. Na Itália, a oferta do Bologna ainda não foi oficializada, apenas o interesse manifestado.

De qualquer maneira, isto não garante que o jogador vai seguir no clube. Nesta quarta-feira, diante do Internacional, ele está a disposição para o confronto na Copa Libertadores.


MaisRecentes

Flamengo negocia com Pedro Rocha por empréstimo



Continue Lendo

Não existe pior treinador na Série A do que Fernando Diniz



Continue Lendo

Na proporção, São Paulo joga o pior futebol da Série A e com Cuca só piora



Continue Lendo